Como criar uma dinâmica de grupo: 3 dicas fundamentais para ter êxito nessa tarefa

11 de setembro de 2018
Kenoby

Conheça os participantes, personalize as dinâmicas para cada grupo e trabalhar com modelos que exijam criatividade são alguns dos itens para quem quer saber como criar uma dinâmica de grupo.

Saber como criar uma dinâmica de grupo é a dúvida de muitos profissionais de RH que desejam engajar e motivar os funcionários.

Esse recurso colabora para o desenvolvimento dos funcionários, incentivando habilidades-chave, a produtividade e a motivação, além de ajudar a melhorar a comunicação e o relacionamento interpessoal no ambiente de trabalho.

Neste post, você vai aprender como criar uma dinâmica de grupo com três dicas fundamentais para ter êxito nessa tarefa. Acompanhe!

O que é uma dinâmica de grupo?

Dinâmicas de grupo são atividades realizadas com várias pessoas sob orientação de um profissional da área de Recursos Humanos. As ações têm caráter lúdico, e visam aumentar a integração entre os profissionais e a empresa, bem como otimizar a motivação de todos.

As técnicas de dinâmicas de grupo também são utilizadas na seleção de candidatos com o objetivo de identificar potencialidades dos colaboradores que estão sendo avaliados. Essa prática ainda pode ser empregada na integração de novos funcionários, tendo como meta a apresentação do local de trabalho e a cultura da empresa.

Antes de continuar, aproveite para baixar nosso manual de boas práticas para o R&S!

Como criar uma dinâmica de grupo?

1. Conheça os participantes

Antes de começar uma dinâmica de grupo, é importante fazer com que os candidatos se apresentem. Não precisa ser nada muito elaborado, porém indica-se que eles falem um pouco tanto da vida profissional quanto da pessoal.

Conforme a interação dos candidatos se desenvolve, já é possível perceber como cada um se comporta em grupo.

2. Personalize as dinâmicas para cada grupo

Após a etapa das apresentações, é hora de fazer as dinâmicas específicas para os grupos, de acordo com o perfil da vaga ou com o objetivo das atividades. Essas dinâmicas podem ser realizadas dividindo a turma em grupos a partir de um sorteio, por exemplo.

Essa é uma excelente oportunidade para avaliar quem demonstra os melhores argumentos, tem espírito de equipe e liderança e contribui para identificar aqueles que sentem dificuldade de se expressar por serem tímidos ou pouco flexíveis.

3. Trabalhe com dinâmicas que envolvam criatividade

Incentivar trabalhos manuais com montagens, recortes e desenhos é uma maneira de promover o engajamento e a criatividade dos participantes da dinâmica. Procure não usar muitos elementos para otimizar o tempo, já que as dinâmicas sempre rendem mais que o proposto inicialmente.

Mesmo que os participantes estejam voltados à atividade proposta, você deve se atentar para questões de identificação de aspectos como hiperatividade e dificuldade de concentração.

Quais as vantagens?

Podemos listar alguns dos principais benefícios da criação de uma dinâmica de grupo. Entre elas, estão as possibilidades de:

  • observar no contexto organizacional como funciona a interação coletiva dos seus times;
  • criar situações que proporcionem o desenvolvimento frente aos desafios organizacionais;
  • proporcionar um ambiente mais acolhedor;
  • entender o nível de abertura e aceitação a novas ideias por parte dos colaboradores;

Assim, podemos entender que, com as dinâmicas de grupo, é possível descobrir novos talentos e encontrar soluções para questões que precisam ser melhoradas na organização. O relacionamento entre os funcionários tende a melhorar, independentemente do cargo ou área de atuação.

E então, o que achou das nossas instruções de como criar uma dinâmica de grupo? Deixe seu comentário conosco compartilhando sua opinião!

Rating: 5.0/5. From 1 vote.
Please wait...

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Continue lendo:

Como avaliar um candidato em um processo seletivo

Quando pensamos em recrutamento e seleção, sempre valorizamos mais o primeiro conceito — publicar nos melhores sites de vagas, criar campanhas inovadoras — e pouco falamos sobre como avaliar um candidato. É  continue lendo »

3 exemplos de dinâmicas de grupo e seus benefícios na seleção!

Entrosamento, iniciativa e desafio são apenas alguns exemplos de dinâmicas de grupos. E os seus benefícios são diversos, podendo ser aplicados desde o momento do processo seletivo, até os períodos  continue lendo »

Descubra quando aplicar testes psicológicos em sua empresa

As empresas aderem cada vez mais a diferentes estratégias para acertar nas contratações, aumentando a probabilidade de escolher um candidato que tenha as competências técnicas e comportamentais necessárias para o  continue lendo »

Teste psicológico em recrutamento e seleção: conheça essa prática!

A aplicação do teste psicológico em recrutamento e seleção de pessoas é uma das ferramentas que o RH vem aplicando em um esforço para escolher o funcionário mais adequado para  continue lendo »

Conheça os 3 principais tipos de testes psicológicos realizados

Já faz algum tempo que as empresas concluíram que a avaliação de novos talentos não deve ser limitada à análise da qualificação e de experiências anteriores de um profissional. Por  continue lendo »

Entenda como fazer uma avaliação de desempenho na empresa

Existem diversos modelos de avaliação de desempenho, como a autoavaliação ou avaliação em 360 graus. Para ajudar você nessa tarefa, criamos este post que ensina como fazer uma avaliação de desempenho  continue lendo »