7 perguntas e respostas sobre o clima organizacional

29 de junho de 2018
Kenoby

Hoje, a definição mais aceita de clima organizacional é a de um conjunto de fatores que podem ser medidos, de maneira direta ou não, dentro do ambiente de trabalho.

Nos últimos anos, muito tem se falado sobre o clima organizacional. Ele tem grande impacto na empresa, na dedicação dos funcionários e na criação de um forte espírito de equipe. No entanto, ainda existem muitas dúvidas relacionados ao assunto.

Algumas perguntas são recorrentes, por exemplo: o que é clima organizacional? Quais os principais benefícios? Como construir um bom clima no trabalho? Ao entendê-las, você poderá atuar ativamente e arquitetar uma atmosfera de qualidade na organização.

Pensando na importância do assunto, criamos este artigo. Continue a leitura e conheça as principais perguntas e respostas acerca do clima organizacional. Vamos lá?

1. O que é clima organizacional?

A grosso modo, o clima organizacional é uma espécie de atmosfera psicológica dentro da empresa, que impacta e é impactada pelas pessoas — em especial os funcionários e proprietários do negócio. É, também, a forma como o ambiente de trabalho é percebido!

Quando você entra em uma empresa, é influenciado pela atmosfera local, ainda que não perceba. Por exemplo, pode ficar feliz ou triste, reflexo da percepção do ambiente.

Nesse sentido, o clima organizacional pode ser algo realmente positivo ou negativo, variando de acordo com a forma como as relações são construídas internamente e a qualidade da liderança, entre outros fatores que serão estudados.

Por mais abstrato que possa parecer, o clima organizacional tem impactos reais no dia a dia do empreendimento, bem como na produtividade dos talentos que nele se encontram. Então, é preciso ter bastante atenção e zelo pelo assunto!

Garantir um bom clima organizacional é uma tarefa fundamental dentro do RH e ajuda a fortalecer a marca empregadora. Pensando nisso, desenvolvemos um Manual para desenvolver a Marca Empregadora. Faça o cadastro e garanta o seu gratuitamente.

2. Como o clima organizacional é construído?

São muitos fatores que influenciam a atmosfera de trabalho, sendo uma das principais as relações interpessoais. A forma como os funcionários se tratam e atendem seus clientes influencia muito, então é preciso prestar atenção nisso.

Em uma empresa onde há excesso de conflitos interpessoais, geralmente, o clima é bastante pesado e desagradável. Por outro lado, quando as pessoas convivem em harmonia, o clima tende a ser ameno e motivador.

Há outros fatores que influenciam na construção do clima organizacional, como a resistência à mudança, a liderança e o nível de estresse diário. Então, é preciso estar atento a cada um deles para construir um clima de qualidade dentro da organização.

É importante destacar, no entanto, que o clima é construído de forma involuntária, desde as primeiras reuniões para abrir o negócio. Então, tudo o que se faz no dia a dia impacta no clima, tornando-o favorável ou não ao sucesso nos negócios.

3. Qual o papel do líder na construção do clima?

O líder é o principal responsável pela gestão das pessoas da sua equipe, então também tem um papel significativo na construção do clima. Líderes pouco assíduos e engajados, além de deixarem a desejar, causam uma má percepção aos subordinados.

Nesse sentido, é preciso se preocupar com o recrutamento e seleção de líderes de alto desempenho e que tenham valores próximos aos da empresa. Esses líderes impactam positivamente o clima no negócio, assim como motivam os subordinados diariamente.

4. Quais os benefícios do clima organizacional positivo?

São vários os benefícios, a começar pela melhor percepção dos profissionais acerca da organização. Todos os talentos passam a dar mais valor ao trabalho e à empresa, o que gera vínculos profundos e reduz a taxa de evasão de talentos (chamada de turnover).

Até a criatividade da equipe é influenciada, tornando-se maior. Um bom clima permite que os profissionais sintam-se livres para pensar “fora da caixa”, encontrar soluções para os problemas existentes e, então, inovar no que está sendo feito.

De modo mais holístico, o próprio atendimento ao cliente melhora. A equipe estará mais motivada para atender com prontidão e qualidade, gerando boas experiências e fidelizando o cliente à empresa. Considerando tudo isso, os benefícios são diversos!

5. Quais as desvantagens do clima organizacional ruim?

De igual forma, um clima ruim apresenta graves prejuízos ao negócio. O primeiro está na assiduidade dos profissionais. Como estão pouco entusiasmados com a empresa, começam a se atrasar com recorrência e até faltam ao trabalho, gerando custos extras!

A relação entre líderes e seus liderados também é prejudicada, fazendo com que a equipe não tenha uma direção clara. Conforme pesquisa da Microsoft com 38 mil profissionais, essa carência de alinhamento pode fazer com que até 17 horas semanais no trabalho sejam improdutivas — um número bastante elevado.

Reter talentos também fica muito mais difícil. Ninguém quer ficar em uma empresa ou departamento que tem uma atmosfera de trabalho densa, por isso preferem buscar uma nova colocação no mercado. Considerando tudo isso, são muitas as perdas.

6. Como diagnosticar a atmosfera de uma empresa?

Muitas pesquisas, métricas e indicadores podem ajudar você nessa tarefa. O objetivo é buscar por provas quantitativas e qualitativas que indiquem a qualidade do clima organizacional. Em seguida, promover mudanças para melhorar a atmosfera presente.

Comece entrevistando os atuais profissionais, incentive-os a falar sobre suas experiências na empresa, sobre seus líderes e colegas de trabalho. Assim, saberá se está tudo bem ou se ajustes precisam ser feitos.

Uma segunda dica é mensurar os indicadores e métricas da empresa — por exemplo, a assiduidade, o turnover e a produtividade. Desse modo, terá provas quantitativas da qualidade do clima organizacional, então poderá planejar melhorias pontuais.

7. Qual o impacto da gestão de benefícios na melhoria?

A gestão de benefícios tem forte influência na qualidade do clima organizacional. Com os benefícios certos, é possível manter a equipe muito mais animada e comprometida. Além disso, com planejamento e inovação, é possível oferecer os benefícios diferentes.

Além dos tradicionais, como plano de saúde e assistência odontológica, existem muitos outros benefícios que podem ser usados. Nas empresas mais modernas, itens como: horário flexível, uso não obrigatório de uniformes e vale-cultura já são amplamente utilizados — e queridos pelos profissionais. Então, vale investir!

Como pode observar, o assunto é vasto e merece a atenção dos profissionais de RH e dos principais líderes da empresa. Assim, pode-se construir um clima organizacional de qualidade, que gere resultados e melhore o desempenho de todos. Então, não deixe de avaliar seu clima, planejar melhorias e oferecer os estímulos à equipe.

Agora, aproveite para continuar aprendendo. Confira outras maneiras de beneficiar seu time e melhorar o clima organizacional lendo o nosso outro artigo sobre os sete principais tipos de remuneração e como usá-los. O que acha?

Rating: 5.0/5. From 2 votes.
Please wait...
Aumente a assertividade no seu R&S!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

MATERIAIS GRATUITOS:

Certificação em Recrutamento e Seleção

Apresentação Mensal com Indicadores de RH

Kit - Entrevista de Candidatos

CONFIRA + MATERIAIS GRATUITOS

Continue lendo:

Etapas do treinamento e desenvolvimento: entenda mais sobre o assunto!

Conheça as etapas do treinamento e desenvolvimento: 1. Compreenda as necessidades de treinamento por meio de pesquisas, como a pesquisa de clima; 2. Faça um planejamento do programa de treinamento;  continue lendo »

Carreira no RH: como se desenvolver profissionalmente na área

Na medida em que foi ganhando um papel cada vez mais estratégico nas empresas, a área de Recursos Humanos passou a demandar profissionais com habilidades mais variadas, que a permitam  continue lendo »

O que é um organograma vertical? Conheça suas vantagens!

De todos os modelos de representação para a organização administrativa de uma empresa, pode-se dizer que o organograma vertical é o mais popular. Por mostrar de forma mais clara a  continue lendo »

Organograma horizontal: o que é, para que serve e como fazer

Flexibilidade na liderança, foco em projetos prioritários e ambiente informal que estimula a motivação e a criatividade. Essas são algumas características que as empresas buscam ao organizar sua hierarquia interna  continue lendo »

Organograma funcional: o que é e como desenvolver

O organograma é um gráfico importante para entender as relações dentro de uma empresa, como os trabalhos são delegados e a quem cada funcionário responde. Dentro dos diversos modelos existentes,  continue lendo »

Organograma circular: Entenda como esse modelo ressalta o trabalho em equipe e saiba como criar um

Ferramenta importante no processo de gestão de uma empresa, o organograma circular permite a visualização da estrutura administrativa da organização, com todas as suas áreas, departamentos e relações. Existem diferentes  continue lendo »