Contratação de funcionários: quais as etapas de um processo seletivo?

14 de Maio de 2018
Kenoby

A contratação de funcionários tem sofrido diversas mudanças nos últimos anos. É cada vez mais comum o uso de ferramentas digitais, o recrutamento online e a busca pelo alinhamento cultural, não apenas por conhecimentos e habilidades.

Essas e outras mudanças devem ser consideradas nas etapas de um processo seletivo, implementando-as sempre que possível e garantindo que o processo continue atual. Dessa maneira, fica mais fácil otimizar a aquisição de profissionais talentosos.

Lembrando que a automatização de processos é fator de sucesso para todo o mercado, e o R&S não é diferente. Para saber mais sobre esse tema, inscreva-se já no Mini Curso por e-mail sobre Automatização do R&S e receba aulas diárias sobre o tema.

Mini Curso por E-mail de Automatização do RH


 

No artigo de hoje, vamos destacar as principais etapas da contratação de funcionários, as novas tecnologias e como melhorar o processo seletivo. Logo, você poderá implementá-las em seu ambiente de trabalho. Continue a leitura e fique por dentro do tema!

Inovações no RH que afetam a contratação de funcionários

Sem qualquer dúvida, o RH é um dos setores que mais tem passado por mudança nos últimos anos, especialmente no que se refere à interação de ferramentas digitais. Sabe-se, por exemplo, que 82% das empresas consideram o RH digital como algo “importante” ou “muito importante”.

As inovações são diversas. O recrutamento e seleção (R&S) online é uma delas. Hoje, todo o processo de contratação pode ser feito a distância, com entrevistas em vídeo e dinâmicas por meio de softwares — eliminando a maior parte da demanda presencial.

Outro exemplo são os softwares de seleção, cada vez mais modernos. Com eles, é possível gerenciar diversas páginas de emprego de um único lugar, bem como centralizar a comunicação com os candidatos à vaga.

É preciso destacar, no entanto, que as inovações em RH não se restringem às novas tecnologias. O RH tem adquirido novos hábitos, como a contratação com base no fit cultural — isto é, o alinhamento entre os valores do candidato e da empresa, garantindo maior aderência ao novo cargo e equipe de trabalho.

Principais etapas do processo de recrutamento e seleção

Construção de uma marca empregadora

Essa não é necessariamente uma etapa do processo seletivo, mas é crucial para a atração e seleção de talentos, então será descrita no artigo. Ao construir uma marca empregadora, a empresa torna-se um ímã de gente acima da média.

Existem alguns passos para desenvolver a marca empregadora. Um dos principais é a construção de uma página de carreiras, o famoso “trabalhe conosco”. Assim será possível compartilhar mais da empresa, bem como atrair e reter talentos.

Correta descrição do cargo em aberto

Após receber e aprovar a requisição de pessoal, isto é, o documento formal que solicita o preenchimento de determinada vaga, é o momento de realizar a descrição do cargo em aberto. Assim, será possível ter maior alinhamento no R&S.

Para tanto, faça uma lista dos conhecimentos, habilidades e atitudes demandadas pelo cargo, bem como dos valores compartilhados na empresa. Esse será o “checklist” para contratar a pessoa certa, então é preciso fazer uma boa descrição do cargo.

Divulgação da vaga em aberto

Em um terceiro momento, será necessário veicular o cargo em aberto pelos mais diversos canais de comunicação. Nesse ponto, o processo de recrutamento efetivamente começa. O intuito é atrair o maior número de talentos possível.

Entre os canais digitais para veiculação de vagas, é possível destacar:

No intuito de atrair um grande número de talentos, é comum que o profissional de RH opte por mais de uma plataforma de divulgação da vaga em aberto. Para tanto, é importante contar com um software de seleção, pois ele centraliza todo o comando.

Triagem dos candidatos mais promissores

A próxima etapa refere-se ao processos de triagem, ou seja, a classificação dos currículos que possuem os pré-requisitos definidos na etapa de descrição do cargo. Logo, será possível manter apenas os candidatos mais promissores no R&S.

Aplicação de testes e dinâmicas para seleção

O próximo passo é a aplicação de testes, assim será possível identificar os candidatos que realmente são competentes e possuem aderência ao cargo. Existe um grande número de testes, sendo os principais:

A escolha do melhor pode variar bastante de acordo com o cargo, a empresa e o profissional de RH. Hoje, porém, é necessário considerar que a maioria dos testes pode ser aplicada online, agregando flexibilidade ao RH e ao candidato à vaga.

Realização de entrevistas semiestruturadas

A entrevista é um dos momentos mais importantes. Selecionador e candidato podem ficar frente a frente, mesmo que por meios digitais, para tirar as principais dúvidas e decidir sobre a contratação. Há três tipos de entrevista:

  • estruturada — com perguntas previamente elaboradas;
  • não estruturada — em que não há um roteiro de perguntas;
  • semiestruturada — um misto das duas primeiras.

O mais indicado é a realização de uma entrevista semiestruturada, com perguntas fixas e que garantam a isonomia entre os candidatos, bem como um tempo livre para que o selecionador pergunte o que quiser. Assim, é possível obter ótimos resultados.

Seleção do candidato e contratação

Finalmente, é o processo de seleção do candidato ideal. Aqui, é preciso lembrar que o RH tem função de staff ao longo do R&S, isto é, ele dá assistência para que o melhor candidato seja identificado e contratado. A decisão final, geralmente, é do superior imediato do cargo em aberto, não do profissional de RH.

A efetiva contratação do candidato, na maior parte das vezes, é de responsabilidade da área de Departamento Pessoal, que cuida das demandas mais burocráticas.

Dicas para melhorar o processo de contratação de funcionários

Algumas dicas podem ser úteis para extrair melhores resultados do R&S, como:

Agora você está por dentro do assunto. Use as etapas aqui citadas para fazer uma excelente contratação de funcionários. Logo, os melhores talentos farão parte do seu quadro de funcionários.

E então, gostou das nossas dicas? Temos o mais moderno software para o recrutamento e seleção de talentos. Entre em contato conosco!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Continue lendo:

Recrutamento online: conheça os benefícios e veja como funciona

O RH tem passado por uma grande transformação digital. É cada vez mais comum o uso de tecnologias para garantir resultados melhores. Um ótimo exemplo é o recrutamento online, que  continue lendo »

Como contratar jovem aprendiz: entenda como funciona!

Dar espaço para novos profissionais e talentos potenciais é uma atitude indispensável nos dias de hoje. Para isso, foram criadas leis e determinações que garantem a inclusão de jovens no mercado de  continue lendo »

Competências técnicas e comportamentais: como aliá-las?

Para que os profissionais façam parte da empresa, é preciso que demonstrem certas competências técnicas e comportamentais. Assim, podem realizar um bom trabalho no expediente e atuar de forma alinhada  continue lendo »

Games no recrutamento: como funciona e qual a sua importância?

Utilizar games no recrutamento é uma tendência cada vez mais forte que consiste no uso de mecânicas e práticas de jogos em ambientes corporativos. Tais jogos vão de avaliações de  continue lendo »

Recrutamento e Seleção: saiba o que é, o conceito e as técnicas

Recrutamento e Seleção é uma das áreas  do departamento de Recursos Humanos, responsável pela atração e alocação dos candidatos nas vagas disponíveis, de acordo com as competências técnicas e comportamentais  continue lendo »

5 empresas que foram criativas na hora de recrutar

Com tantas tarefas rotineiras ocupando boa parte do tempo de seus recrutadores, muitas empresas perdem talentos por não conseguirem se comunicar efetivamete com o seu público. A realidade em muitos departamentos  continue lendo »