Employer branding: como aplicar esse conceito?

26 de Maio de 2017
Kenoby

O employer branding é uma estratégia cada vez mais usada, especialmente por grandes companhias do mercado. Por meio dela, é possível atrair pessoas realmente talentosas para compor o quadro de funcionários e, então, formar times de alto desempenho.

É possível dizer que esse conceito traz uma união do RH com o departamento de marketing da companhia, objetivando otimizar a reputação da empresa como uma marca empregadora. Quer saber mais? Continue a leitura!

Mas antes disso, faça o download gratuito do Guia para Desenvolver a Marca Empregadora e mergulhe mais ainda nesse tema tão importante.

E-book: Manual para desenvolver a Marca Empregadora


 

O que é marca empregadora ou employer branding?

processo de recrutamento e seleção de pessoas nunca foi fácil, especialmente quando se deseja encontrar profissionais acima da média. Por isso, as companhias investem cada vez mais no conceito de employer branding, ou melhor, na construção de uma marca empregadora. Dessa forma, a companhia se torna um grande ímã de profissionais estratégicos, inovadores e proativos.

Existem outros benefícios que evidenciam a eficiência do employer branding. Com ele, a empresa economiza tempo e dinheiro no processo de contratação, além de otimizar uma série de outros indicadores-chave de desempenho. Esses e outros benefícios serão discutidos adiante.

Como impulsionar o employer branding?

Toda empresa possui uma imagem empregadora no mercado, seja ela forte ou fraca. Então, é importante saber como impulsionar essa marca, tornando-a mais atraente para os profissionais acima de média. Conheça o passo a passo adiante.

Conheça a cultura da sua empresa

A cultura é o conjunto dos hábitos, crenças e valores internos que norteiam a forma como os profissionais pensam e agem. Estabeleça o foco da sua cultura (clientes finais, funcionários, produtividade, inovação, aprendizado etc.) e compartilhe-a no processo seletivo. É uma excelente estratégia para atrair profissionais que possuam valores parecidos com o da sua empresa e aumentar a retenção deles.

Por meio da cultura, também será possível descobrir a forma com que a empresa utilizará a sua imagem para atrair os candidatos, se será mais formal, neutra ou descontraída.

Coloque os colaboradores como protagonistas

Pense nos seus atuais colaboradores como embaixadores da sua marca. Eles terão uma função muito relevante na hora de impulsionar sua marca empregadora. Incentive-os a serem protagonistas, crie e compartilhe conteúdo (vídeos, post etc.) falando sobre o crescimento desses profissionais e sobre como eles amam atuar em sua empresa.

Pense bem, se os próprios funcionários não amam a empresa e admiram seus líderes, como será possível atrair os melhores talentos do mercado? Então não meça esforços para transformar empregados em propagadores dessa mensagem.

Crie uma página de carreira

A página de carreiras é um local para centralizar as informações mais importantes sobre a empresa para os candidatos. Nela, é possível falar sobre a cultura organizacional, liderança pelo exemplo, inovação e intraempreendedorismo. Essa ferramenta funciona como uma vitrine para a marca empregadora do empreendimento.

Muitas empresas chamam sua página de carreiras de “trabalhe conosco”. Nesse local, os próprios talentos podem identificar as vagas em aberto, conhecer mais sobre empresa e sua cultura organizacional.

Uma boa página é um dos elementos mais importantes da estratégia, por isso, é essencial conhecer mais sobre o assunto.

Divulgue suas vagas em diversos canais

É importante ter um relacionamento com os candidatos pelos mais diversos canais, como as redes sociais e sites de contratação. Assim, sua empresa conseguirá resultados ainda mais consistentes na atração de talentos.

Mas é complexo gerenciar diversas contas ao mesmo tempo, por isso é indicado utilizar um sistema capaz de centralizar todas as contas em um único lugar.

Trate bem os candidatos no processo seletivo

Para que você possa engajar os talentos ao longo de todo o processo seletivo, é importante que você trate-os bem. Mantenha uma boa comunicação, um fluxo de feedbacks consistentes e elimine todas as dúvidas que surgirem ao longo do processo.

Veja, são dicas simples. Mas, ao aplicá-las, você conseguirá otimizar sua marca empregadora e atrair grandes profissionais para atuarem em sua companhia. Com isso, sua empresa conseguirá obter diversas vantagens.

Quais são os benefícios da marca empregadora?

Agora que você já sabe como projetar sua marca empregadora, quer saber os benefícios? Confira!

Atração de talentos

Em primeiro lugar, é preciso mencionar a atração de talentos — que, inclusive, é o objetivo central da estratégia. Com uma marca otimizada, é possível atrair os melhores profissionais e, por consequência, arquitetar times de alto desempenho.

Na atualidade, esse benefício é um grande diferencial. Sabe-se que, em nível mundial, 38% dos empregadores possuem dificuldades em encontrar mão de obra qualificada. Por isso, além de um bom sistema de recrutamento e seleção, é necessário contar com uma forte marca empregadora.

Retenção dos funcionários certos

Jack Welch, ex-CEO da General Eletric e autoridade mundial em gestão, costumava classificar seus funcionários entre aqueles que abraçavam os valores da empresa e/ou entregavam resultados, assim decidia quem ficava e quem saia.

Com uma boa estratégia de employer branding, é possível manter justamente os talentos que abraçam os valores da firma e entregam resultados. Logo, torna-se possível construir um empreendimento muito mais saudável e bem-sucedido.

Redução do custo de recrutamento

Assim como nas outras tarefas do RH, o recrutamento possui custos específicos e que reduzem a margem de lucro do negócio. Então, é preciso saber como reduzi-los estrategicamente, sem que prejudiquem o desempenho da firma.

Estima-se que uma boa estratégia de employer branding reduza em até 50% os custos de contratação, que podem ser realocados na integração ou em treinamentos do time. Assim, é possível agir de modo estratégico.

Aumento da produtividade diária

Na maioria das empresas, há uma grande parcela do expediente pouco aproveitada. De acordo com pesquisa da Microsoft com 38 mil profissionais, aproximadamente 17 horas semanais são completamente improdutivas.

O employer branding faz com que os funcionários se sintam mais envolvidos com a empresa, aumentando seu comprometimento e nível de entrega. Isso é resultado de uma série de táticas, como colocar os colaboradores como protagonistas, dica já discutida.

Transforma os empregados em promotores

Finalizando, é preciso destacar que o employer branding transforma os atuais empregados em verdadeiros promotores da marca ou, como muitos preferem chamar, embaixadores. Eles passam a, verdadeiramente, vestir a camisa da empresa.

Um funcionário promotor é aquele que fala bem da empresa para seus amigos e familiares, compartilha informações sobre o negócio nas redes sociais e, ainda, fala bem da sua liderança entre os amigos.

Como você pode observar, não é tão difícil construir uma marca empregadora, porém, é essencial o envolvimento de toda a alta administração da empresa. Todos os líderes, especialmente o CEO, devem se comprometer com o assunto. Os benefícios, como observado, são os mais diversos.

Agora que está por dentro do assunto e compreende o conceito de employer branding, aproveite para nos seguir nas redes sociais e ficar sempre por dentro das nossas novidades. Estamos no LinkedIn e Facebook!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Continue lendo:

Outplacement: entenda como funciona e os seus benefícios

O cuidado no tratamento com os funcionários não se limita apenas ao período em que ele está trabalhando para a empresa. Ter empatia e procurar orientar o profissional mesmo na  continue lendo »

Entenda o que é uma marca empregadora

O processo de promoção da imagem de uma empresa, em que a organização é tida como referência quando o assunto é um bom lugar para se trabalhar, é conhecido como  continue lendo »

Entrevistas presenciais: como melhorar a experiência do candidato?

As entrevistas presenciais são ferramentas valiosas para analisar o perfil dos candidatos e decidir se suas características se adequam tanto ao job description quanto ao perfil da equipe. No entanto,  continue lendo »

Como você prepara os seus candidatos para os processos seletivos?

Os processos seletivos de uma empresa são tarefas desafiadoras, não é mesmo? Além de haver um grande número de atividades e etapas a serem cumpridas, é importante que a corporação  continue lendo »

Por que sua empresa deve abrir vagas de estágio para idosos?

Em um passado recente, teríamos grande dificuldade para encontrar candidatos caso anunciássemos uma vaga de estágio para idosos, concorda? E isso aconteceria devido ao fato de esse perfil ser bastante  continue lendo »

Employer Branding no Recrutamento e Seleção: Veja o que você aprenderá sobre isso no 2º Kenoby Talks

Nos dias de hoje, muito se fala sobre Employer Branding (ou Marca Empregadora) e a importância que ela tem perante o negócio e o mercado em geral. Aproveitando a palestra  continue lendo »