O que é gestão de pessoas e como fazer?

30 de julho de 2019
Kenoby

Um dos desafios da área de Recursos Humanos é ajudar as empresas a elevarem o desempenho de seus colaboradores, sem que isso signifique aumentar os custos da organização. O setor de gestão de pessoas é fundamental para isso. Mas você deve estar se perguntando: o que é gestão de pessoas?

Descubra o que é e como fazer a gestão de pessoas de um jeito novo e inovador. Dê o play e ouça o nosso artigo!

Essa é uma vertente da área de RH que trabalha o capital intelectual das empresas, a fim de otimizá-los. Quer saber mais sobre o que é gestão de pessoas? Então confira este post que preparamos para você!

Afinal, o que é gestão de pessoas?

Utilizando teorias baseadas na Psicologia Organizacional, a gestão de pessoas é capaz de definir uma série de práticas que torna possível melhorar a administração de RH.

Dessa forma, ela trabalha o envolvimento, capacitação e desenvolvimento dos colaboradores de uma organização, promovendo o bem-estar e a capacitação desses profissionais. Com isso, eles estarão aptos a entregar os resultados esperados pelas empresas, daí a sua importância.

Aproveite e baixe agora o nosso manual para desenvolver a marca empregadora!

Quais os benefícios da gestão de pessoas para as empresas?

Uma boa gestão de pessoas é capaz de otimizar a eficiência e diminuir a rotatividade dos colaboradores. Nesse cenário, traz uma série de benefícios para as empresas e para os funcionários. Veja a seguir as principais vantagens!

  • resolução de conflitos;

  • estar atento a quaisquer fatores que ameacem o desenvolvimento de tarefas;

  • cuida dos interesses dos funcionários;

  • assegura que todos estejam motivados e felizes dentro da organização, acarretando no crescimento contínuo da mesma.

Como aplicar a gestão de pessoas nas empresas?

O primeiro passo para aplicar a gestão de pessoas nas empresas é criar um setor específico para cuidar das questões pertinentes à função. Esse setor será responsável por estimular participações em prol do capital humano nas empresas, principalmente conscientizando a alta gestão da importância desse processo para a organização.

Após esse primeiro momento, será possível criar ações para manter ou melhorar o clima organizacional e também zelar pelos pilares da gestão de pessoas que veremos a seguir. Acompanhe!

Motivação

Um profissional sem motivação tem baixo desempenho e está sempre pronto para se desligar da empresa na primeira oportunidade. Esse tipo de perfil está na contramão do que as empresas buscam hoje em dia, já que a automotivação é uma das questões mais sensíveis da gestão de pessoas e procuradas em processos seletivos.

No âmbito organizacional, o mais importante é compreender o que motiva os profissionais dentro dela. Essa motivação pode ser financeira, o propósito da empresa em si (qual a causa por trás do faturamento?), um plano de carreira consistente (desenvolvimento e valorização de funcionários), os desafios impostos diariamente (a nível individual e coletivo), entre outros.

Portanto, existem variados fatores responsáveis pela motivação de cada indivíduo, e cada um reage de maneira diferente a cada um deles.

Como já mencionamos, é preciso identificar o que a empresa tem de bom e focar nesse aspecto no momento de selecionar os candidatos. Isso garantirá, a médio e longo prazo, a motivação necessária dos funcionários e a garantia de entrega de serviços de qualidade por parte deles.

Processo de comunicação

Um bom fluxo de comunicação integrada é essencial para qualquer empresa, pois é fundamental que a informação esteja disponível de forma clara e acessível para todos os níveis hierárquicos da empresa.

Nesse sentido, é esperado um comprometimento da alta gestão, para que ela incentive o diálogo, quebrando as barreiras hierárquicas e trabalhando em conjunto com toda a equipe, para que dessa forma seja possível alcançar os objetivos traçados.

Trabalho em equipe

É muito importante que todos compartilhem os objetivos comuns da empresa. Isso porque, a organização é um organismo único, e não faz sentido cada departamento ou cada equipe ter objetivos separados, se eles não possuem ligação com os demais.

Quando as pessoas conseguem visualizar a importância do que todos estão fazendo, elas se sentem mais importantes dentro de um ambiente organizacional.

Conhecimento e competência

O êxito de uma organização apenas será possível se existir o conhecimento e competência por parte dos profissionais para executar suas tarefas diárias.

Isso é fundamental para montar a melhor equipe possível e criar um ambiente colaborativo de desenvolvimento e conhecimento. Esse processo de construção também passa pelo processo seletivo e formação de valores e uma cultura organizacional forte.

Para que tudo isso seja possível, é necessário manter as práticas de gestão por competências, que envolve identificar os pontos fortes e as oportunidades de melhoria no que se refere aos profissionais.

Também é necessário ficar atento às práticas de feedback para garantir o retorno sobre cada ação dos integrantes da equipe.

Treinamento e desenvolvimento

É necessário pensar em um planejamento de treinamento e desenvolvimento para o capital humano das empresas. Isso porque, assim como as máquinas precisam de atualização de software, os funcionários também precisam se atualizar para garantir as melhores entregas para a organização.

Logo, o treinamento e a busca pelo desenvolvimento precisam ser contínuos e realizados em parceria com a empresa e cada um dos funcionários.

É fundamental buscar o equilíbrio entre as necessidades da empresa e do profissional, para que ambos estejam satisfeitos com o resultado da troca.

Como mensurar a gestão de pessoas nas organizações?

Mensurar o trabalho do setor é fundamental para ter uma gestão baseada em dados. Veja a seguir alguns importantes indicadores!

Avaliação de desempenho

Por meio desse indicador, é possível identificar os profissionais que mais se destacam ou precisam de atenção. Para tanto, a avaliação de desempenho pode ser mensurada utilizando métricas de qualidade, tempo e custos. Esse indicador é importante para reconhecer quem necessita de acompanhamento ou está em processo de desenvolvimento.

Turnover

Além de evidenciar para a organização o índice de rotatividade de seus funcionários, o turnover, também revela processos de Recrutamento e Seleção assertivos. Taxas acima de 5% merecem atenção, pois indica que algo está errado.

Taxa de absenteísmo

Esse indicador evidencia o grau de ausência ao trabalho x total de horas trabalhadas. Um alto grau de absenteísmo pode revelar que existem problemas no clima organizacional, na liderança e até mesmo com nos processos da empresa. Por isso, é fundamental ficar atento a ele!

Satisfação com clima organizacional

O objetivo desse indicador é identificar o grau de satisfação das equipes ou identificar os pontos fracos da gestão de pessoas.

Para tanto, você pode fazer uma pesquisa junto aos funcionários, abordando algumas questões como o relacionamento com a liderança, as oportunidades de crescimento profissional e os benefícios oferecidos pela empresa.

Como vimos ao longo deste post, o setor de gestão de pessoas é um forte aliado para as empresas, na medida em que cuida do capital humano e desenvolve ações para elevar a produtividade de todo time.

Se você gostou deste post sobre o que é gestão de pessoas e como fazer, assine a nossa newsletter para receber mais conteúdos como este!

Rating: 4.5/5. From 2 votes.
Please wait...
Aumente a assertividade no seu R&S!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Kit - Entrevista de Candidatos

MATERIAIS GRATUITOS:

Certificação em Recrutamento e Seleção

Apresentação Mensal com Indicadores de RH

CONFIRA + MATERIAIS GRATUITOS

Continue lendo:

Descubra o que é o departamento pessoal e quais as suas funções
Descubra o que é o departamento pessoal e quais as suas funções

O que é departamento pessoal (DP) é a resposta que todo profissional da área deve ter na ponta da língua. Afinal, as rotinas do setor contemplam atividades de extrema relevância para  continue lendo »

7 funções do departamento pessoal que você precisa conhecer
7 funções do departamento pessoal que você precisa conhecer

O setor de recursos humanos é crucial para o sucesso das organizações. Ele é comumente associado a atividades estratégicas, como a atração de gente talentosa, mas também conta com tarefas mais burocráticas, chamadas  continue lendo »

Capital humano: um guia completo e definitivo para você saber tudo!
Capital humano: um guia completo e definitivo para você saber tudo!

O capital humano é o responsável por conduzir as atividades dentro de uma organização. Sendo suas atividades bem conduzidas, são capazes de levar a empresa à sua máxima eficiência, elevando o  continue lendo »

Psicologia do trabalho e psicologia organizacional: entenda as diferenças
Psicologia do trabalho e psicologia organizacional: entenda as diferenças

Você já deve ter ouvido falar sobre a psicologia do trabalho e a psicologia organizacional, mas sabe o que difere esses dois termos? Pois é, apesar de uma complementar a  continue lendo »

Recursos humanos e liderança: aprenda como unir os dois em 6 dicas!
Recursos humanos e liderança: aprenda como unir os dois em 6 dicas!

Unir recursos humanos e liderança é uma estratégia importante para promover melhores resultados no negócio. O RH pode auxiliar os líderes na maximização de potencialidades e na construção de estratégias  continue lendo »

Descubra o que é o teste comportamental e quais  seus benefícios
Descubra o que é o teste comportamental e quais seus benefícios

Por muito tempo, apenas a competência técnica dos colaboradores importava. Saber apertar um parafuso ou mexer no computador era suficiente à contratação. Mas tudo mudou! Hoje é preciso realizar um teste  continue lendo »