O que é um organograma linear? Conheça suas vantagens!

11 de setembro de 2018
Kenoby

Amplamente utilizado para representar a hierarquia e as atribuições dos diferentes cargos de uma empresa, o organograma pode ter diferentes apresentações, dependendo do tipo de informação que se deseja detalhar. E um dos mais diferenciados graficamente entre eles está o organograma linear, o qual também é o que mais destoa no que se refere ao tipo de informação que você busca transmitir.

Neste post explicamos para que ele serve, para qual tipo de empresa ele é recomendado e como pode ser estruturado. Continue a leitura e confira!

O que é um organograma?

Antes, vamos relembrar qual a função de um organograma. Essa ferramenta é uma representação gráfica dos papéis desempenhados pelos diferentes integrantes de uma empresa. Ele permite visualizar as relações hierárquicas entre eles, permitindo que todos compreendam seus papéis na estrutura.

Conhecer a estrutura administrativa e ter clareza quanto às funções desempenhadas por integrante é importante não apenas para os próprios colaboradores, mas, também, para os seus stakholders, como clientes e parceiros.

Ao apresentar a estrutura da empresa a esses públicos, o organograma ajuda a organizar os fluxos de trabalho, promovendo uma boa integração e a comunicação entre as áreas.

Quais são os tipos de organogramas?

Dependendo do tipo de informação que se seja ressaltar, podem-se utilizar diferentes tipos de organogramas. De forma geral, o ponto de partida é a posição mais alta na escala hierárquica da organização, desmembrando-se até as posições mais baixas. Dentre os principais tipos estão:

  • clássico e vertical;
  • horizontal;
  • funcional;
  • circular ou radial;
  • linear de responsabilidade;
  • matricial;
  • em barras.

Como funciona o organograma linear?

Dentre os diversos tipos de organogramas, o linear, também conhecido como de responsabilidade, é o mais diferente no que se refere ao layout e, também, ao tipo de informação que busca representar.

As posições hierárquicas não são os principais dados que ela apresenta, mas, sim, as diferentes funções executadas por integrante da organização a partir das tarefas. Assim, o organograma linear mostra, por exemplo, quem é o responsável por delegar, coordenar executar e monitorar uma atividade.

Antes de continuar, aproveite para baixar nossa apresentação mensal de indicadores de RH.

Quais as vantagens e desvantagens do organograma linear?

Em comparação com os demais tipos de organogramas, o linear tem como benefício a facilidade de identificação das atribuições e responsabilidades de cada função na organização. Também permite verificar, de forma clara e objetiva, como cada cargo interage com os demais na execução das diferentes atividades.

Em contrapartida, o organograma linear não valoriza o trabalho em equipe e nem a visão sistêmica que se deseja dos colaboradores. Outra crítica a esse modelo é de que ele apresenta a organização de forma rígida e engessada.

Como montar um organograma linear?

Como nos demais modelos de organograma, para montar o linear é preciso, primeiramente, mapear cada processo executado na empresa. A diferença é que, em vez de relacionar cargos por hierarquia, eles são relacionados com cada ação executada na organização.

Assim, em um eixo são listados os cargos e no outro as atividades, relacionando qual o papel atribuído a cada ofício na execução daquela ação.

Essas são as principais características do organograma linear, um modelo diferenciado de representar a estrutura administrativa de uma empresa.

Este conteúdo foi útil para você? Então, que tal agora entrar em contato conosco e conhecer nossas soluções para a gestão e seleção de pessoas?

No votes yet.
Please wait...

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Continue lendo:

Remuneração variável: o que é e como funciona? Descubra!

A remuneração tradicional é um fator estratégico para atrair e reter talentos. Mas é necessário ter prudência: elevá-la pode prejudicar a rentabilidade da empresa. Por essa razão, vários empresários e  continue lendo »

Como fortalecer a cultura organizacional da minha empresa?

Saber como fortalecer a cultura organizacional é essencial a todo gestor que deseja estabelecer valores em sua empresa. Quando existe uma cultura sólida, todos entendem o que deve ser priorizado  continue lendo »

Como implementar um RH estratégico na minha empresa?

Nos últimos anos, muitos artigos propuseram-se a falar do RH estratégico, mas poucos explicaram como ele realmente funciona e como pode ser aplicado na empresa. Por causa disso, decidimos esclarecer  continue lendo »

O que é um organograma vertical? Conheça suas vantagens!

De todos os modelos de representação para a organização administrativa de uma empresa, pode-se dizer que o organograma vertical é o mais popular. Por mostrar de forma mais clara a  continue lendo »

Business Partner: o que faz, quanto ganha e mais!

Você sabe o que faz o Business Partner (BP)? A função, que se populariza cada vez mais entre os profissionais de Recursos Humanos no país, ainda gera dúvidas quanto às  continue lendo »

Tudo o que você precisa saber sobre Psicologia Organizacional

A Psicologia é uma ciência muito ampla, que abrange diversas áreas distintas. Psicologia clínica, comunitária, transpessoal e do trabalho são apenas algumas delas. No contexto empresarial, temos a psicologia organizacional,  continue lendo »