Quais são as principais consequências do turnover para a empresa?

28 de setembro de 2018
Kenoby

Dentre as consequências do turnover, a saída em excesso tende a criar um clima negativo, que favorece a existências de conflitos pessoais. Além disso, a comunicação é afetada e, por consequência, aumenta a demanda de trabalho, criando um efeito bola de neve na companhia.

O turnover mede a rotatividade do quadro de trabalho, isto é, o percentual de pessoas que deixam a empresa em determinado período. Sem dúvida, esse é um dos indicadores mais importantes para a  gestão estratégica de pessoas. Porém, a questão é: quais as consequências do turnover?

Há uma série de consequências, na maioria das vezes negativas. Por isso, é necessário estar atento ao assunto, mensurar o índice de rotatividade e criar estratégias para a retenção dos profissionais talentosos na empresa. Assim, todo o negócio é beneficiado.

Quer saber mais sobre o tema e descobrir as principais consequências do turnover para a sua empresa? Então, acompanhe o nosso artigo!

Principais causas da rotatividade

Por qual razão um funcionário deixa a empresa? Os motivos são diversos! Há situações inevitáveis, como a aposentadoria ou a mudança de cidade. Mas elas acontecem com menor frequência, portanto, não devem ser motivo de preocupação.

A evasão pode ser evitada se ocorrer por problemas de: relacionamento com o superior imediato, falta de perspectiva de crescimento, pouco equilíbrio entre vida pessoal e profissional, remuneração vista como injusta, conflitos no ambiente de trabalho, falta de reconhecimento, entre outros.

As causas variam de empresa para empresa, então o ideal é realizar um diagnóstico interno e verificar o que está acontecendo. Para isso, a entrevista demissional (aquela que ocorre na saída do profissional) é uma das ferramentas mais didáticas e funcionais.

Antes de continuar, aproveite para baixar nosso Kit para a entrevista de candidatos!

Consequências do turnover para a empresa

A alta rotatividade gera uma série de custos adicionais. Em muitos casos, a rescisão contratual pode equivaler a até um ano de trabalho. Portanto, mitiga a lucratividade, a rentabilidade e o próprio crescimento da organização.

Mas seus males vão muito além. A saída em excesso cria um clima inadequado, no qual conflitos interpessoais podem ocorrer com maior frequência. A comunicação interna é afetada e, consequentemente, o retrabalho cresce. Ou seja, a rotatividade apresenta-se como uma verdadeira “bola de neve” na empresa.

Ela também impacta na atração de novos talentos. É muito mais difícil atrair profissionais acima da média se os próprios funcionários estão desistindo da empresa e partindo para a concorrência. Sendo assim, a marca empregadora acaba sendo comprometida.

Estratégias para retenção de pessoas

Reter talentos e reduzir o turnover é um desafio cada vez maior, afinal, os jovens profissionais são ávidos por novos desafios e desejam crescer continuamente. Porém, há estratégias eficazes que podem ajudar a reverter esse quadro.

O primeiro passo é fazer um diagnóstico: o que tem acontecido? Calcule o atual índice de turnover e avalie se está dentro dos limites normais. Inicie entrevistas demissionais, assim será possível saber quais as principais causas para a saída dos funcionários.

A segunda medida é promover melhorias no trabalho e na empresa. Certifique-se que há um bom clima de trabalho, que os talentos são ouvidos, que existem possibilidades de crescimento e que os profissionais são recompensados pelos resultados apresentados.

Como é possível observar, há uma série de consequências do turnover alto. O crescimento, a lucratividade e a rentabilidade do negócio são comprometidos, bem como a qualidade do clima de trabalho. Portanto, a partir de um diagnóstico preciso do problema, é necessário estabelecer uma boa estratégia de retenção dos talentos.

E agora, está pronto para reduzir o turnover na sua empresa? Aproveite para seguir nossos perfis nas redes sociais — Facebook e LinkedIn — e acompanhar nossas novidades!

No votes yet.
Please wait...
Aumente a assertividade no seu R&S!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Kit - Entrevista de Candidatos

MATERIAIS GRATUITOS:

Certificação em Recrutamento e Seleção

Apresentação Mensal com Indicadores de RH

CONFIRA + MATERIAIS GRATUITOS

Continue lendo:

Entenda 5 custos do turnover para a sua empresa
Entenda 5 custos do turnover para a sua empresa

No basquete, o turnover representa a perda da bola para o time adversário. Já nos negócios, representa a saída de talentos do quadro de trabalho, fato que pode ser um  continue lendo »

Absenteísmo e rotatividade: entenda seu impacto nas empresas
Absenteísmo e rotatividade: entenda seu impacto nas empresas

O absenteísmo e a rotatividade nas empresas são dois dos maiores desafios enfrentados pelo setor de Gestão de Pessoas na atualidade. Isso porque, eles causam graves prejuízos que comprometem a produtividade  continue lendo »

Turnover ideal: entenda o conceito e os impactos para sua empresa
Turnover ideal: entenda o conceito e os impactos para sua empresa

A rotatividade de pessoal nem sempre é bem-vista, afinal, representa a saída dos profissionais da empresa. No entanto, há um nível de turnover ideal e que pode ajudar a organização,  continue lendo »

Conheça 4 tipos de turnover e entenda os seus impactos
Conheça 4 tipos de turnover e entenda os seus impactos

O turnover é algo comum nas empresas, porém, merece atenção dos gestores e do RH, pois pode sinalizar problemas mais profundos. Mais do que medir, é preciso conhecer os tipos  continue lendo »

Turnover voluntário: Entenda 7 impactos para a sua empresa
Turnover voluntário: Entenda 7 impactos para a sua empresa

O turnover é o índice que mede a saída de funcionários em certo período, como em um ano. Ele pode ser voluntário ou involuntário, sendo que no primeiro caso o  continue lendo »

Turnover involuntário: entenda o que é e quais seus impactos na empresa
Turnover involuntário: entenda o que é e quais seus impactos na empresa

O turnover involuntário tem motivações bem específicas e, quando ocorre em excesso, traz diversos prejuízos. Já podemos adiantar que a melhor maneira de evitar isso é caprichando na hora de  continue lendo »