Confira 7 erros do recrutamento e seleção nas empresas

26 de Maio de 2017
Kenoby

O recrutamento e seleção nas empresas pode representar um verdadeiro desafio para o setor de RH, sobretudo se a organização ainda estiver cometendo erros básicos que dificultam o andamento desse setor que é tão estratégico e fundamental para o sucesso da companhia.

Para ajudar a identificar tais erros e otimizar a maneira como a sua empresa busca candidatos, preparamos o post de hoje. Ficou curioso? Então continue a leitura e confira!

1. Não dar feedbacks aos candidatos

Não se preocupar em dar feedback aos candidatos depois da entrevista é um erro tão grave quanto recorrente. O problema é quando se mantém os candidatos desinformados, ou seja, sem saber se foram selecionados ou em qual fase do processo estão. Isso prejudica a imagem da empresa e reduz a possibilidade de contratações futuras, principalmente desse candidato, uma vez que o seu perfil possa vir a ser perfeito para uma vaga futura, por exemplo. Além disso, essa atitude afasta os melhores talentos, que estão cada vez mais exigentes em relação à cultura organizacional das empresas.

Que uma ajudinha com esse processo? Baixe gratuitamente os templates de e-mail para feedback de candidatos que preparamos pra você.

Templates para e-mails de Feedback


2. Ter um banco de talentos sem qualificação

Ter um software com banco de talentos, sem dúvida, facilita na hora da escolha. No entanto, saber somente informações pessoais, formação e experiência dos candidatos, muitas vezes, não é o bastante para se tomar uma decisão. Considere, portanto, realizar testes de primeira instância e, sobretudo, avaliar cada perfil por estrelas. Assim, a sua escolha será muito mais assertiva.

Qualificar os seus candidatos é fundamental para otimizar o processo que talvez seja o mais demorado do processo seletivo, a triagem. Uma vez que os candidatos estejam qualificados e caracterizados, encontrar os perfis ideias fica muito mais simples e rápido.

3. Ter uma página de carreiras mal elaborada.

A página de carreiras de sua empresa, muitas vezes, é o primeiro e único contato que o candidato terá ao se inscrever para a vaga. O poder desse fator é altíssimo e fundamental para o sucesso, ou não, de um processo seletivo. Se ela for muito simples, pouco explicativa ou mal elaborada, pode afastar ao invés de atrair bons candidatos, pois passa uma imagem fraca sobre a marca empregadora da empresa.

4. Divulgar as vagas em aberto de forma incorreta

Outro erro muito comum durante o processo de recrutamento e seleção nas empresas diz respeito à divulgação das vagas em aberto. É importante pesquisar e escolher os melhores e mais eficientes canais de divulgação, além de utilizar um banco de talentos e explorar as redes sociais da empresa.

Além disso, é importante dar atenção especial ao job description. Seja honesto em relação às funções do cargo e às características básicas exigidas. Afinal, uma descrição bem feita atrairá as pessoas certas.

Mas lembre-se, toda essa comunicação deve seguir a linguagem e cultura da sua empresa. Além disso, pense nos perfis dos candidatos que você busca para cada vaga e se você está nos canais que atingem eles.

5. Não aplicar testes de triagem

Este tópico tem muita ligação com o de número 2. A qualificação dos candidatos é fundamental para uma triagem eficiente e inteligente. Existem diversos tipos de teste, porém, os que mais se destacam são o comportamental, o técnico e o de fit cultural, que deve ser feito analisando o perfil de cada vaga e não da companhia como um todo, falamos mais sobre isso neste post.

Para gerenciar os seus candidatos utilize a busca booleana, que nada mais é que a pesquisa por palavras-chave que se faz no software de recrutamento e que direciona os resultados obtidos. Os buscadores adicionam implicitamente os termos AND OR, NOT e as aspas entre as palavras de forma aleatória. Sabendo disso, você mesmo pode utilizar esses termos a favor da busca de candidatos.

Você também pode buscar no LinkedIn, por exemplo (“analista de software” OR “analista de sistemas”), para poupar tempo de hunting e trazer os resultados de que precisa com mais eficiência.

6. Ter uma cultura organizacional pouco clara e definida

Ter uma cultura organizacional mal definida é uma falha que certamente afeta a maneira como os outros olham para a sua empresa. Afinal, cada pessoa tem suas ideias, interesses e ideais, e uma empresa que não demonstra ter uma posição no mercado em relação a esses aspectos não inspira uma gestão humanizada nem confiança.

Por isso, elabore detalhadamente e divulgue a cultura organizacional da empresa. Um ótimo canal para isso são os seus próprios colaboradores. Engaje-os de forma que se transformem em embaixadores da marca e influenciadores às respectivas redes profissionais. Assim, as chances de atrair candidatos que compartilhem das mesmas ideias são bem maiores.

7. Extrair relatórios de forma manual

Esse é um erro que se reflete na gestão de tempo e na assertividade na hora da escolha dos candidatos. Procure automatizar processos burocráticos, como a realização dos relatórios, por exemplo, e tenha todas as informações necessárias digitalmente, eliminando o risco de perder, ou se confundir, em uma montanha de papéis em sua mesa.

Como se percebe, é possível realizar um processo de recrutamento e seleção nas empresas de modo bem assertivo, bastando atentar para os erros e tentar melhorar sempre.

Além disso, dê atenção e analise cada número relacionado ao seu setor. O RH estratégico é cada vez mais voltado à análise e tomadas de decisão baseadas em estatísticas, visando a mitigação de riscos. Não fique para trás e, se você ainda não faz isso, comece já!

Aproveite para baixar o nosso modelo para apresentação de indicadores de RH.

Apresentação Mensal de Indicadores de RH


E você, cometia algum dos erros apontados durante o processo de recrutamento? Estas dicas ajudaram? Não deixe de assinar a nossa newsletter para obter as melhores dicas sobre recrutamento em primeira mão!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Continue lendo:

Recrutamento e Seleção: Um dos pilares do RH estratégico

O que é Recrutamento e Seleção? De forma resumida, Recrutamento e Seleção é uma das áreas  do departamento de Recursos Humanos, responsável pela atração e alocação dos candidatos nas vagas  continue lendo »

Headhunter: saiba o momento certo de contratar esse profissional

As maiores preocupações do RH estratégico são a seleção e o recrutamento de profissionais. Fazer uma boa escolha dos próximos funcionários da empresa garante competitividade, saúde financeira e um bom ambiente de  continue lendo »

Games no recrutamento: como funciona e qual a sua importância?

Utilizar games no recrutamento é uma tendência cada vez mais forte que consiste no uso de mecânicas e práticas de jogos em ambientes corporativos. Tais jogos vão de avaliações de  continue lendo »

2º Kenoby Talks: como os expositores contribuirão para o seu recrutamento

A edição deste ano contará com 6 parceiros, que marcarão presença nos estandes do evento, trazendo muitas novidades e oportunidades de negócios. Muito além de apenas um evento de Recrutamento  continue lendo »

Inteligência Artificial no Recrutamento e Seleção: Como esse assunto será abordado no 2º Kenoby Talks?

Sempre muito presentes nas tramas de ficção científica, a Inteligência Artificial passa a garantir cada vez mais o seu espaço nas discussões e, até mesmo, na vivência de grande parte  continue lendo »

Confira os 10 perfis de TI mais procurados

A revolução causada pelas novas tecnologias, em especial nos últimos cinco anos, catapultou os profissionais das áreas de desenvolvimento e software a um outro patamar e, ao mesmo tempo, deixou  continue lendo »