Diversidade nas empresas: entenda como ela pode ajudar seu negócio

10 de junho de 2019
Kenoby

Na área de Recursos Humanos sabemos que existem várias leis a serem cumpridas e uma delas se refere às cotas de admissão, que reservam uma determinada quantidade de vagas a serem preenchidas por uma parcela da população e estimulam a diversidade nas empresas.

Contudo, algumas organizações ainda encontram uma resistência interna que as impede de investir mais nos diferentes tipos de pessoas existentes no mercado de trabalho, bem como construir uma cultura interna inclusiva capaz de oferecer crescimento emocional e empatia entre os colaboradores.

Neste conteúdo você vai conhecer sobre a diversidade e como investir nela é importante para o negócio. Continue a leitura!

O que é diversidade?

É a riqueza interna e externa que cada pessoa tem, expressada por suas particularidades na forma de pensar e agir, que têm diferentes formações, gêneros, raças, orientação sexual, região e experiências. Cada ser humano é único e é nisso que consiste a variedade de opiniões, objetivos, culturas e formações.

A diversidade é uma nova forma de enxergar e lidar com os problemas. Quando aprendemos a lidar com isso e respeitamos a visão do outro, o foco passa a ser a solução e não, por exemplo, a cor de quem indicou a resposta mais adequada.  

Antes de continuar, aproveite para se matricular no nosso certificado de Recrutamento e Seleção!

Quais são os tipos de diversidade?

Durante muito tempo a palavra que substituiu diversidade foi “cota”, pois a Lei obrigava a admissão de pessoas com deficiência física e/ou mental em seu quadro de funcionários, mas nem sempre tinha uma estrutura física e emocional para acolher e investir nesses profissionais.

O conceito de diversidade veio para quebrar essa barreira e incluir outros perfis que estão à margem da sociedade. Dessa forma, devem ter os mesmos direitos, responsabilidades e salários que os beneficiados, pois fazem parte de um padrão pré-estabelecido.

A diferença de raça, de orientação sexual, de região, de religião, de gênero, de idade, pessoas em situação de fragilidade social, refugiados, ex-presidiários não deve ser obstáculo para o seu crescimento profissional.

Quais as vantagens e como promover diversidade nas empresas?

Se a diversidade ainda não é uma realidade na sua empresa, existem alguns motivos que farão a liderança mudar de opinião e investir nessa estratégia tão importante.

Diversidade de pessoas = diversidade de ideias

Todas as diferenças estão pautadas em algo pré-estabelecido, portanto a diversidade é uma visão diferente do “padrão”.

Dependendo da experiência de vida do profissional, sua forma de enxergar soluções para diferentes problemas é importante para que os demais entendam que não existe solução pronta e sim inúmeras formas de resolvê-los por meio do consenso.

A empresa ganha em clima interno, nas várias possibilidades de resolução dos problemas e na produtividade.

Desenvolvimento da empatia

Cada ser humano traz em sua bagagem conhecimentos específicos, de acordo com suas experiências e escolhas, independentemente de sua orientação sexual, idade, raça, crença ou região.

Cultivar entre os funcionários o respeito às opiniões e à pessoa responsável por ela é muito importante para o desenvolvimento da empatia e do clima organizacional.

O RH deve semear a cultura de inclusão e a busca por sempre se colocar no lugar do outro. Dessa forma há o fortalecimento das competências e dos resultados que são capazes de produzir.

Crescimento do employer branding

Com as mudanças acontecendo diariamente no mundo, os movimentos sociais de inclusão, igualdade de gêneros e movimento negro fomentam a necessidade das empresas evoluírem e se estruturarem internamente para incorporar no quadro funcional um capital humano qualificado e compatível com a cultura organizacional.

Quando a organização se abre a essa realidade e se preocupa verdadeiramente com a diversidade, eleva positivamente sua imagem, tornando-se referência no mercado e entre os candidatos.

Para que esses benefícios alcancem com efetividade toda a empresa e a diversidade faça parte da cultura é importante que algumas medidas sejam previamente tomadas e o RH tenha base suficiente para colocá-las em prática.

Analisar o quadro funcional

O RH precisa conhecer profundamente seus colaboradores, principalmente os que se encaixam na diversidade, assim como procurar saber quais são suas competências e os motivos que favoreceram sua contratação.

Essa análise é importante para que o setor entenda como começar a ampliar a diversidade e que caminho poderá seguir.

Estudar a cultura organizacional

Pesquisar o que rege a cultura da empresa e como ela lida com a diversidade, quando os demais líderes solicitam um perfil para a vaga se é sempre o mesmo padrão e, principalmente, como os colaboradores que estão incluídos no perfil de diversidade se sentem no dia a dia corporativo ou se já sofreram algum tipo de rejeição.

É interessante investir em uma pesquisa de clima direcionada para obter dados concretos e planejar a melhor estratégia para cultivar a cultura inclusiva no negócio.

Examinar o processo seletivo

Em determinado momento o recrutamento e seleção acaba se tornando um processo mecanizado, sempre com as mesmas fontes de busca por candidatos e perfis.

Se a empresa quer investir na diversidade é necessário inovar nessa etapa tão importante.

Contar com softwares de recrutamento é uma excelente alternativa, pois além do sistema realizar o processo com base nas competências dos candidatos, otimiza as etapas e fornece os perfis mais aderentes à vaga, sem pré-conceitos.

Investir na comunicação interna

Se a organização cultiva uma ideia, que envolve seus funcionários, mas não a compartilha, a probabilidade de dar errado é quase certa.

A diversidade é uma realidade mundial e deve ser tratada como tal, por isso o RH como facilitador deve realizar programas de conscientização por meio da comunicação aberta e efetiva.

Palestras sobre o assunto, dinâmicas e gamificação são ótimas ferramentas que auxiliam para que todo esse processo seja feito de forma suave e gradativa.

A diversidade nas empresas é um tema que deve ser tratado com muito cuidado e respeito, pois todos somos seres humanos, com problemas, dificuldades e diferenças.

Apontar que a opção sexual de uma pessoa é um obstáculo maior que a cor da sua pele ou da região que ela veio já é uma forma de discriminação e o papel do RH é minimizar esse pensamento, cultivar a igualdade e prezar pela capacidade e pelo conhecimento.

A Kenoby é um software de recrutamento e seleção que está revolucionando a área de talent acquisition. Para saber mais, agende uma avaliação gratuita do seu R&S!

Rating: 5.0/5. From 1 vote.
Please wait...
Aumente a assertividade no seu R&S!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Kit - Entrevista de Candidatos

MATERIAIS GRATUITOS:

Certificação em Recrutamento e Seleção

Apresentação Mensal com Indicadores de RH

CONFIRA + MATERIAIS GRATUITOS

Continue lendo:

Os 7 principais tipos de remuneração e como utilizá-los
Os 7 principais tipos de remuneração e como utilizá-los

Alguns dos principais tipos de remuneração, que nós abordamos ao longo do texto, são: Gratificação funcional; Participação acionária; Remuneração variável; Gratificação por habilidades; Premiações e comissões; Salário indireto e Participação  continue lendo »

Organograma funcional: o que é e como desenvolver
Organograma funcional: o que é e como desenvolver

O organograma funcional é uma figura que demonstra a organização dos colaboradores de uma empresa, indicando as responsabilidades e atividades de acordo com cada cargo. Como funciona este organograma, quais  continue lendo »

Psicologia Organizacional: tudo o que você precisa saber
Psicologia Organizacional: tudo o que você precisa saber

A psicologia organizacional é a vertente da psicologia responsável por desenvolver práticas estratégicas para negócios e empresas. Em um mercado cada vez mais disputado, as demandas de produção e lucro  continue lendo »

Tipos de organograma: entenda quais são e os diferentes perfis de cada uma
Tipos de organograma: entenda quais são e os diferentes perfis de cada uma

Existem diversos tipos de organograma, como o clássico, o horizontal e o vertical. Ele pode ser definido como uma representação visual da empresa, onde é possível visualizar e definir a  continue lendo »

Descubra 6 características da gestão por competências
Descubra 6 características da gestão por competências

Gerenciar pessoas na organização é um verdadeiro desafio. Os colaboradores têm suas qualidades e problemas, além de apresentarem conflitos entre si. Desenvolver uma estratégia que ajude a potencializar capacidades e  continue lendo »

Psicologia no RH: saiba como ela atua!
Psicologia no RH: saiba como ela atua!

A psicologia no RH atua principalmente para promover a qualidade de vida das pessoas no trabalho. Essa área de conhecimento é responsável por desenvolver ações estratégicas para organizações de todos  continue lendo »