Entenda 5 mitos da gestão de recursos humanos

3 de maio de 2019
Kenoby

A gestão de recursos humanos conquista um espaço cada vez maior, graças ao reconhecimento da sua importância para o crescimento da empresa. Ela dá aos líderes uma visão mais clara das equipes e do que elas conseguem oferecer.

No entanto, alguns mitos ainda rodeiam esse conceito. Como nem todos os CEOs e gestores entendem exatamente como essa gestão é realizada, eles cometem alguns erros capazes de comprometer totalmente o fluxo de trabalho e a relação com os profissionais. Confira a seguir os principais mitos da gestão de recursos humanos!

O que é gestão de recursos humanos?

A gestão de recursos humanos é a aplicação de conhecimentos e técnicas voltadas para a administração de pessoas dentro de uma empresa. Também conhecida como gestão de pessoas ou administração de recursos humanos, essa prática visa gerir os funcionários em prol do alcance das metas corporativas. Além disso, visa proporcionar a satisfação e bem-estar dos colaboradores.

Qual a importância dessa gestão?

Empresas que têm uma boa gestão de recursos humanos conseguem não só ter um desenvolvimento apoiado em bases mais sólidas, como ter uma presença mais forte no mercado.

Atualmente, a reputação de uma organização como empregadora também é importante e faz a diferença não apenas no momento de recrutar os melhores talentos, como na aceitação dos produtos pelos consumidores.

Portanto, trabalhar bem a gestão de recursos humanos é essencial para aproveitar ao máximo as competências dos trabalhadores e para se destacar diante da concorrência.

Antes de continuar, aproveite para baixar o nosso guia de boas práticas do RH!

Como a gestão de recursos humanos é feita?

O principal modelo de gestão de recursos humanos é a gestão por competências, que busca entender o perfil dos profissionais e levá-los ao desenvolvimento por meio de avaliações e feedbacks. Com a aplicação desse modelo, é possível entender o que o capital humano consegue entregar e como é possível melhorar ainda mais essa entrega.

O engajamento é outro propósito da gestão de recursos humanos. Afinal, apenas funcionários motivados e envolvidos no trabalho conseguem fazer um trabalho de qualidade.

A cultura organizacional é mais um dos pilares da gestão de recursos humanos. É por meio dela que a empresa exprime os seus propósitos, valores e, principalmente, traduz a maneira com que os processos internos são conduzidos.

A construção de um clima organizacional positivo também faz parte da gestão. Isso significa a criação de um ambiente agradável de trabalho, não só em relação ao espaço físico, como na relação entre colegas e com a liderança. E isso é algo que pode ser trabalhado já desde o processo de recrutamento e seleção de novos colaboradores, ajudando em indicadores como o turnover, por exemplo.

Quais são os maiores mitos da gestão de recursos humanos?

A gestão de RH tem uma série de mitos para algumas empresas que podem atrapalhar o seu desenvolvimento. Conheça os principais!

1. O gasto com tecnologia não é necessário

Muitas empresas ainda veem softwares como um gasto, não como investimento. Essa crença é comumente observada em empreendimentos menores, que lidam com um orçamento bem apertado.

Trabalhos burocráticos, que envolvem a gestão de pessoas e o departamento pessoal, realizados apenas com o apoio de planilhas tendem a apresentar vários erros. Isso pode levar a várias complicações, como incompatibilidade de dados e até processos trabalhistas por falha nos pagamentos.

A organização consegue ter resultados mais confiáveis quando investe em uma boa solução tecnológica de RH. Além disso, toma decisões mais acertadas, já que é capaz de gerar planilhas e relatórios que permitem a comparação dos dados.

2. Os incentivos financeiros são os melhores

Diversas pesquisas apontam que um bom salário não é o maior responsável pelo engajamento e retenção dos funcionários. O que realmente segura os seus melhores talentos na empresa é a felicidade e a realização profissional.

Para chegar a esse ponto, é necessário investir em diversos aspectos, tais como: fornecer boas condições de trabalho, ter um ambiente agradável, trabalhar uma liderança empática e próxima e desenvolver um bom clima organizacional.

Os benefícios que auxiliam a rotina dos funcionários, como creche nas dependências da empresa, flexibilidade de horário e possibilidade de trabalho remoto, também ajudam a incentivar os colaboradores.

3. Os treinamentos de qualquer tipo são úteis

Quando percebem que não há espaço para crescimento, os funcionários tendem a procurar outras oportunidades de trabalho. Por isso, muitas empresas fornecem treinamentos para os seus colaboradores. No entanto, promover treinamentos sem embasamento e que não agregam à realidade de trabalho do colaborador é desperdiçar tempo e dinheiro.

O RH precisa entender quais são as necessidades da organização e quais competências os funcionários precisam desenvolver. As avaliações de desempenho fornecem um quadro bem claro dessas necessidades. Com base nessas informações, é possível desenvolver treinamentos que realmente agreguem ao colaborador e que fazem a diferença.

4. A cultura de feedback é dispensável

É por meio do feedback que a empresa consegue transmitir ao empregado o que espera do seu desempenho, indicar em que pontos ele tem se destacado e o que deve ser melhorado. Por isso, ter uma cultura de feedback na gestão de pessoas é essencial para alinhar as equipes às metas da organização e alcançar resultados significativos.

Sem essa orientação, diversos funcionários trabalham de forma isolada sem saber direito o que devem alcançar. Além disso, executam tarefas de maneira robótica e totalmente dependentes da liderança.

5. As pesquisas constantes são sinais de um RH ativo

As pesquisas de clima organizacional são importantes para entender o grau de satisfação dos colaboradores. No entanto, quando realizadas a esmo e sem propósito, se tornam apenas mais uma obrigação a ser cumprida.

Essas avaliações devem ser feitas com periodicidade definida e, principalmente, gerar resultados. O RH deve avaliar com cuidado os dados coletados e traçar estratégias de melhoria.

Ao entender quais são os 5 maiores mitos da gestão de recursos humanos, é possível avaliar como ela está sendo feita. Será que não é hora de revisar os treinamentos ou de pensar em contratar um software de Recrutamento e Seleção ou de gestão de RH? Contar com as ferramentas corretas ajuda as empresas a terem um processo de gestão mais clara e eficiente.

Para você entender melhor a importância que os sistemas de RH têm para as empresas na criação de valor e quais são os seus diversos benefícios, sugerimos a leitura deste post. Aproveite ao máximo essas informações e aprimore a gestão de recursos humanos da sua organização!

Rating: 5.0/5. From 1 vote.
Please wait...
Aumente a assertividade no seu R&S!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Kit - Entrevista de Candidatos

MATERIAIS GRATUITOS:

Certificação em Recrutamento e Seleção

Apresentação Mensal com Indicadores de RH

CONFIRA + MATERIAIS GRATUITOS

Continue lendo:

Descubra 6 características da gestão por competências
Descubra 6 características da gestão por competências

Gerenciar pessoas na organização é um verdadeiro desafio. Os colaboradores têm suas qualidades e problemas, além de apresentarem conflitos entre si. Desenvolver uma estratégia que ajude a potencializar capacidades e  continue lendo »

Psicologia no RH: saiba como ela atua!
Psicologia no RH: saiba como ela atua!

A psicologia no RH atua principalmente para promover a qualidade de vida das pessoas no trabalho. Essa área de conhecimento é responsável por desenvolver ações estratégicas para organizações de todos  continue lendo »

RH e departamento pessoal: entenda de vez a diferença
RH e departamento pessoal: entenda de vez a diferença

Ainda é muito comum haver nas empresas profissionais, líderes e clientes que não compreendem a diferença entre os setores de RH e Departamento Pessoal. Essa dúvida é muito pertinente, pois  continue lendo »

Dia do trabalho: História, Recrutamento e Recursos Humanos
Dia do trabalho: História, Recrutamento e Recursos Humanos

No dia 1º de maio é comemorado o dia mundial do trabalho, também conhecido como dia do trabalhador. No Brasil, a data é feriado, assim como diversas outras, como Tiradentes,  continue lendo »

Descubra o que é o departamento pessoal e quais as suas funções
Descubra o que é o departamento pessoal e quais as suas funções

O que é departamento pessoal (DP) é a resposta que todo profissional da área deve ter na ponta da língua. Afinal, as rotinas do setor contemplam atividades de extrema relevância para  continue lendo »

7 funções do departamento pessoal que você precisa conhecer
7 funções do departamento pessoal que você precisa conhecer

O setor de recursos humanos é crucial para o sucesso das organizações. Ele é comumente associado a atividades estratégicas, como a atração de gente talentosa, mas também conta com tarefas mais burocráticas, chamadas  continue lendo »