O que é capital humano e como ele ajuda na retenção de talentos

19 de fevereiro de 2019
Kenoby

Quando se fala em competitividade, o capital humano é um dos fatores mais importantes para o sucesso de uma empresa. E uma boa política de retenção de talentos pode fazer a diferença para se diferenciar no mercado.

As pessoas que estarão na linha de frente, pensando e executando estratégias, são o principal valor de uma empresa. E a retenção de talentos, uma das principais missões dos gestores de RH atualmente, está diretamente vinculada aos investimentos no capital humano.

Mas, afinal, o que é o capital humano de uma empresa e como se pode investir nele? Confira neste post por que ele é tão importante para a manutenção dos melhores valores da organização.

O que é capital humano

O termo capital humano surgiu na década de 1950, criado pelo economista americano Theodore W. Shultz, vencedor do prêmio Nobel da Economia de 1979. Ele cunhou o termo para designar o conjunto dos conhecimentos dos colaboradores de uma empresa e de suas habilidades para desenvolver atividades que agreguem valor econômico à organização.

O capital humano não é um bem tangível, que se pode tocar ou armazenar fisicamente, mas tem um grande valor para a organização. Ele se constitui em um dos principais diferenciais competitivos que uma empresa pode ter.

É imprescindível, na gestão moderna de pessoas, criar o ambiente e as condições propícias ao desenvolvimento das habilidades que diferenciam seus principais talentos. Isso faz parte do conjunto de valores que o manterão motivado e disposto a seguir em busca dos objetivos estratégicos da organização.

A retenção de talentos é uma tarefa tão desafiadora quanto a sua captação. Identificar e contratar um profissional diferenciado, capaz de entregar resultados superiores, é uma das grandes missões da área de recursos humanos. No entanto, assim que se realiza a contratação, é preciso trabalhar em estratégias para mantê-lo. Essa tarefa já se inicia em sua integração.

Antes de continuar, aproveite e baixe o nosso guia completo sobre atração de talentos!

Como reter talentos

Já que investir no capital humano significa atuar pela retenção dos melhores talentos para isso, é importante pontuar algumas estratégias que podem ser bastante eficazes nessa missão. Confira!

Invista no ambiente de trabalho

Você já ouviu aquele clichê de que o trabalho é a segunda casa do colaborador? Pois ele tem um fundo de verdade. É no trabalho que as pessoas passam boa parte do seu dia, muitas vezes, pressionadas por resultados e confrontadas com metas e desafios.

Para enfrentar essa rotina, é preciso que haja qualidade de vida, um conceito que pode variar de pessoa para pessoa, mas que depende, invariavelmente, da proatividade do empregador para identificar e oferecer a melhor estrutura possível e o melhor ambiente de trabalho.

Além de boas condições no que se refere à infraestrutura, com equipamentos adequados e cuidados com a ergonomia, por exemplo, é possível avançar e oferecer outros diferenciais, como flexibilidade de horários e incentivo à atividade física, entre outros.

Aprimore a comunicação

A boa comunicação é um fator imprescindível para a boa gestão de pessoas. E, para as estratégias de retenção de talentos, é praticamente impossível de se obter sucesso se não houver transparência e clareza no trato com os colaboradores.

Quando há falhas na comunicação, todos os demais processos podem ficar comprometidos. Não se consegue o alinhamento necessário para se obter o melhor desempenho de cada colaborador e nem, por consequência, os melhores resultados para a organização.

A ausência de uma boa comunicação traz insegurança para os talentos da empresa. A falta de clareza quanto aos objetivos estratégicos da organização e quanto às expectativas sobre seu desempenho inibe sua motivação e compromete o seu engajamento.

Ofereça um plano de carreira

Visualizar quais são suas oportunidades e perspectivas de futuro na empresa é um fator importante para o desejo de um colaborador de permanecer. Quando é colocado diante de um plano de carreira, ele enxerga as oportunidades de valorização e de desenvolvimento destinadas a ele pelo seu empregador. E isso pode ser uma eficiente ferramenta de retenção.

Para a empresa, oferecer um plano de carreira aos colaboradores é não apenas uma forma de combater a rotatividade, mas também de melhor programar as ações voltadas ao desenvolvimento e à capacitação dos profissionais.

Garanta perspectivas de crescimento

Desafios, crescimento e aprendizado. Esses são alguns dos principais atributos que atraem os melhores talentos no mercado. É claro que um bom salário e um robusto pacote de benefícios fazem toda a diferença, mas os profissionais desejam também visualizar perspectivas futuras para a sua carreira.

Assim, metas e oportunidades de crescimento são sempre bem avaliadas pelos profissionais no momento de aceitar assumir uma vaga. Do contrário, mesmo quando ocorre a contratação, é possível que o colaborador mantenha-se constantemente na busca por outra oportunidade.

Garanta autonomia ao profissional

Os colaboradores mais concorridos pelo mercado são justamente aqueles com as melhores habilidades específicas, com competências diferenciadas, capazes de atingir desempenhos diferenciados.

Esse perfil de profissional demanda uma boa dose de autonomia para que possa usufruir de todo o seu potencial e garantir os melhores resultados. E esse é um ponto muito importante para garantir a sua retenção.

Quando se concede autonomia a um colaborador, passa-se uma mensagem de confiança no seu potencial e nos resultados que ele pode gerar. A valorização dessa capacidade pode gerar mais motivação e engajamento.

Ofereça feedbacks

Quando o gestor não cultiva momentos para o feedback com os integrantes do seu time, ele corre o risco de desmobilizar e comprometer o desempenho dos colaboradores. Além de orientarem sobre o que está funcionando ou não, esses momentos reforçam a relevância do profissional para a empresa.

O ideal é que se reserve um momento de contato individual com cada colaborador, além dos feedbacks em equipe, nos quais se possa discutir, de forma pormenorizada, as causas e efeitos do seu desempenho. E, além de indicar o que não funcionou, convém apontar caminhos e discutir formas de obter as melhorias necessárias.

Assim, o feedback se constitui em um momento de valorização e de crescimento para o profissional.

Esses são alguns aspectos que se deve levar em conta no momento de traçar estratégias para a retenção de talentos. Lembre-se de que o capital humano é um dos principais fatores de diferenciação de sua empresa no mercado.

Gostaria de saber mais sobre esse assunto? Então, acesse nosso post sobre retenção de talentos.

Rating: 5.0/5. From 2 votes.
Please wait...
Aumente a assertividade no seu R&S!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Kit - Entrevista de Candidatos

MATERIAIS GRATUITOS:

Certificação em Recrutamento e Seleção

Apresentação Mensal com Indicadores de RH

CONFIRA + MATERIAIS GRATUITOS

Continue lendo:

O que é e quais são os tipos de diversidade nas empresas?
O que é e quais são os tipos de diversidade nas empresas?

Os tipos de diversidade nas empresas é um tema que todo profissional de RH deve estar atento. Afinal, esse tema leva para as companhias importantes diferenciais competitivos, principalmente quando o  continue lendo »

Jornada de trabalho CLT: tire as suas dúvidas sobre o assunto
Jornada de trabalho CLT: tire as suas dúvidas sobre o assunto

Um dos principais ativos de uma empresa é o seu corpo de profissionais. Da mesma forma que existem regras que regulamentam os processos comerciais e até de produção, também existem  continue lendo »

Entenda o que é o onboarding e saiba como implementá-lo na sua empresa
Entenda o que é o onboarding e saiba como implementá-lo na sua empresa

O processo seletivo não termina com a assinatura do contrato. É importante acompanhar o novo funcionário durante os primeiros dias, solucionando dúvidas, apresentando a empresa e instruindo-o em relação às  continue lendo »

Descubra o que é avaliação por competências e entenda o seu funcionamento
Descubra o que é avaliação por competências e entenda o seu funcionamento

Muitos profissionais de RH buscam integrar a avaliação por competências às práticas dos departamentos em que atuam. Afinal, em diversas situações, a simples análise dos resultados não traduz a contribuição  continue lendo »

Coaching: entenda como ele atua na psicologia organizacional
Coaching: entenda como ele atua na psicologia organizacional

O coaching passou a atuar mais recentemente nas empresas como um importante suporte para a psicologia organizacional. A prática apoia o setor de Recursos Humanos principalmente na parte de treinamento ou  continue lendo »

Gestão de recursos humanos no capital humano: saiba como aplicar corretamente
Gestão de recursos humanos no capital humano: saiba como aplicar corretamente

A correta gestão de recursos humanos garante que o capital humano da empresa seja bem aproveitado, contribuindo para o sucesso dos negócios. Não por acaso, organizações com boas práticas de  continue lendo »