Guia prático: como fazer pesquisas no Linkedin como um profissional (Parte 2)

28 de outubro de 2015
Eduarto Miyamoto

Em nosso último post, abordamos como podemos utilizar a pesquisa avançada do Linkedin para alcançar mais potenciais candidatos para sua vaga. Neste post, vamos continuar com o exemplo da busca por um Gerente Financeiro com experiência em gestão e SAP.

No último post tínhamos utilizado a versão gratuita do Linkedin e neste usaremos a versão paga. Que nos dará um alcance bem maior de pesquisa. Baixe também nossa planilha para fazer buscas booleanas mais rapidamente.

Caso você não tenha lido nosso último post, veja como fazer pesquisa booleana no Linkedin.

Recapitulando

 

No último post visitamos alguns perfis para refinar nossa busca. Nossa pesquisa havia ficado assim:

Palavras-chave: (“Finanças” OR “Financeiro” OR “Financeira” OR “Contas a pagar” OR “Contas a receber”) AND ((“SAP”) AND NOT (“consultor em SAP” OR “consultora em SAP” OR “consultor de SAP” OR “consultora de SAP” OR “Consultor funcional” OR “consultora funcional” OR “consultor SAP” OR “consultora SAP”))

Cargo: (“Coord.” OR “Coordenador” OR “Coordenadora” OR “Gerente” OR “Ger.” OR “Gestor” OR “Gestora”)

Agora vamos refinar ainda mais a busca. Na versão gratuita, nossa busca havia gerado 52 resultados. Com o Linkedin Recruiter, a mesma pesquisa retornou 43.639 resultados. Isso significa que conseguimos aprofundar para alcançar nosso candidato perfeito. Apenas para lembrarmos, este é nosso candidato ideal:

definição-pesquisa-linkedin

Novos parâmetros

Com o Recruiter, podemos ser mais rígidos com nossos parâmetros de pesquisa. Afinal, estamos buscando em todos os perfis do Brasil e não somente a nossa rede de relacionamentos.  Assim, vamos reformular nossa pesquisa para:

  • Buscar apenas gerentes, excluindo coordenadores.
  • Buscar gerentes que estejam atualmente em um cargo de gerência em finanças ou afins e não mais com experiência em finanças e/ou gestão.
  • Estar em empresas maiores que 5 mil colaboradores
  • Sejam do setor de mineração e metais

 

Desse modo, nossa pesquisa ficou desta forma:
resultado-pesquisa-linkedin

Com estes filtros, obtivemos o resultado de 13 potenciais currículos. Vamos utilizar técnicas de encontrar de forma implícita as competências que encontramos.

Aprofundando a pesquisa no Linkedin com busca implícita

 

A busca implícita significa buscar uma competência de forma não direta, usando alguns recursos como formação acadêmica, grupo ou empresa. Vamos aqui abordar como achar candidatos por meio de empresas e grupos.

Busca por empresas

Olhando os perfis do nosso primeiro resultado, conseguimos chegar a conclusão de que a Vale trabalha com SAP, pois alguns usuários colocavam a implementação de SAP como experiência. Mais quais outras empresas também trabalham com este ERP? Para uma pesquisa mais ampla, vamos buscar por SAP dentro de mineração. Veja o que encontramos:

pesquisa-implícita-linkedin

 

Ou seja, descobrimos outras 5 empresas na área de mineração que trabalham com SAP. Deste modo, ainda que o usuário não tenha SAP em seu currículo, conseguimos afirmar que muito provavelmente possui a competência devido a seu empregador.

Pesquisa por grupos

Uma segunda forma de captar currículos é por meio dos grupos dentro do Linkedin. Na versão Recruiter permite que você realize pesquisas por usuários que estejam dentro de um grupo que você é membro. Vamos então buscar por grupos relativos a SAP e finanças.

linkedin-grupos

 

SAP FI/CO Brasil é um ótimo grupo, pois é dedicado a profissionais que atuam em empresas que usam SAP e não são consultores. Entrando nele, poderemos encontrar profissionais que provavelmente trabalham com SAP, mesmo não estando nas empresas que levantamos anteriormente.

 

Priorizando o contato

 

Depois de deixarmos nossa pesquisa o mais abrangente possível, precisamos priorizar os perfis para visualizarmos e abordarmos. Como regra geral comece dos perfis mais adequados e por fim os menos adequados para sua vaga. No nosso caso, vamos abordar em três grupos, sendo o grupo 1 o mais relevante para nós.

Graficamente, nossa estratégia de abordagem ficaria assim.

 

priorização-perfis-linkedin

 

Como segmentar usando pesquisas do Linkedin? Vamos fazer o passo a passo.

 

Busca_no_Linkedin.png

 

O primeiro truque e conseguir os nomes das principais empresas de mineração do Brasil. Para isso podemos combinar a pesquisa avançada com a pesquisa booleana. O Linkedin já revela as 10 empresas com maior número de perfis em seus resultados.

Deste modo, buscando perfis com empresas do setor de Mineração e metais e empresas com mais de 5 mil colaboradores, temos o seguinte resultado:

linkedin-empresas-1

Agora, podemos fazer a mesma pesquisa, porém negativando as empresas acima. Com isso, iremos conseguir as próximas 10 empresas de mineração maiores que 5 mil colaboradores. O resultado seguinte é:

linkedin-empresas-2

Conseguindo os nomes das empresas, podemos pesquisar os grupos de perfis, de modo a ter uma pesquisa focada do grupo mais relevante ao menos. Os códigos de busca para o grupo 1, por exemplo, ficaria assim:

G1: (“Finanças” OR “Financeiro” OR “Financeira” OR “Contas a pagar” OR “Contas a receber”) AND ((“SAP” OR “Votorantim” OR “Gerdau” OR “Vale” OR “Usiminas” OR “BHP Billiton” OR “Anglogold Ashanti”) AND NOT (“consultor em SAP” OR “consultora em SAP” OR “consultor de SAP” OR “consultora de SAP” OR “Consultor funcional” OR “consultora funcional” OR “consultor SAP” OR “consultora SAP”)) AND (“”Votorantim” OR “Gerdau” OR “Vale” OR “Usiminas” OR “BHP Billiton” OR “Anglogold Ashanti” OR “Companhia Siderúrgica Nacional” OR “Arcelormittal” OR “Anglo American” OR “Yamana Gold” OR “Alcoa” OR “Novelis” OR “Kinross Gold” OR “Magnesita” OR “Imerys”)  AND  (“Gerente” OR “Ger.” OR “Gestor” OR “Gestora”)

Observe que cada cor no texto de busca representa um grupo de perfis delimitados em nossa figura de conjuntos. Para este passo e a elaboração dos textos de busca, pode pode utilizar esta planilha, que lhe traz todas as combinações possíveis.

Conclusão

Para aproveitar ao máximo o que a pesquisa booleana do Linkedin consegue lhe oferecer, você precisa desenvolver uma estratégia de abordagem, utilizando-se de pesquisas implícitas e técnicas de priorização de perfis. Tome um tempo para compreender o funcionamento da pesquisa booleana, assim como técnicas avançadas de pesquisas, ele certamente será um tempo bem gasto.

 

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Continue lendo:

Guia prático: como fazer pesquisas no Linkedin como um profissional (Parte 1)

Buscar candidatos passivos é uma tarefa importante dentro de recrutamento e seleção. O Linkedin como principal rede social profissional é uma ótima fonte de informação para encontrar os candidatos perfeitos.  continue lendo »

Como utilizar a Pesquisa Booleana para encontrar profissionais no LinkedIn

Em alguns casos, a divulgação comum das vagas em aberto não é suficiente para atrair os melhores candidatos para a posição. Por isso, existem estratégias que visam facilitar a busca  continue lendo »

Busca Booleana: inteligência na utilização das ferramentas de pesquisa

Em 2013 foi calculado que no Google são feitas mais de 450 milhões de buscas inéditas diárias. Por isso, fazer uma pesquisa sem utilizar métodos “avançados” nos leva a resultados  continue lendo »