Comunicação interna: conheça a importância para a sua empresa

8 de setembro de 2017
Kenoby

A comunicação interna tem papel estratégico para o negócio. Ela é responsável por alinhar os valores e objetivos da empresa com os funcionários, contribui para o clima organizacional, e mantém a equipe informada, motivada e engajada.

Contudo, para alcançar bons resultados ela deve ser planejada e executada corretamente. Neste texto, falaremos mais sobre o papel e os benefícios da comunicação interna e mostraremos como fazer isso de forma eficiente. Continue a leitura!

Vantagens da comunicação interna

Independentemente do segmento ou porte da organização, as ações de comunicação interna agregam diversos benefícios. Conheça alguns deles adiante.

Alinhamento da equipe de trabalho

Para ter um bom desempenho, a empresa precisa contar com uma equipe de trabalho alinhada com os valores, a missão e a estratégia do negócio a fim de fortalecer a cultura organizacional. Investir em comunicação interna é um fator essencial para que essas informações cheguem corretamente a toda a equipe.

Agilidade nos processos

Quando os colaboradores estão integrados com os procedimentos e com os outros departamentos da empresa, os processos se tornam mais ágeis e eficientes. Isso também contribui para a tomada de decisões e a produtividade da equipe.

Melhoria do ambiente de trabalho

Outro fator positivo é em relação ao ambiente de trabalho. Manter uma comunicação clara e objetiva traz mais transparência nas atividades e evita rumores e boatos que podem gerar conflitos entre o público interno.

Além disso, um bom ambiente de trabalho contribui para a melhoria do clima organizacional e a motivação da equipe, itens fundamentais para o sucesso e crescimento da empresa.

Além disso, esses fatoras ajudam muito na construção e no fortalecimento da Marca Empregadora. Para aprender mais sobre esse conceito, faça o download gratuito do Manual para desenvolver a marca empregadora.

E-book: Manual para desenvolver a Marca Empregadora


 

Engajamento dos funcionários

O engajamento dos profissionais é uma dos desafios da gestão de pessoas, e contar com uma boa comunicação interna é essencial, pois ela permite que os funcionários entendam sua participação no negócio e faz com que eles se sintam mais valorizados, tornando-os defensores da companhia.

Problemas de uma comunicação interna ineficaz

Quando uma organização não dá a devida atenção à sua comunicação interna, fica exposta a uma série de situações que podem comprometer sua produtividade e competitividade. A seguir, entenda alguns riscos aos quais a organização fica sujeita.

Ruídos na comunicação

Sem o amparo da comunicação institucional, os colaboradores tratam de propagar, por seus próprios meios, aquilo que julgam relevante. Em outras palavras: não é pela ausência da comunicação interna que as informações deixam de circular na empresa. A velha “rádio corredor” assume esta função.

Evite esse problema assumindo o controle sobre o fluxo da informação, com toda a transparência possível. Assim, evita-se que boatos e falsas informações contaminem o ambiente.

Perda de credibilidade

Quando parece que a empresa só se preocupa em comunicar-se com seus colaboradores depois que a informação já circula entre eles de maneira informal, a credibilidade da organização e de seus líderes fica comprometida e reverter esse quadro posteriormente será bem mais difícil.

Queda de produtividade

Quando não há constância e integração no conteúdo do que se transmite aos colaboradores, provavelmente haverá dificuldades de que estes entendam seu papel na organização. Assim, cada um trabalhará de uma forma diferente.

A comunicação eficaz faz com todos mantenham o foco nos objetivos da organização. Popularmente falando, ela faz com que todos corram na mesma direção.

Erros comuns em comunicação interna

Entender a comunicação interna como algo estratégico para a empresa é uma forma de prevenir os problemas como os mencionados neste artigo.

Em muitos casos, porém, por desconhecer ou não valorizar os processos de comunicação interna, as organizações promovem ações com pouca aderência à estratégia ou totalmente ineficazes. Confira a seguir alguns dos erros mais comuns.

Falta de timing

Ter o controle sobre o fluxo da informação é essencial à organização. Comunicar, no momento certo e ao público certo, é sinal de maturidade e domínio da estratégia de comunicação interna.

Não saber o momento adequado de comunicar um fato importante aos colaboradores pode ter péssimas consequências. Nada pior para o funcionário do que tomar conhecimento de uma mudança importante em sua empresa por meio de uma fonte externa, como o jornal da cidade, por exemplo.

É um flanco aberto para todo o tipo de boatos e desconfianças, com o risco adicional de tornar qualquer comunicação posterior da empresa como uma mera desculpa para “apagar o incêndio”.

Comunicação sem comunicadores

Outro erro comum é delegar as funções da comunicação interna exclusivamente a equipes de áreas como o departamento de marketing ou o RH, sem garantir a devida estrutura para desempenharem missão tão importante.

Embora essas áreas possam ser indispensáveis para o sucesso da comunicação interna, é fundamental que o processo tenha à frente profissionais especializados, preferencialmente jornalistas ou relações públicas, capazes de elaborar as estratégias e executar as ações da área.

Processo de mão única

O fluxo da comunicação interna não se encerra no momento em que o público recebe o conteúdo. Não basta disponibilizar os canais para que os colaboradores recebam as informações pertinentes da empresa. Esse fluxo precisa também de um meio de retorno.

Receber o feedback do colaborador e entender o impacto que a comunicação exerce também faz parte do processo, bem como transformar esse retorno em subsídio para as estratégias da empresa – não apenas de comunicação, mas da gestão, de forma mais ampla.

Ações e ferramentas para a comunicação com os colaboradores

No mercado, há inúmeras ações e ferramentas para facilitar a comunicação interna e torná-la mais eficiente e atrativa de acordo com o perfil do público e os objetivos da organização. Algumas opções são:

  • intranet: portal interno para a divulgação de notícias, comunicados, conteúdo institucional etc;
  • mural: instalado em um ponto estratégico dentro da empresa, esse veículo possibilita a comunicação com os trabalhadores nos escritórios, nas fábricas e em locais em que a equipe não tenha acesso à internet;
  • TV corporativa: canal para disseminar informações de forma atrativa e dinâmica com o uso de vídeos;
  • rede social corporativa: a rede social corporativa é um canal para promover o relacionamento entre os funcionários e incentivar a troca de informação;
  • eventos internos: eles ajudam a promover o bem-estar e a qualidade de vida no trabalho, capacitar equipes e comemorar datas como dia das mães, dos pais, páscoa, aniversariantes do mês etc.

Como ter uma comunicação interna eficiente

Para obter resultados positivos, é preciso criar um plano de comunicação interna de acordo com as necessidades da empresa. Para isso, esclareça quais são os objetivos, metas e o perfil do público interno.

Além disso, também é importante evitar o excesso de informação. Exagerar na quantidade de mensagens e canais torna a comunicação ineficaz, pois faz com que os colaboradores não deem atenção ou valor a ela.

Por fim, não se esqueça de mensurar o desempenho das ações para avaliar se a estratégia está adequada ou se precisa ser aperfeiçoada.

Como vimos, as ações de comunicação interna contribuem significativamente para o sucesso do negócio, tornando a equipe de trabalho mais alinhada, produtiva e engajada com os objetivos da organização.

Agora que você já sabe a importância da comunicação interna, entre em contato conosco e saiba como recrutar os melhores profissionais para a sua empresa!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Continue lendo:

RH + Copa do Mundo: aproveite o evento para engajar os colaboradores!

No País do Futebol, a Copa do Mundo é o motivo perfeito para que os brasileiros vão às ruas para torcer e festejar. Se pelo lado pessoal, todos querem aproveitar  continue lendo »

Treinamento e desenvolvimento: Tire suas dúvidas sobre esse tema

Treinamento e desenvolvimento é, normalmente, uma área alocada dentro do setor de recursos humanos, responsável pela gestão de conhecimento dos colaboradores da companhia, assim como o desenvolvimento de cada um.  continue lendo »

Plano de cargos e salários: saiba como implementar

Plano de cargos e salários é um descritivo detalhado de todos os cargos da companhia, assim como suas atribuições e responsabilidades; e do salário correspondente a cada uma dessas posições.  continue lendo »

Nine box: como aplicar a metodologia nas empresas?

Ninebox é um método de avaliação da performance dos colaboradores da companhia que busca acompanhar os profissionais levando em conta dois critérios principais, as entregas feitas por ele em determinado  continue lendo »

Plano de carreira: o que é e como implementar nas empresas

Plano de carreira é o potencial caminho de ascensão a ser percorrido pelos colaboradores da companhia uma vez que atinjam as expectativas e metas pré-estabelecidas. Esse é um artifício muito  continue lendo »

Universidade corporativa: O que é e como funciona?

Universidade corporativa, ou UC, é uma ferramenta interna de desenvolvimento de colaboradores. Ela é responsável por criar e replicar conhecimento, de maneira didática, dentro da organização. Com ela, é possível  continue lendo »