Nine box: como aplicar a metodologia nas empresas?

3 de maio de 2017
Kenoby

Ninebox é um método de avaliação da performance dos colaboradores da companhia que busca acompanhar os profissionais levando em conta dois critérios principais, as entregas feitas por ele em determinado período de tempo e o potencial de crescimento que apresenta na atual posição que ocupa.

Ter grandes profissionais na empresa pode ser comparado a possuir uma bolsa cheia de joias. Assim como a falta de cuidado com as pedras preciosas pode resultar na sua perda, a empresa que não fizer uma gestão eficiente de seus talentos internos corre o mesmo risco. Para isso, foi desenvolvida a metodologia Nine Box.

Gostaria de conhecê-la melhor e saber como pode ajudar sua instituição a cuidar bem de seus profissionais de ouro? Vamos falar sobre isso neste post!

O que é Nine Box?

Nos últimos anos, algumas ferramentas foram criadas para avaliar o desempenho dos colaboradores na organização e uma das principais é a Nine Box.

Grosso modo, o método Nine Box foi desenvolvido para ajudar os gestores a identificar o colaborador ideal para ocupar uma função ou cargo, por meio do cruzamento do desempenho e do potencial de cada pessoa. Assim, é possível identificar os profissionais que são insuficientes e aqueles que possuem um alto potencial na empresa.

Além disso, esse sistema é muito utilizado para o planejamento de sucessão, reconhecimento de líderes, bonificações, treinamentos etc. Ou seja, permite uma gestão de pessoas mais completa, baseada em dados reais e consistentes dos colaboradores.

Ao cruzar desempenho e potencial, o gestor tem acesso a nove caixas diferentes de desempenho — daí vem o nome da ferramenta. Cada uma dessas caixas indica o estado atual do colaborador: por exemplo, se é eficaz, comprometido ou um enigma.

Entretanto, a Nine Box ainda é bastante desconhecida nas empresas. Muitos líderes deixam de usar essa poderosa ferramenta como método de avaliação, então continuam tendo dificuldades na avaliação e no direcionamento dos seus subordinados. Hoje, você vai entender muito mais do assunto e descobrir como colocar o Nine Box na prática.

Qual é a sua importância na gestão de talentos?

Segundo uma pesquisa feita pela consultoria Robert Half, divulgada pela revista Época Negócios, 85% dos 1675 diretores entrevistados tinham muito medo de perder os seus prodígios internos. Em vista disso, muitos gestores passaram a utilizar a metodologia Nine Box em seu ambiente interno para diminuir a rotatividade de profissionais e assim reter seus talentos.

Com o auxílio dessa ferramenta, a empresa pode identificar quais colaboradores precisam de um treinamento para desenvolver suas habilidades. Com as informações sobre o desempenho deles, fica mais fácil para os gestores dialogarem entre si sobre as estratégias para a gestão de talentos, além de auxiliar no desenvolvimento de critérios para a ocupação de cargos de liderança.

Após um funcionário ser promovido, a metodologia ajudará na avaliação do seu desempenho para que a diretoria possa saber se as expectativas acerca desse trabalhador estão sendo atingidas. Outro benefício é que essa técnica é simples de ser aplicada, dá resultado a curto prazo e tem um baixo custo.

Como aplicar a metodologia Nine Box na empresa?

Agora é o momento de descobrir como aplicar esse método em sua empresa, afinal, não adianta apenas saber de sua existência. Ao adotá-lo, poderá obter uma série de benefícios, como descrito anteriormente. Então, confira com atenção os nossos passos!

Crie a matriz Nine Box na empresa

Para aplicar a Nine Box, a empresa pode utilizar alguns programas específicos ou pode criar sua matriz em uma planilha (que é o método tradicional, porém, dá mais trabalho). A organização da técnica é assim: são criadas três linhas e três colunas.

As linhas são nomeadas de cima para baixo deste modo: A — alto, M — médio, B — baixo. Esses critérios se referem ao potencial do colaborador. Depois, são feitas as colunas que indicam o desempenho, da esquerda para a direita. São identificadas assim: 1 — abaixo do esperado, 2 — esperado, 3 — acima do esperado.

No final, terá um quadrado maior que é composto por 9 quadrados menores. Os quadrados da ponta superior direita indicam alto desempenho e potencial, enquanto os situados na parte inferior esquerda indicam baixo desempenho e potencial.

Correlacione linhas e colunas

Em seguida, de acordo com o perfil dos colaboradores, os quadrados vão sendo preenchidos com os seus nomes. Por exemplo, digamos que um chefe de área se encontra no bloco A3, ou seja, ele tem um alto potencial e desempenho.

Diante dessas atribuições, a alta administração da empresa pode decidir que é hora de começar a prepará-lo para um cargo de diretoria. Sendo assim, talvez seja feito um treinamento para que esse funcionário possa exercer futuramente esse cargo.

Ao relacionar os blocos, você terá 9 principais resultados. São eles:

  • A1 — profissional enigma: tem alto potencial e baixo desempenho;
  • A2 — forte desempenho: tem alto potencial e desempenho esperado;
  • A3 — alto potencial: tem alto potencial e desempenho acima do esperado;
  • M1 — questionável: tem potencial mediano e baixo desempenho;
  • M2 — mantenedor: esse tem potencial e desempenho em nível mediano;
  • M3 — forte desempenho: tem potencial mediano e desempenho acima do esperado;
  • B1 — insuficiente: potencial baixo e desempenho abaixo do esperado;
  • B2 — eficaz: apesar do baixo potencial, tem um desempenho esperado;
  • B3 — comprometido: tem baixo potencial e desempenho acima do esperado.

Algumas empresas usam a metodologia Nine Box em conjunto com um software de avaliação de desempenho e conseguem um resultado ainda mais preciso sobre o nível de habilidade de cada profissional; além disso, ganham na velocidade na análise.

Escolha um método para avaliação

Para definir se o nível de potencial e desempenho dos profissionais é baixo ou elevado, é importante que o gestor conte com alguma técnica de avaliação. Do contrário, corre sério risco de estar atribuindo apenas suas impressões pessoais na matriz Nine Box.

Aqui, existem muitas outras ferramentas que podem ser usadas, como a tradicional avaliação de desempenho em 360 graus, o levantamento de metas e indicadores-chave de desempenho. Logo, será obtida uma visão muito mais sistêmica e real de cada colaborador.

Em algumas empresas, é muito provável que essas informações já estejam disponíveis. Se for seu caso, basta acessar o banco de dados do RH e avaliar como anda o desempenho e o progresso de cada profissional, depois classifica-lo na matriz Nine Box.

Direcione de acordo com os resultados

Nenhum método é implementado por acaso na empresa, é preciso ter um objetivo claro: promover os funcionários, desligar os que apresentam baixo desempenho ou gerar feedbacks mais consistentes. Independentemente disso, use os resultados obtidos.

No mínimo, convide o profissional avaliado para uma reunião. Apresente sua atual posição no quadro, explique por que ele está lá e o que é esperado dele. Assim, o talento terá a chance de progredir e conseguir uma melhor colocação na Nine Box.

Todos da empresa, do topo à base, podem ser avaliados com base na matriz Nine Box. Então, não deixe de colocá-la em prática e descobrir a colocação dos talentos da firma.

Quais os benefícios de usar a Nine Box na empresa?

Agora que você entendeu o que é e como aplicar a ferramenta, é o momento de entender seus benefícios e vantagens para o negócio e para os funcionários. Confira os principais:

Melhor direcionamento das pessoas na empresa

Ao usar a Nine Box é possível direcionar os colaboradores de modo mais eficaz, gerando feedbacks que os impulsionem à melhoria. Desse modo, os profissionais podem progredir de maneira consciente, entendendo onde devem chegar e como chegar lá.

Nesse sentido, o uso da ferramenta não é eficaz apenas para a empresa, mas para os próprios colaboradores. Eles passam a ter mais chances de desenvolver novas competências técnicas e comportamentais, bem como crescer dentro da organização.

Análise com base em informações reais

O método de avaliação Nine Box pode ser facilmente cruzado com outras ferramentas de análise de desempenho, como a análise em 360 graus. Isso permite que a avaliação seja feita com base em informações reais, claras e objetivas dos funcionários.

Uso para reconhecimento e premiações

Ao aplicar a ferramenta, é possível ter uma base sistêmica para reconhecer e recompensar os profissionais, de acordo com sua posição na matriz Nine Box. Diferentemente dos modelos tradicionais de avaliação, esse método é muito mais simples e visual.

Até o funcionário que entende pouco de gestão de pessoas pode compreender com facilidade sua colocação na matriz, depois avaliar se mereceu ou não ser reconhecido e recompensando pela empresa. Logo, também é importante ferramenta motivacional.

Maior retenção de talentos na empresa

Finalmente, é preciso lembrar da sua importância para a retenção de talentos na empresa. Manter os melhores no quadro de trabalho não é uma tarefa fácil, então é preciso direcionar as ações de retenção para aqueles que realmente merecem.

A Nine Box permite identificar os melhores profissionais da empresa e, então, incluí-los em uma sólida estratégia de retenção. Desse modo, somente os melhores permanecerão!

Portanto, não deixe de experimentar essa técnica para melhorar a gestão de talentos e otimizar os resultados da sua empresa. Se fizer isso, conseguirá manter as “joias” profissionais e engajar um crescimento consciente. Assim, toda a empresa — nos seus diversos níveis e áreas — será beneficiada, poderá crescer e se destacar no mercado.

Gostou de conhecer a metodologia Nine Box? Então, aproveite para deixar seu comentário! Conte-nos suas principais dúvidas, sugestões e experiências sobre o assunto. Vamos lá!

Rating: 5.0/5. From 3 votes.
Please wait...
Aumente a assertividade no seu R&S!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

MATERIAIS GRATUITOS:

Certificação em Recrutamento e Seleção

Apresentação Mensal com Indicadores de RH

Kit - Entrevista de Candidatos

CONFIRA + MATERIAIS GRATUITOS

Continue lendo:

Treinamento e desenvolvimento: Tire suas dúvidas sobre esse tema

O treinamento e desenvolvimento é uma das atividades mais importantes nos processos de recrutamento de profissionais nas empresas. Essa etapa é considerada fundamental para garantir o aprimoramento dos colaboradores, bem como a  continue lendo »

Confira os 11 melhores cursos de RH para você fazer

Manter-se atualizado profissionalmente é importante em todos os setores. Com a internet e a facilidade para acessarmos conteúdos que temos nos dias de hoje, a importância de sempre buscar cursos  continue lendo »

Gestão de conflitos: 5 dicas para ter sucesso nesse controle

Por melhor que seja o ambiente de trabalho, ainda é provável que conflitos interpessoais venham a surgir. Contudo, é preciso combatê-los o mais rápido possível, evitando que prejudiquem o clima organizacional e  continue lendo »

Teste palográfico: entenda o que é e por que utilizá-lo

Na hora de contratar um novo profissional, é importante ir além das competências técnicas. Isso significa que é essencial contar também com ferramentas validadas e eficientes para avaliar traços individuais  continue lendo »

Gestão por competências: entenda a sua importância e como aplicar

A gestão por competências está cada vez mais presente nas organizações atuais. Os conhecimentos, habilidades e atitudes (CHA) dos colaboradores são fundamentais para tirar as estratégias do papel e, assim,  continue lendo »

Universidade corporativa: O que é e como funciona?

É cada vez maior a preocupação em manter as equipes de trabalho treinadas para realizarem com eficácia as tarefas diárias, baterem metas e atenderem bem os clientes da empresa. Para  continue lendo »