Gestão de pessoas: saiba como fazer e mensure os seus resultados

11 de julho de 2019
Kenoby

A gestão de pessoas é um conjunto de habilidades, técnicas e métodos que visam potencializar o capital humano, além de administrar e potencializar seus recursos dentro das empresas.

Não é nenhuma novidade que gerenciar bem os recursos humanos produz uma série de benefícios ao negócio. Isso permite, por exemplo, que a empresa seja mais competitiva e tenha resultados superiores no mercado.

Quer aproveitar o nosso conteúdo de um jeito novo? Dê o play e ouça o nosso post sobre gestão de pessoas!

Mas, afinal, o que é gestão de pessoas?

Em resumo, a gestão de pessoas é a liderança dos colaboradores, os direcionando, estimulando e capacitando para que atuem com eficiência no dia a dia. O assunto não é de responsabilidade única do RH, mas de toda a liderança da organização — ou seja, cada líder tem o dever de conduzir seus colaboradores fazendo a gestão na prática.

No entanto, se comparado há alguns anos, o conceito do que é gestão de pessoas mudou muito. Por esse motivo, vamos listar sete dicas para você ter sucesso na atividade. Continue a leitura!

Ter uma boa gestão de pessoas é, também, uma forma de trabalhar o seu employer branding. Baixe o nosso e-book sobre como criar uma marca empregadora e saiba mais!

Gestão de pessoas x feedbacks

Desde muito cedo, mesmo sem perceber, quase todos dão e recebem feedbacks — seja dos pais, professores ou amigos da faculdade. Na empresa, porém, o tema fica um pouco mais complexo e, por vezes, é deixado em segundo plano, sem muita atenção.

Muitos líderes têm medo de oferecer um retorno para seus funcionários e serem mal vistos ou, pior, criar inimizade com algum deles. Outros, não sabem bem como o processo funciona e também não têm interesse de aprender, então deixam de lado.

Deixar de dar feedback, isto é, de retroalimentar os talentos com informações valiosas sobre suas atitudes diárias, é um risco aos colaboradores e à empresa, pois ambos deixam de crescer. Portanto, o retorno a respeito das tarefas é essencial à gestão de pessoas.

Gestão de pessoas e performance

Algumas tarefas dependem do empenho individual. Em uma pequena empresa, por exemplo, basta um faturista para emitir notas fiscais e entregá-las aos clientes. Mas, conforme os desafios evoluem, torna-se necessário que ocorra a mesma evolução da gestão de pessoas.

Para fazer a gestão de pessoas, é preciso recrutar e selecionar as pessoas certas além de integrá-las em boas equipes de trabalho. Para tal fim, o profissional de RH deve ter uma boa estratégia de atração, seleção e retenção de talentos.

Mas que fique claro: grupos e equipes são diferentes. O grupo é um coletivo humano, várias pessoas em um mesmo lugar. A equipe de alta performance envolve propósito, confiança e habilidades complementares, assim como uma liderança exemplar.

Motive grandes resultados

As pessoas trabalham com maior empenho e qualidade quando estão motivadas, logo, geram mais vantagens à empresa. Sabendo disso, é quase uma obrigação de quem pratica gestão de pessoas compreender (e aplicar) o mínimo sobre motivação humana.

No livro Com gente é diferente, Eugenio Mussak disse “o que as pessoas necessitam e desejam é o que forma a rampa de lançamento de suas motivações”. Ou seja, o RH deve conhecer a fundo os profissionais para, a partir daí, criar os estímulos certos.

Mais do que nunca, há várias estratégias para entusiasmar os profissionais e as equipes atualmente. Por exemplo, pode-se iniciar uma sólida campanha de marketing interno, oferecer bonificações financeiras ou até viagens de incentivo aos colaboradores.

Previna a insatisfação no trabalho

A insatisfação é um sentimento profundo e perigoso, resultante de várias decepções. Os profissionais ficam insatisfeitos com a liderança ineficaz, com a falta de qualidade ou transparência do ambiente de trabalho, entre outros pontos fracos do negócio.

O problema é que, com a insatisfação, vem uma série de outras adversidades, como o aumento da rotatividade, a redução da produtividade e o crescimento do absenteísmo (faltas e atrasos). Juntos, esses problemas geram graves prejuízos à organização.

Em razão disso, a gestão de pessoas deve prevenir qualquer grau de insatisfação. Os profissionais devem se sentir valorizados e seguros além de respeitados por seus superiores imediatos. Vale, também, investir na melhoria do clima organizacional.

Modernize os processos de recursos humanos

Existe uma série de processos cruciais às rotinas de gestão do capital humano, por exemplo, o recrutamento e a seleção de talentos. Para fazer uma boa gestão de pessoas, é indispensável modernizá-los e apostar no que há de mais moderno em tecnologia.

Muitos gestores ainda não se deram conta, mas está ocorrendo uma transformação digital. Mesmo processos mais tradicionais (como a gestão de benefícios) estão sendo modernizados e digitalizados, permitindo o controle por meio de plataformas online.

Outras tecnologias permitem que algumas atividades sejam automatizadas, realizadas com pouca ou nenhuma interferência humana. Softwares de recrutamento já são capazes de fazer a triagem dos melhores candidatos com base nas competências.

Busque por profissionais talentosos

A empresa é a soma dos seus profissionais. Por consequência, se há gente talentosa e bem liderada, o mais provável é que os resultados sejam espetaculares. Do diretor até o operário, todos podem atuar acima da média e construir um negócio bem-sucedido.

No entanto, essa realidade depende diretamente da atração e contratação de talentos. A gestão de pessoas deve ser eficaz o suficiente para garantir que os melhores façam parte da empresa e continuem nela, com motivação, pelo maior tempo possível.

Para que isso ocorra, muitos profissionais de RH já investem em ações de marketing com foco no público interno. Algumas empresas criam uma marca empregadora para chamar a atenção de quem é realmente bom e estimulá-lo no processo seletivo.

Indicadores da gestão de pessoas

A atual gestão de pessoas assume uma enorme responsabilidade, sendo vital para o sucesso das equipes e dos negócios. Portanto, precisa agir com o máximo de certeza (isto é, sem “achismo”), baseando suas escolhas em dados e informações verídicas.

O mais recomendado é contar com um conjunto de indicadores-chave de desempenho diretamente ligados ao RH. Nesse caso, saber o percentual de assiduidade, turnover, produtividade dos times e satisfação faz toda a diferença. Permite uma gestão lúcida.

Portanto, mensure os resultados alcançados no último mês ou semestre, verifique se estão de acordo com o desejado e como podem melhorar. Depois, transforme os indicadores em metas para o futuro, encorajando toda a equipe de talentos a alcançá-las.

Ao entender o que é gestão de pessoas, você pôde observar que existem várias práticas para realizá-la bem e garantir que os profissionais sejam liderados com alta qualidade. No fim das contas, todo o negócio é beneficiado, ganhando em imagem, eficiência e produtividade.

Uma atividade muito importante para o RH é a avaliação dos profissionais. Para deixar você por dentro dela, separamos um artigo completo. Veja como realizar uma avaliação 180 graus na gestão de pessoas. Vamos lá!

Rating: 5.0/5. From 2 votes.
Please wait...
Aumente a assertividade no seu R&S!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Kit - Entrevista de Candidatos

MATERIAIS GRATUITOS:

Certificação em Recrutamento e Seleção

Apresentação Mensal com Indicadores de RH

CONFIRA + MATERIAIS GRATUITOS

Continue lendo:

Treinamento e desenvolvimento: Tire suas dúvidas sobre esse tema
Treinamento e desenvolvimento: Tire suas dúvidas sobre esse tema

O treinamento e desenvolvimento é uma das atividades mais importantes nos processos de recrutamento de profissionais nas empresas. Essa etapa é considerada fundamental para garantir o aprimoramento dos colaboradores, bem como a  continue lendo »

Absenteísmo: como solucionar este grande problema?
Absenteísmo: como solucionar este grande problema?

Absenteísmo é o nome dado à prática de se abster do trabalho, ou melhor, estar afastado das atividades diárias. As causas para isso são diversas, incluindo faltas por doenças ou  continue lendo »

Teste palográfico: entenda o que é e por que utilizá-lo
Teste palográfico: entenda o que é e por que utilizá-lo

Na hora de contratar um novo profissional, é importante ir além das competências técnicas. Isso significa que é essencial contar também com ferramentas validadas e eficientes para avaliar traços individuais  continue lendo »

Modelos de gestão por competências: conheça os 3 principais tipos
Modelos de gestão por competências: conheça os 3 principais tipos

Empresas bem-sucedidas entendem a relevância da gestão por competências para um melhor aproveitamento do capital humano e resultados mais satisfatórios. Entretanto, é importante ir além desse reconhecimento, compreendendo os modelos  continue lendo »

Afinal, como fazer gestão por competências na empresa?
Afinal, como fazer gestão por competências na empresa?

Há muitas maneiras de fazer gestão de pessoas. Você pode contratar alguém por afinidade ou indicação de um amigo, por exemplo, o que não é uma boa ideia. Outra possibilidade  continue lendo »

7 Cuidados para potencializar a sua gestão de pessoas
7 Cuidados para potencializar a sua gestão de pessoas

A correta gestão de pessoas é uma atividade-chave para o crescimento de um negócio no mercado. Isso porque uma boa administração garante funcionários mais alinhados, produtivos e comprometidos com os resultados  continue lendo »