Indicadores de desempenho de RH: conheça os benefícios

29 de julho de 2019
Kenoby

Toda organização é um organismo complexo. Há uma série de coisas acontecendo ao mesmo tempo e é preciso extrair ótimos resultados dos mínimos recursos. Nesse caso, contar com os benefícios dos indicadores de desempenho é uma ótima estratégia.

Pense nos indicadores como uma bússola. Eles ajudam a diagnosticar o estado atual do negócio e apontam o melhor caminho a seguir, garantindo que o gestor de pessoas faça escolhas melhores. Logo, todo o departamento de RH é beneficiado.

Quer descobrir mais sobre o tema e entender os benefícios dos indicadores de desempenho no RH? Então, continue a leitura do artigo que elaboramos para você!

Facilita o diagnóstico dos resultados atuais

A liderança correta dos profissionais não pode estar descolada da realidade. É preciso entender o que de fato acontece ao longo do expediente, depois agir para corrigir e/ou padronizar determinados resultados. Assim, o sucesso na gestão pode ser maior.

Os indicadores são essenciais nesse sentido. Eles permitem que o gestor faça um diagnóstico dos pontos fortes e fracos do negócio à luz de dados volumosos e verídicos. Por consequência, torna-se muito mais fácil encontrar os erros e acertos.

Ao mensurar o nível de produtividade do time, por exemplo, o líder pode avaliar se a performance dos funcionários condiz com o esperado e se os recursos atuais são bem utilizados. Em seguida, ele é capaz de promover melhorias pontuais que levem até a alta performance.

Antes de continuar, aproveite e garanta a sua matrícula no nosso certificado de Recrutamento e Seleção!

Permite a inclusão de mecanismos de melhoria

As empresas e seus departamentos contam com muitos objetivos, como atrair mais clientes, gerar retorno aos investidores e atrair profissionais talentosos. No entanto, o maior dos objetivos é um só: melhorar sempre. O progresso deve ser uma prioridade.

O mecanismo de melhoria começa com o diagnóstico dos atuais resultados. É preciso entender o que acontece dentro da empresa, na gestão de pessoas, para depois traçar objetivos e uma estratégia coesa. Do contrário, o resultado será insatisfatório.

Melhorar sem indicadores que informam o que está certo ou errado é como navegar sem uma bússola, há muitos perigos e o gestor pode ficar “encalhado” no meio do percurso. Desse modo, pode ser ainda mais difícil alcançar os resultados desejados.

Portanto, para fazer o mecanismo de melhoria funcionar, comece pela busca dos resultados atuais da empresa e identifique quais podem/devem ser melhorados. Esse processo deve ser repetido de maneira ininterrupta, buscando melhorias constantes.

Possibilita a criação de metas realistas e desafiadoras

Boas metas ajudam a alinhar os talentos e desafiar o status quo. Quando descoladas da realidade, se tornam impossíveis de alcançar. Entretanto, quando subvalorizadas, acabam deixando a desejar e não ajudam a obter sucesso no negócio.

Nesse sentido, é preciso haver certo equilíbrio entre o desafio e a realidade. Isso só pode ser alcançado ao conhecer profundamente os resultados atuais, isto é, com bons indicadores em mãos. Se o gestor sabe o que ocorre hoje, pode projetar o futuro.

Além disso, os indicadores ajudam a criar metas mensuráveis. Oferecem uma base numérica para que fique fácil interpretar e perseguir resultados, por exemplo, reduzir em 10% a rotatividade ou treinar 100% da equipe de trabalho. Logo, todos ganham.

Otimiza a tomada de decisões acertadas

Alguns estudos indicam que um adulto comum toma cerca de 35 mil decisões por dia. Muitas são dentro da empresa e, para os gestores, estão ligadas à gestão de pessoas, como contratar (recrutamento e seleção), demitir, promover ou treinar alguém. Por isso, são importantíssimas.

O problema é que a maioria das decisões são tomadas às cegas. Os gestores não sabem exatamente o que ocorre no trabalho, por isso contam só com a intuição para decidir. Isso prejudica os profissionais, mitiga os resultados e cria um forte senso de injustiça.

Com bons indicadores, é possível ter uma visão mais profunda e acertada da empresa, o que resulta em boas escolhas. Ao entender quais são os empregados mais assíduos e produtivos, por exemplo, você poderá promovê-los ou premiá-los de forma adequada.

Desenvolve uma cultura de alta produtividade

A cultura organizacional é um dos elementos mais importantes no mundo dos negócios. Ela determina o que é prioridade dentro das empresas e influencia a forma como os profissionais pensam, agem e reagem ao longo do expediente de trabalho.

Há algumas culturas do tipo “ganha quem grita mais alto” ou “manda quem pode, obedece quem tem juízo”, que reduzem a criatividade e produtividade dos times. Uma cultura de baixa qualidade é um grande risco e leva as organizações ao fracasso.

A obsessão por monitorar os indicadores de desempenho também pode criar uma cultura empresarial. Ao focar mais tempo e energia no controle dos resultados, todos os talentos podem entender que isso é importante e atuar com alta performance.

Essa é uma enorme vantagem para a empresa, mas deve ser bem administrada. Para tal fim, aproveite para informar aos empregados que os indicadores são cruciais, que eles estão sendo avaliados de maneira justa e que todos devem entregar ótimos resultados.

Promove certa vantagem competitiva

Como você pôde observar, há muitas vantagens de primeira ordem ao monitorar os indicadores, como criar uma cultura de alta produtividade e melhorar continuamente. Em segunda ordem, esses fatores otimizam a competitividade do RH e da empresa.

Isso é crucial. Em um oceano vermelho e repleto de concorrentes, em que os clientes e os profissionais talentosos são altamente disputados, é preciso fazer mais, melhor e com maior agilidade. Portanto, só empresas competitivas sobrevivem no longo prazo.

Acompanhar os indicadores significa conhecer melhor os pontos fortes e fracos da gestão de pessoas e ter uma visão realista do que pode, ou não, ser feito. Isso resulta no melhor aproveitamento das oportunidades do mercado, bem como no sucesso.

Enfim, todos esses benefícios apontam para uma única direção: é preciso integrar bons indicadores de desempenho à gestão de pessoas. Existem muitos, por exemplo, o absenteísmo (também conhecido como turnover), o nível de produtividade diária, o número de candidatos por vaga e o percentual de treinamento do time. Com eles, você terá um maior grau de acerto na gestão.

Agora que compreende os benefícios dos indicadores de desempenho, aproveite para nos seguir nas redes sociais: estamos no LinkedIn e no Facebook. A Kenoby é um software de recrutamento e seleção que atua na gestão ponta a ponta dos processos seletivos. Para saber mais, clique aqui.

Rating: 5.0/5. From 1 vote.
Please wait...
Aumente a assertividade no seu R&S!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Kit - Entrevista de Candidatos

MATERIAIS GRATUITOS:

Certificação em Recrutamento e Seleção

Apresentação Mensal com Indicadores de RH

CONFIRA + MATERIAIS GRATUITOS

Continue lendo:

Saiba analisar os currículos de candidatos a emprego
Saiba analisar os currículos de candidatos a emprego

O recrutamento de pessoas consiste no processo de atração de candidatos para uma vaga em aberto na empresa. Nesse processo, a etapa inicial consiste na descrição da vaga (job description)  continue lendo »

Como fazer a análise do fit cultural de um candidato?
Como fazer a análise do fit cultural de um candidato?

Analisar o fit cultural de um candidato é uma prática que faz toda a diferença na hora de contratar. Isso, porque dentro dessa análise estão inseridos valores, ideais e objetivos  continue lendo »

Conheça os 3 principais tipos de testes psicológicos realizados
Conheça os 3 principais tipos de testes psicológicos realizados

Já faz algum tempo que as empresas concluíram que a avaliação de novos talentos não deve ser limitada à análise da qualificação e de experiências anteriores de um profissional. Por  continue lendo »

Testes psicológicos: saiba o que são, os principais tipos e seus benefícios!
Testes psicológicos: saiba o que são, os principais tipos e seus benefícios!

Fazer uma contratação acertada não é tarefa fácil. É preciso identificar o profissional que, além das exigências técnicas, tenha características de comportamento condizentes com a cultura organizacional. Quer aproveitar o  continue lendo »

Conheça os 3 tipos de dinâmica de grupo mais criativos
Conheça os 3 tipos de dinâmica de grupo mais criativos

Trocas de segredos, dinâmica do desafio e entrosamento entre equipes estão entre os tipos de dinâmica de grupo mais criativos existentes. Elas servem para tornar o recrutamento mais efetivo e,  continue lendo »

3 exemplos de dinâmicas de grupo e seus benefícios na seleção!
3 exemplos de dinâmicas de grupo e seus benefícios na seleção!

Entrosamento, iniciativa e desafio são apenas alguns exemplos de dinâmicas de grupos. E os seus benefícios são diversos, podendo ser aplicados desde o momento do processo seletivo, até os períodos  continue lendo »