Conceito de capital humano e como o aplicar na sua empresa

16 de março de 2019
Kenoby

O conceito de capital humano nas empresas tem passado por grandes transformações, principalmente por conta da entrada da nova geração no mercado de trabalho, e também devido a negócios cada vez mais exigentes.

Para enfrentar a competitividade do mercado e garantir a sustentabilidade das empresas, as organizações têm de investir cada vez mais na gestão do capital humano, pois, sem dúvida, ele é o grande diferencial para as companhias de todos os segmentos.

Neste post você vai aprender o conceito de capital humano nas empresas e como colocá-lo em prática. Acompanhe!

Qual o conceito de capital humano nas empresas?

Capital humano refere-se à qualificação dos funcionários de uma empresa, ou seja, é a representação do valor do número de profissionais, desde o CEO até o funcionário operacional, e a relação que eles estabelecem conforme seus conhecimentos, formação acadêmica, capacidades e habilidades.

O capital humano de uma organização é um dos ativos mais importantes de uma companhia, e ele é avaliado no rendimento geral de uma empresa. Afinal, os empregados são fundamentais para que a companhia tenha sucesso ou fracasse em suas atividades, visto que são as pessoas as responsáveis por movimentar todo e qualquer negócio.

Antes de continuar, aproveite para baixar o nosso kit para a entrevista de candidatos.

Qual a importância do capital humano para as empresas?

Como vimos, o capital humano é um dos ativos mais relevantes para uma organização. Portanto, uma política focada no aprimoramento desses profissionais terá aspectos positivos na cultura da empresa, tornando-a um diferencial no ambiente empresarial.

É o capital humano o responsável por entregar os melhores resultados para a empresa, e quando os profissionais percebem que a organização os valoriza, eles sentem mais confiança para tentar novos desafios e seguir o plano de carreira. Do contrário, ele pode ficar estagnado, não investindo em atualização e capacitação, e isso vai refletir diretamente na entrega do seu trabalho e também nos resultados da empresa.

Nesse contexto, a liderança tem um papel fundamental: mediar os interesses da empresa com o dos funcionários. O líder é a referência para os seus subordinados e também é o responsável pelo desempenho de sua equipe.

Desse modo, já conseguimos entender que o desenvolvimento do capital humano vai além de questões técnicas e operacionais: ele se relaciona com o equilíbrio da evolução de cada profissional dentro da organização e com a sua capacitação naquela área.

Além disso, uma empresa com uma cultura organizacional orientada para o desenvolvimento de seus funcionários está à frente para se manter competitiva no mercado. Para tanto, algumas questões devem ser observadas. Veja:

Como investir no capital humano nas empresas?

gestão de pessoas tem alguns recursos que orientam os investimentos em capital humano nas empresas. Veja a seguir como fazer!

Trace um plano de carreira

O plano de carreira é uma “trilha” de desenvolvimento profissional que cada funcionário poderá seguir dentro da empresa para alcançar cargos maiores. Ele traz benefícios tanto para a empresa quanto para os funcionários. Nesse sentido, o plano de carreira é um importante recurso para atrair e reter talentos e, acredite, esse é um importante diferencial para se tornar uma marca empregadora.

Além disso, é mais vantajoso promover um colaborador que já atua na empresa, pois ele já conhece os processos e a cultura da organização, do que contratar um novo profissional e ter de investir em treinamento e desenvolvimento. Ademais, um plano de carreira proporcionar ao funcionário a possibilidade de ele se desenvolver cada vez mais.

Dê autoridade para a equipe

Quando a organização oferece o conhecimento e as ferramentas para o funcionário tomar as decisões alinhadas aos interesses do negócio sozinho, a empresa ganha em agilidade e o colaborador se sente muito mais motivado. Isso porque um profissional empoderado é consciente de suas responsabilidades e pronto para entregar mais e da melhor forma!

Para tanto, a organização deve prezar por uma cultura que valorize e crie espaço para que o profissional pense como o dono da empresa, mantendo uma cultura de empoderamento do funcionário.

Incentive o engajamento

É preciso incentivar a atitude de dono, e gerar oportunidade para que as pessoas tenham orgulho da organização é o primeiro passo para isso. De acordo com Jean-Marc Etlin, do Itau BBA, “orgulho é melhor do que fidelidade”.

As pessoas estão em busca de algo que vá além de remuneração e benefícios básicos, elas prezam por bons relacionamentos, envolvimento, emoções e, para se engajarem, precisam ver propósito no que fazem. Portanto, é preciso ter em mente que lidar com gente envolve outras motivações.

Desenvolva a liderança

Para se sentirem motivados e engajados com os propósitos da organização, é muito importante que os colaboradores percebam que a preocupação do líder e da empresa com as pessoas é verdadeira.

Aprimore os benefícios e bonificações

Para incentivar o capital humano nas empresas, é preciso satisfazer suas necessidades básicas: salário, alimentação, transporte e planos de saúde são essenciais para atrair o capital humano.

Além disso, a bonificação, que é uma política de remuneração variável no meio empresarial, deve ser cogitada, ainda mais se a atividade dos colaboradores estiver atrelada a metas. Essa pode ser uma ferramenta para ajudar a contornar as dificuldades e manter colaboradores motivados e engajados.

Também é comum entre as organizações oferecer o pagamento de bônus ao final do ano, com os resultados financeiros já fechados.

Treine e desenvolva os funcionários

É por meio do treinamento e desenvolvimento de pessoal que a organização alcançará os resultados pretendidos. Isso significa aumentar a produtividade e a eficiência dos processos e operações da empresa.

Um treinamento de excelência pode servir para os mais diversos casos: desde a integração de um novo funcionário, que precisa ser apresentado a uma cultura organizacional específica, até colaboradores que precisam exercer novas tarefas e, por isso, necessitam passar por treinamento de processos para se manterem sempre atualizados.

Como vimos ao longo deste post, o capital humano é imprescindível para o sucesso de qualquer organização e, portanto, é necessário ficar atento a ele! Assim, conhecer o conceito de capital humano nas empresas é fundamental para o profissional da área de gestão de pessoas e RH poder entregar um trabalho que contribua para o desenvolvimento das pessoas e, consequentemente, do negócio.

Se você gostou deste post sobre o conceito de capital humano e como o investir na sua empresa, siga-nos no Facebook e LinkedIn para acompanhar as nossas novidades!

 

Rating: 5.0/5. From 1 vote.
Please wait...
Aumente a assertividade no seu R&S!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Kit - Entrevista de Candidatos

MATERIAIS GRATUITOS:

Certificação em Recrutamento e Seleção

Apresentação Mensal com Indicadores de RH

CONFIRA + MATERIAIS GRATUITOS

Continue lendo:

Descubra o que é avaliação por competências e entenda o seu funcionamento
Descubra o que é avaliação por competências e entenda o seu funcionamento

Muitos profissionais de RH buscam integrar a avaliação por competências às práticas dos departamentos em que atuam. Afinal, em diversas situações, a simples análise dos resultados não traduz a contribuição  continue lendo »

Coaching: entenda como ele atua na psicologia organizacional
Coaching: entenda como ele atua na psicologia organizacional

O coaching passou a atuar mais recentemente nas empresas como um importante suporte para a psicologia organizacional. A prática apoia o setor de Recursos Humanos principalmente na parte de treinamento ou  continue lendo »

Gestão de recursos humanos no capital humano: saiba como aplicar corretamente
Gestão de recursos humanos no capital humano: saiba como aplicar corretamente

A correta gestão de recursos humanos garante que o capital humano da empresa seja bem aproveitado, contribuindo para o sucesso dos negócios. Não por acaso, organizações com boas práticas de  continue lendo »

Recursos humanos e recrutamento: descubra 7 melhores práticas
Recursos humanos e recrutamento: descubra 7 melhores práticas

A gestão de recursos humanos é crucial aos negócios, pois permite direcionar pessoas com acerto. Pesquisas mostram que empresas com boas práticas de RH são 51% mais competitivas, em média.  continue lendo »

Décimo terceiro salário: tudo o que você precisa saber!
Décimo terceiro salário: tudo o que você precisa saber!

Todo trabalhador brasileiro devidamente registrado por meio da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) tem o direito de receber a Gratificação Natalina, popularmente conhecida como décimo terceiro salário. Para alguns,  continue lendo »

Descubra o que é o departamento pessoal e quais as suas funções
Descubra o que é o departamento pessoal e quais as suas funções

O que é departamento pessoal (DP) é a resposta que todo profissional da área deve ter na ponta da língua. Afinal, as rotinas do setor contemplam atividades de extrema relevância para  continue lendo »