5 filmes sobre Recrutamento e Seleção

24 de dezembro de 2015
Erica Carneiro

Além de uma forma de entretenimento, os filmes são importantes ferramentas de ensino. Que tal aproveitar para ver um filme e ainda entrar em contato com teorias de gestão, lições sobre liderança, dinâmicas de grupo e contratações?

Inclusive, o nosso e-book sobre boas práticas de recrutamento te ajudará a colocar em prática todos os conceitos apresentados nos filmes. Para baixá-lo clique na imagem abaixo:

Boas práticas de Recrutamento e Seleção

Separamos uma lista especial de filmes para todos os gostos sobre recrutamento e seleção e recursos humanos! Confira abaixo nossas dicas!

1. O que você faria (El Método)

Ano: 2005.

Sinopse: uma vaga, 7 executivos, marchas contra o FMI e um processo de recrutamento e seleção nada convencional. O que acontece quando esse grupo é deixado a sós em uma das salas da empresa para fazer os testes sabendo que há um funcionário da firma “infiltrado” entre os candidatos?

Veja como estas 7 personalidades bem diferentes — da jovem segura de si ao senhor machista — se portam diante de várias situações-limite, cientes de que são constantemente observadas e avaliadas em um nível de tensão que beira o insuportável. O resultado? Só no final do filme.

2. O Homem que mudou o jogo (Moneyball)

Ano: 2011.

Sinopse: baseado na biografia de Billy Beane, escrita em 2003 pelo jornalista Michael Lewis, o filme conta a história do gerente geral do Oakland Athletics, que enfrenta uma crise.

A equipe de beisebol vem sucessivamente perdendo seus melhores atletas que optam por clubes mais renomados e maiores salários. Já viu um filme parecido na sua empresa?

Determinado a vencer a qualquer custo, Billy procura uma solução com a ajuda do economista Peter Brand, que se baseia em teorias e estatísticas para ajudar o treinador na formação de seu time.

Eles inovam ao utilizar um sistema que avalia as características que cada atleta possui de melhor e exige dele apenas isso. Atletas que antes eram ignorados por outros clubes entram para o Oakland e conseguem destaque no esporte.

Juntos, eles criam um time teoricamente perfeito de jogadores subvalorizados. Com esse método revolucionário de recrutamento, a equipe passa a ter resultados extraordinários, tornando Beane e os Oakland Athletics um grande sucesso inesperado, cheio de reviravoltas. É um verdadeiro estudo de caso, não perca!

 

3. A Fantástica Fábrica de Chocolate

Ano: A primeira versão (Willy Wonka and the chocolate factory) é de 1971 e a segunda (Charlie and the Chocolate Factory) de 2005.

Sinopse: 5 crianças disputam um concurso pela herança da maior fábrica de chocolates do planeta (se pensou no processo seletivo para trainee de grandes empresas, não está muito longe).

Imaturidade, ambição, deslealdade, honestidade, os sentimentos mais básicos e verdadeiros que compõem a essência de um caráter afloram quando algo é disputado, e crianças não escondem esses sentimentos.

A história é antiga e, provavelmente, você já a conhece, mas vale à pena ver de novo com seus aguçados olhos de recrutador. Escolha uma das versões do filme e divirta-se!

 

4. Face to face

Ano: 2011.

Sinopse: pouco conhecido no Brasil, o filme é uma adaptação da peça de David Williamson. O que acontece quando o funcionário de uma construtora é encarregado de agredir seus chefes?

É um comovente filme sobre mentiras, traição, sexo e bullying no local de trabalho. Como em um “Crime e Castigo” pós-moderno, assista e sinta suas concepções e afirmações morais sobre culpa e acusação irem por água abaixo.

5. Sucesso a qualquer preço

Ano: 1992.

Sinopse: realmente o mercado de trabalho não é para os fracos e os tempos estão difíceis nas corretoras de imóveis. A situação pode piorar ainda mais quando, além da pressão de rotina, um chefe decide promover mais vendas, criando um concurso entre seus funcionários.

O primeiro colocado ganhará um Cadillac Eldorado; o segundo, um jogo de facas; e o terceiro colocado será premiado com um chute direto para o olho da rua, pois ali não é lugar para fracassados.

Bônus 6) Os estagiários

Ano: 2013.

Sinopse: quando Billy e Nick são demitidos de seus empregos como vendedores, eles vão em busca de uma nova oportunidade em um programa de estágio do Google.

Em um tom divertido, o filme aborda questões como o reconhecimento do valor dos funcionários e como as diferenças culturais, étnicas e de idade podem contribuir para uma equipe.

Para completar, é muito interessante ver como é o processo de seleção e gestão de Recursos Humanos do Google. O filme vai te motivar ainda mais a buscar multiplicidade de pessoas para compor sua equipe!

 

Bônus 7) O diabo veste Prada

Ano: 2003.

Sinopse: o filme mostra a jornada da jovem recém-formada Andrea, que acaba de conseguir um emprego como assistente de Miranda, uma exigente editora da revista de moda Runaway. O filme é interessante, pois mostra como muitas vezes um emprego dos sonhos pode não ser exatamente como o esperado por diversos fatores.

Competitividade e excesso de trabalho podem interferir além do trabalho, podem tornar as pessoas menos felizes. Em certo momento, podemos ver que Andrea se reconhece em uma situação assim.

O filme nos mostra a importância de um bom clima organizacional para manter boas relações e o bem-estar de todos dentro de uma empresa.

Bônus 8) The Avengers – Os Vingadores

Ano: 2012.

Sinopse: em Os Vingadores temos o líder de uma organização internacional trabalhando para fazer com que os heróis mais poderosos do mundo, mesmo com suas particularidades, egos e limitações, trabalhem em equipe.

Durante o filme, vemos a importância de se escolher as pessoas certas para as tarefas e de fazer com que os escolhidos trabalhem bem juntos, em busca do mesmo propósito. Este trabalho faz parte da rotina de um profissional de RH e o filme aborda muito bem este aspecto.

Bônus 9) A rede social

Ano: 2010.

Sinopse: o filme retrata a vida do criador do Facebook, Mark Zuckerberg, desde os tempos como estudante universitário até o desenvolvimento do seu site.

Entre outras mensagens do filme, a ideia que ele passa aos recrutadores é a de que é preciso inovar nas contratações. Avaliar um candidato apenas pelo currículo ou por uma entrevista pode não ser a melhor tática. Para conhecer algumas habilidades reais, é preciso ver os potenciais funcionários trabalhando na prática.


Estas foram algumas dicas de filmes sobre recrutamento e seleção. Aproveite e escolha um para você assistir hoje mesmo!

Esperamos que tenham gostado de nosso conteúdo e não percam nossas novidades! Compartilhe este texto nas suas redes sociais para que seus amigos também fiquem por dentro!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Continue lendo:

Inteligência Artificial no Recrutamento e Seleção: Como esse assunto será abordado no 2º Kenoby Talks?

Sempre muito presentes nas tramas de ficção científica, a Inteligência Artificial passa a garantir cada vez mais o seu espaço nas discussões e, até mesmo, na vivência de grande parte  continue lendo »

DISC: entenda o teste de perfil comportamental

Antever qual será o comportamento de um profissional quando ele for submetido a situações específicas é um importante subsídio nos processos de seleção, recrutamento e desenvolvimento de pessoas. E esse  continue lendo »

Pedido de demissão: entenda como funciona o processo

Pedido de demissão é um tema que gera muita confusão, tanto para empregadores quanto para funcionários. Profissionais do RH devem estar atentos a todas as etapas do processo, desde a  continue lendo »

Os melhores indicadores de RH para o seu negócio

Trabalhar com indicadores de RH tornou-se algo indispensável para qualquer tipo de negócio. O motivo é bem simples e claro: As empresas e organizações dependem das pessoas para que a  continue lendo »

Aviso prévio: o que você precisa saber sobre o assunto?

As regras de aviso prévio são frequentemente aplicadas no cotidiano do setor de Recursos Humanos. Isso porque, querendo ou não, a demissão de funcionários faz parte da rotina do departamento.  continue lendo »

Artigo 473 da CLT: o que você precisa saber sobre as faltas justificadas

No contexto trabalhista, um dos assuntos que gera muita dúvida é o caso das faltas justificadas — regulamentadas pelo Artigo 473 da CLT. Isso acontece porque nem sempre os gestores  continue lendo »