Importância do capital humano: conheça e aprenda a medir

25 de fevereiro de 2019
Kenoby

A importância do capital humano nas empresas vem ganhando cada vez mais destaque no cenário da Gestão de Pessoas e Recursos Humanos dentro das organizações.

Isso, porque, máquinas e equipamentos não são capazes de conduzir empresas e alcançar diferenciais competitivos. Elas precisam de pessoas para isso.

É por meio delas que o uso da tecnologia, o posicionamento da marca e o relacionamento com todos os stakeholders são feitos.

Estar ciente dessa realidade é fundamental para garantir os diferenciais competitivos de um negócio. Neste post você vai aprender qual a importância do capital humano nas empresas e como medi-lo. Acompanhe!

Aproveite para baixar o nosso guia completo para a atração de talentos!

O que é capital humano e qual a sua importância para uma organização?

As pessoas e seus conhecimentos, habilidades e experiências constituem o capital humano das organizações, assim como a cultura, os valores, a filosofia da empresa e outros ativos.

Em mercados cada vez mais competitivos, os gestores já perceberam que o principal diferencial de uma organização estará pautado nas estratégias de captar, reter, desenvolver e aproveitar toda a potencialidade das pessoas.

Assim, a gestão do recurso humano transita pelo levantamento do potencial dos profissionais, pelo desenvolvimento das habilidades e pela capacitação necessária.

Esses aspectos, portanto, são o fator determinante do futuro da organização. Se as companhias, independentemente do tamanho, ignorarem a importância da gestão de pessoas, estarão fadadas ao fracasso a longo prazo, pois não terão condições de alcançar os resultados esperados, perdendo espaço para a concorrência.

Quais são os benefícios da gestão de capital humano para as empresas?

O maior ativo das organizações é administrado pelo setor de Gestão de Pessoas, que cuida de processos como o treinamento e desenvolvimento, gestão por competências, avaliações, além da captação e retenção desses profissionais.

Assim, a Gestão de Pessoas com foco no capital humano traz vários benefícios para as empresas, entre eles:

  • melhoria da qualidade e produtividade das equipes;
  • progresso e retenção de talentos;
  • equilíbrio entre as expectativas dos profissionais e da empresa;
  • desenvolvimento de novos líderes;
  • elevação do comprometimento para alcançar os objetivos empresariais;
  • aumento dos fatores motivacionais e desempenho das pessoas;
  • otimização no clima organizacional e qualidade das relações de trabalho;
  • profissionalização dos processos de mudança e gestão organizacional.

Agora que você já sabe quais os benefícios da Gestão de Pessoas, confira como mensurá-los.

Como medir e gerenciar o capital humano nas empresas?

Mensurar as potencialidades do capital humano nas organizações é importante para criar estratégias e maximizar o desempenho individual e coletivo dos colaboradores, e, com isso, eleva-se a performance de toda a empresa.

Veja a seguir indicadores para medir o desempenho do capital humano nas organizações.

Absenteísmo

Quando um profissional falta ao trabalho, isso acarreta um impacto direto no andamento dos processos da empresa. Assim, é necessário compreender quais os motivos que levam o colaborador a se ausentar frequentemente de suas atividades.

Ao criar um indicador de absenteísmo, será possível entender se existe uma razão recorrente que leve a faltas e atrasos. Após identificar quais é ela, você pode criar estratégias para melhorar o interesse dos colaboradores pelas suas funções. O tipo de ação para remediar os problemas apresentados dependerá diretamente do resultado da análise.

Competências

O indicador de competências aponta talentos, aspectos relacionados às habilidades técnicas, emocionais e perfis de liderança.

Quando a empresa contrata um colaborador, ele já passou por todas as avaliações que apontam que ele está habilitado para exercer as funções de um determinado cargo.

No entanto, as suas competências é que vão definir, no dia a dia, qual será seu caminho dentro da organização.

O profissional cumpre suas funções com isenção e de forma correta? Possui bom relacionamento com superiores e colegas? Evidencia outros talentos que permitirão o desenvolvimento do seu plano de carreira?

Essas respostas são importantes para colocar a pessoa certa na atividade mais alinhada com o seu perfil profissional. É uma tarefa que otimiza os resultados e reduz a rotatividade e os custos da folha de pagamento.

Desempenho

Para avaliar o desempenho do capital humano nas empresas, é necessário pensar em pessoas e em times. A soma dos esforços individuais e em equipe é que determina os resultados de cada área.

Cumprimento de prazos, assiduidade, finalização de projetos e impactos financeiros são alguns indicadores pelos quais pode ser aferida a efetividade do capital humano nas empresas.

Com esse fator, é possível identificar os profissionais que mais se destacam e aqueles que precisam de novos treinamentos.

Mas é preciso cuidado para não gerar conflitos. Esses pontos e suas respectivas análises não têm como objetivo identificar bons e maus profissionais, mas reconhecer que alguns estão em um desenvolvimento mais avançado e outros ainda necessitam de um acompanhamento próximo.

Rotatividade

O turnover é um sinal de alerta para qualquer organização. Isso, porque, o entra e sai de colaboradores reflete de forma direta no atendimento aos stakeholders de uma companhia.

Para neutralizar esse que é um grande mal para as empresas, é preciso identificar o grau de rotatividade dos funcionários e verificar quais as causas que levam ao desligamento.

Qual a rotina de trabalho? O salário está compatível com o mercado, será que o cargo não é tão atrativo assim? Existem questões negativas na gestão interna?

Todas essas questões devem ser analisadas. Para tanto, é importante aplicar a entrevista demissional para avaliar esses indicadores.

Headcount

Vale analisar se a quantidade de funcionários aumentou ou diminuiu dentro da organização, por que isso aconteceu e em qual espaço de tempo.

Em caso de queda do número de capital humano nas equipes, é importante reconhecer quais são os motivos dessa mudança. Ao contrário também vale verificar, pois pode evidenciar um bom desempenho e excelentes perspectivas futuras para a companhia.

Esses índices de administração do capital humano contribuem para o profissional de Gestão de Pessoas analisar os resultados gerais da empresa. Com indicadores, fica mais fácil entender qual a importância do capital humano nas empresas, o que pode ser melhorado e também ter uma visão mais clara do futuro da companhia.

Se você gostou deste post sobre a importância do capital humano, siga-nos no Facebook e LinkedIn para acompanhar mais conteúdos como este!

No votes yet.
Please wait...
Aumente a assertividade no seu R&S!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Kit - Entrevista de Candidatos

MATERIAIS GRATUITOS:

Certificação em Recrutamento e Seleção

Apresentação Mensal com Indicadores de RH

CONFIRA + MATERIAIS GRATUITOS

Continue lendo:

Descubra 6 características da gestão por competências
Descubra 6 características da gestão por competências

Gerenciar pessoas na organização é um verdadeiro desafio. Os colaboradores têm suas qualidades e problemas, além de apresentarem conflitos entre si. Desenvolver uma estratégia que ajude a potencializar capacidades e  continue lendo »

Psicologia no RH: saiba como ela atua!
Psicologia no RH: saiba como ela atua!

A psicologia no RH atua principalmente para promover a qualidade de vida das pessoas no trabalho. Essa área de conhecimento é responsável por desenvolver ações estratégicas para organizações de todos  continue lendo »

RH e departamento pessoal: entenda de vez a diferença
RH e departamento pessoal: entenda de vez a diferença

Ainda é muito comum haver nas empresas profissionais, líderes e clientes que não compreendem a diferença entre os setores de RH e Departamento Pessoal. Essa dúvida é muito pertinente, pois  continue lendo »

Entenda 5 mitos da gestão de recursos humanos
Entenda 5 mitos da gestão de recursos humanos

A gestão de recursos humanos conquista um espaço cada vez maior, graças ao reconhecimento da sua importância para o crescimento da empresa. Ela dá aos líderes uma visão mais clara  continue lendo »

Dia do trabalho: História, Recrutamento e Recursos Humanos
Dia do trabalho: História, Recrutamento e Recursos Humanos

No dia 1º de maio é comemorado o dia mundial do trabalho, também conhecido como dia do trabalhador. No Brasil, a data é feriado, assim como diversas outras, como Tiradentes,  continue lendo »

Descubra o que é o departamento pessoal e quais as suas funções
Descubra o que é o departamento pessoal e quais as suas funções

O que é departamento pessoal (DP) é a resposta que todo profissional da área deve ter na ponta da língua. Afinal, as rotinas do setor contemplam atividades de extrema relevância para  continue lendo »