Como reduzir o turnover precoce nas empresas?

8 de maio de 2017
Kenoby

Reduzir turnover é uma preocupação que muitas empresas compartilham, principalmente as que estão começando sua caminhada. Isso porque a alta taxa de rotatividade dos colaboradores pode ser um obstáculo maior do que uma empresa pode aguentar, caso aconteça precocemente.

Para ajudar a evitar os impactos negativos que essa taxa carrega, trouxemos este artigo falando um pouco sobre o assunto e apresentando algumas dicas práticas. Vamos lá?

Conceito de turnover e seu impacto nas empresas

Muito utilizado no meio organizacional, o turnover é um indicativo que aponta a taxa de rotatividade dos funcionários de determinada empresa. Quando essa taxa está muito alta, significa que o fluxo de contratações e demissões está maior que deveria.

O impacto que isso pode causar atinge a empresa e seus departamentos em vários níveis. Em primeiro lugar, a saúde financeira da empresa é comprometida, já que demitir, recrutar, contratar e treinar são coisas que custam caro.

Além disso, enquanto não há colaborador que cumpra a função designada, os demais membros da equipe se veem obrigados a suprir essa demanda, o que afeta suas próprias tarefas diárias, ou seja, a produtividade, de certa forma, também sofre.

Sem contar que o clima organizacional da empresa é afetado, sobretudo em empresas jovens no mercado, já que a confiança e a segurança que a equipe constrói em relação à empresa diminui frente a instabilidade que o setor de gestão de pessoas acaba projetando.

Medidas práticas para reduzir turnover

Visto o impacto que a alta taxa de rotatividade pode causar, é preciso adotar alguns hábitos e fazer uso de certas estratégias para garantir que o turnover se mantenha baixo.

Vale salientar que essas medidas, quase sempre, estão ligadas ao modo como a equipe é gerida, ou seja, mais do que técnicas, elas devem ser humanizadas para alcançar o efeito desejado dentro da organização.

Elabore um plano de carreira

Antes de mais nada, dê atenção ao plano de carreira das pessoas. Se não houver um, elabore. Isso permite que os colaboradores tenham uma visão clara das possibilidades de crescimento dentro da empresa e cria um laço de fidelidade.

Invista em treinamentos

É importante investir tanto na capacitação dos colaboradores novos quanto dos mais antigos, com cursos, palestras, indicações de leituras ou o que quer que funcione para o aumento do conhecimento técnico e otimização das habilidades da equipe.

Além de a empresa usufruir do benefício de ter colaboradores mais capazes, isso também afasta o sentimento de estagnação da equipe, grande vilão da retenção de talentos.

Ofereça benefícios

Além dos benefícios convencionais, considere incluir benefícios alternativos para a equipe.

Isso não quer dizer necessariamente que você deva gastar uma fortuna com premiações. Basta ser criativo, e, é claro, fazer uma pesquisa dentro da sua própria empresa para descobrir maneiras de premiar e manter as pessoas sempre satisfeitas.

Dê e peça feedbacks

O feedback é uma ferramenta essencial para o desenvolvimento e otimização de qualquer equipe. Quando bem utilizado, ele pode dar um parâmetro preciso do que se deve continuar fazendo e o que pode ser melhorado no que se refere à gestão de pessoas para reduzir turnover com eficiência.

Por isso, faça da troca de feedbacks um hábito e realmente ouça o que sua equipe tem a dizer. Você pode se surpreender com a riqueza de informações que é possível conseguir com uma simples e franca conversa.

Gostou das dicas que demos para reduzir turnover na sua empresa? Não deixe de nos seguir no Linkedin e no Facebook e tenha acesso a muito mais materiais como este!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Continue lendo:

Teste palográfico: entenda o que é e como funciona

Para uma boa contratação de funcionários, é importante avaliar não apenas as competências técnicas, mas também as características individuais e de personalidade para entender se o profissional é realmente o  continue lendo »

Plano de cargos e salários: saiba como implementar

O plano de cargos e salários estrutura as atribuições, deveres, responsabilidades e remunerações de todas as funções que balizam o funcionamento de uma empresa. Sua existência possibilita a construção de  continue lendo »

Saiba fazer uma avaliação de desempenho

Por melhor que seja uma equipe, entender como os colaboradores estão exercendo suas atividades é fundamental para fazer uma gestão de pessoas eficiente. A avaliação de desempenho é um dos  continue lendo »

Estresse no trabalho: evitando que esse problema alcance o seu time

Os dados são preocupantes. De acordo com o Anuário da Saúde do Trabalhador elaborado pelo DIEESE (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), o número de pessoas afastadas do trabalho  continue lendo »

FTE: O que é e como calcular o Full Time Equivalent da empresa?

Mensurar os resultados da empresa nem sempre é uma tarefa fácil, por isso existem alguns indicadores que visam simplificar esse processo de avaliação de resultados. É o caso do Full  continue lendo »

Avaliação 360 graus: como ela pode ser usada na gestão de pessoas?

Avaliar o desempenho dos profissionais, seus pontos positivos e onde podem melhorar é uma necessidade de todas as empresas. Mas nem sempre esse processo é feito de maneira que possa  continue lendo »