Descubra agora mesmo as principais causas do turnover

20 de fevereiro de 2019
Kenoby

Incompatibilidade, falta de oportunidade e crescimento, falhas de comunicação e de harmonia estão entre as principais causas do turnover. Para saber mais sobre cada uma delas, leia nosso post!

O turnover representa a rotatividade de funcionários. Ou seja, o percentual de pessoas que deixam o quadro de trabalho em determinado período. Quando elevado, resulta em uma série de prejuízos para a empresa. Por isso, é importante perceber as principais causas do turnover.

São muitos os motivos que levam a isso, como o processo deficiente de recrutamento e de seleção, a falta de comunicação interna empresarial e a ausência de oportunidades de crescimento na empresa. Portanto, é preciso analisar esses problemas individualmente e solucioná-los.

Para conseguir estruturar melhor uma forma de apresentar as causas do turnover, junto com o seu índice, baixe agora nossa apresentação mensal de indicadores do RH.

Para ajudar você a combater as principais causas do turnover, elaboramos este artigo. Aqui, você vai conhecer o que motiva a saída dos talentos e como evitar o problema. Continue a leitura!

Contratação de talentos incompatíveis com a empresa

O primeiro motivo para o turnover é a falha no recrutamento e na seleção (R&S) de talentos. Quando um profissional não compatível com os valores da empresa é contratado, dificilmente ele permanece por muito tempo. Ou seja, há uma saída precoce nesses casos.

Logo, a primeira dica é: não foque apenas nas competências técnicas ao contratar, pense também nas competências comportamentais. O talento está alinhado aos valores da empresa, das equipes e de outros funcionários? Caso não esteja, evite a contratação.

Falta de oportunidade de crescimento profissional

Qualquer profissional gosta de sentir que tem possibilidades de ascensão na carreira. Ou seja, que está crescendo e que pode conquistar posições cada vez mais elevadas. Se esse não for o cenário, certamente ele buscará oportunidades na concorrência.

Então é preciso criar um bom plano de carreira que balize o crescimento em termos de cargo e salário para cada talento. Mesmo pequenas mudanças, como a diferenciação entre profissional júnior, pleno e sênior, podem fazer uma grande diferença na retenção.

Pouca ou nenhuma comunicação interna

A falta de diálogo é a raiz para um leque de problemas na empresa, incluindo a evasão dos profissionais. Quando não há comunicação, o número de erros cresce, os conflitos interpessoais se multiplicam e o clima de trabalho é amplamente prejudicado.

Por causa disso, é preciso incluir canais (como murais de recados, aplicativos mobile e softwares específicos) que facilitam a comunicação. E mais, é preciso que cada líder, a partir do CEO, comprometa-se a transmitir de maneira eficiente informações para seus subordinados.

Falta de harmonia entre a vida pessoal e a profissional

Os talentos estão mais conscientes de que trabalhar muito e doar-se por anos não é o único caminho para uma vida próspera e saudável. Portanto, não aceitam mais sacrificar a vida pessoal para alcançar o sucesso profissional. Hoje, busca-se o equilíbrio.

Uma ótima saída é criar um ambiente saudável, flexível e que gere bem-estar aos profissionais, permitindo-os harmonizar a vida pessoal e o trabalho. Para tanto, implemente um banco de horas, ofereça flexibilidade na entrada e na saída e respeite a individualidade de cada colaborador.

Essas são as principais causas do turnover, mas existem outras. É preciso estar atento a esse indicador e manter a rotatividade baixa. Assim, é possível reter os melhores talentos, reduzir gastos com a rescisão contratual e construir um negócio mais saudável e respeitado no mercado.

Gostou do nosso artigo? Então, aproveite para entender como contratar talentos que tenham valores próximos aos da empresa e leia nosso artigo sobre a importância do Fit Cultural. Até a próxima!

Rating: 5.0/5. From 2 votes.
Please wait...
Aumente a assertividade no seu R&S!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Kit - Entrevista de Candidatos

MATERIAIS GRATUITOS:

Certificação em Recrutamento e Seleção

Apresentação Mensal com Indicadores de RH

CONFIRA + MATERIAIS GRATUITOS

Continue lendo:

Absenteísmo e turnover: entenda o que é, quais os tipos e como reduzir
Absenteísmo e turnover: entenda o que é, quais os tipos e como reduzir

Absenteísmo e turnover são fatores que frequentemente nascem das mesmas causas. Problemas com clima organizacional, falta de motivação, liderança fraca, cobrança excessiva e indisciplina podem conduzir tanto a ausências no trabalho  continue lendo »

Conheça 4 tipos de turnover e entenda os seus impactos
Conheça 4 tipos de turnover e entenda os seus impactos

O turnover é algo comum nas empresas, porém, merece atenção dos gestores e do RH, pois pode sinalizar problemas mais profundos. Mais do que medir, é preciso conhecer os tipos  continue lendo »

Turnover involuntário: entenda o que é e quais seus impactos na empresa
Turnover involuntário: entenda o que é e quais seus impactos na empresa

O turnover involuntário tem motivações bem específicas e, quando ocorre em excesso, traz diversos prejuízos. Já podemos adiantar que a melhor maneira de evitar isso é caprichando na hora de  continue lendo »

Absenteísmo e rotatividade: entenda seu impacto nas empresas
Absenteísmo e rotatividade: entenda seu impacto nas empresas

O absenteísmo e a rotatividade nas empresas são dois dos maiores desafios enfrentados pelo setor de Gestão de Pessoas na atualidade. Isso porque, eles causam graves prejuízos que comprometem a produtividade  continue lendo »

Entenda 5 custos do turnover para a sua empresa
Entenda 5 custos do turnover para a sua empresa

No basquete, o turnover representa a perda da bola para o time adversário. Já nos negócios, representa a saída de talentos do quadro de trabalho, fato que pode ser um  continue lendo »

Turnover: Guia completo para reduzir a rotatividade de colaboradores
Turnover: Guia completo para reduzir a rotatividade de colaboradores

Turnover é um índice que calcula a rotatividade dos colaboradores, ou seja, a quantidade de profissionais que deixam uma empresa em determinado período e precisam ser substituídos. Hoje, é considerado  continue lendo »