People Analytics no R&S: Entenda como isso funciona

11 de janeiro de 2018
Kenoby

Automatizar o RH ainda é um assunto que rende muitas críticas e elogios e, na maioria das vezes, as práticas inovadoras são descartadas simplesmente por falta de compreensão de seus benefícios, como no caso do tema deste post. People Analytics no R&S é uma mudança de grande impacto na área.

Essa análise de dados torna possível a união de Big Data e Business Intelligence, avaliando o comportamento dos seres humanos, fazendo a relação entre a conectividade da tecnologia e a subjetividade que perpassa o setor de RH. Por meio de algoritmos eficientes, o People Analytics pode explicar com precisão o impacto de determinados comportamentos de colaboradores e candidatos.

Inclusive, para receber semanalmente por e-mail nossas aulas sobre a nova revolução do Recrutamento e Seleção, inscreva-se no Mini Curso de Inteligência Artificial no R&S.

 

Quer saber o que é o People Analytics e como ele pode impactar o RH da sua empresa? Então, acompanhe!

O que é o People Analytics?

O processo de coleta, análise e organização de dados sobre o comportamento dos funcionários, com o objetivo de colaborar para a tomada de decisão dentro de uma organização, antecipar tendências e aprimorar a estratégia é chamado de People Analytics.

Dessa forma, People Analytics significa o reconhecimento de que as pessoas de uma empresa são o seu mais valioso recurso. Portanto, é preciso analisá-las para compreender o que as motiva, tornando-as produtivas, engajadas e felizes no ambiente de trabalho.

Para isso, dados são recolhidos de fontes variadas, como redes sociais, reviews de usuários, metadata (dados sobre dados), tendências de comunicação, marketing e vendas, entre outras.

A tecnologia se faz presente como fator decisório para o atingimento do sucesso. O vídeo a seguir conta um pouco mais sobre a participação desse fator no nosso dia-a-dia. Confira:

 

Essas informações são organizados e apresentados — por um Data Scientist ou, em alguns casos, um software de gestão — de maneira que se torne viável reconhecer os motivos para as questões apresentadas a um público. No caso, os colaboradores. Afinal, existe sempre uma questão específica a ser investigada antes de iniciar a busca.

Mas quais questões podem ser essas? De acordo com o estrategista e pesquisador ligado à Deloitte, Josh Bersin, entre as questões que as organizações desejam solucionar, ou mesmo antecipar para investir na prevenção, estão o baixo engajamento dos profissionais, pouca produtividade nas vendas, dificuldade para reter talentos, baixa satisfação dos clientes e fraudes.

Há uma década, esse processo era oneroso para as organizações e demorado. Atualmente, com cada vez mais dados sendo armazenados pela internet, e de maneira constante, os softwares que fazem essas leituras de dados foram se tornando acessíveis e mais precisos e, por isso, tornaram-se estratégicos para a gestão de RH.

A importância do People analytics no R&S estratégico

Com o People Analytics é possível criar impactos positivos no desempenho, tanto por identificar as condições que favoreçam a produtividade do colaborador, quanto pela análise correta de talentos para projetos e funções específicos.

Esses dados ainda dão insights sobre a criatividade de cada funcionário, e como isso pode causar um impacto direto e positivo nos resultados da empresa. Dessa forma, um vendedor mais criativo, por exemplo, tem mais chances de fazer boas vendas do que aquele que tem o perfil mais conservador.

Como vimos, existem várias possibilidades de aplicação do material coletado pelo People Analytics. Entre os principais estão: clima organizacional, engajamento dos profissionais, diminuição do turnover, seleção de candidatos e até mesmo o planejamento de recursos para RH.

O uso do People Analytics melhora a assertividade da gestão de pessoas, contribuindo para que o setor de Recursos Humanos tenha uma posição mais estratégica e menos operacional dentro das empresas.

Como aplicar People analytics no R&S?

O People Analytics acelera os processos de seleção e contribui para a contratação dos melhores talentos. A organização pode, por exemplo, selecionar seus colaboradores mais eficientes e criar um perfil ideal a partir deles. Esse perfil servirá de base para a companhia buscar profissionais alinhados com a expectativa da empresa.

Na prática funciona assim: suponhamos que você esteja em busca de um candidato que possua habilidades em determinada função e um perfil comportamental condizente com a cultura interna da empresa. Antigamente, ele saía em busca desse profissional sem direção, analisando um montante de currículos e realizando várias entrevistas.

Com o People Analytics o profissional de recrutamento e seleção fará um rastreamento das informações na internet entre vários profissionais e filtrará aqueles que se encaixam no perfil da vaga.

Isso contribui para que o processo de recrutamento e seleção seja mais eficiente, e a empresa ganha em desempenho, já que, com o People Analytics, a organização passa a trazer para seu time interno pessoas que vão realmente ajudar a empresa a atingir as suas metas.

O People Analytics no R&S ainda auxilia na retenção de talentos, pois é possível aplicar essas análises para entender o que motiva o seu público interno a trocar de emprego, tornando possível a criação de estratégias de retenção.

Outra funcionalidade da ferramenta é a organização das hierarquias. Ao mensurar o tamanho ideal das equipes, é possível eliminar as posições e responsabilidades que não são necessárias, e com isso, a produtividade é aumentada.

Também é possível mensurar os hábitos e as ações de gestores. Assim, você determina os programas mais eficazes que devem ser aplicados para a promoção de colaboradores.

Por fim, o People Analytics também pode ser utilizado para elaborar programas de benefícios e incentivos de forma mais atraente. Isso potencializa a satisfação geral dos colaboradores, reduz a rotatividade e gera uma força de trabalho engajada.

O futuro do Recrutamento & Seleção estratégico com o PA

O People Analytics chegou para contribuir com o futuro do setor, derrubando decisões por intuição e consolidando-as em dados. O único obstáculo que a prática tem enfrentado é em sua aplicação.

A grande parte das empresas ainda aproveita pouco o recurso, limitando o uso da ferramenta apenas à coleta dos dados. A consultoria PWC fez uma pesquisa sobre o uso de People Analytics em algumas organizações no Brasil e revelou que somente 9% das companhias realmente utilizam os indicadores para projetar as decisões em longo prazo. Utilizam para relatórios básicos 34% das empresas.

Empresas de alto desempenho não tomam decisões, nem investe capital, sem antes conhecer as métricas e dados que ofereçam sustentação para as projeções. Assim, a análise de dados é uma tendência que também deverá ser adotada pelo RH em pequeno e médio prazo. Com isso, será desmistificada a ideia que decisões se baseiam em intuição quando se trata de pessoas.

O que você achou deste post sobre como o People Analytics no R&S pode impactar a sua empresa? Siga-nos nas redes sociais para acompanhar mais conteúdos como este! Estamos no Facebook e LinkedIn.

Rating: 5.0/5. From 1 vote.
Please wait...

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Continue lendo:

Inteligência Artificial no recrutamento e seleção: Como aplicar?

As condições sociais, culturais, econômicas e organizacionais são aspectos fundamentais na prática de recursos humanos. Com a globalização e o aumento do acesso à internet, surgiram práticas de gestão que  continue lendo »

R&S + WhatsApp Business: revolucione a comunicação com o seu candidato

O app de mensagens mais famoso do mundo, acaba de lançar a sua versão para o mundo corporativo. O Whatsapp Business vem com novas funções para estruturar e afirmar o  continue lendo »

Conheça os 5 processos do RH que devem ser automatizados

Com o passar dos anos, o setor de Recursos Humanos vem acumulando funções cada vez mais complexas e abrangentes dentro da empresa. Desde o processo seletivo até o desligamento de  continue lendo »

Inteligência Artificial no Recrutamento e Seleção: Como esse assunto será abordado no 2º Kenoby Talks?

Sempre muito presentes nas tramas de ficção científica, a Inteligência Artificial passa a garantir cada vez mais o seu espaço nas discussões e, até mesmo, na vivência de grande parte  continue lendo »

Recrutamento e Seleção
Gestão de Gente 2.0 – A tecnologia a favor da equipe de RH

Falta de tempo, acúmulo de serviços devido a processos burocráticos e operacionais… são inúmeros os motivos que impactam diretamente na melhoria e otimização do dia a dia de equipes e gestores  continue lendo »

Veja como automatizar o RH da sua empresa

É inegável que, ao longo dos anos, as áreas de recursos humanos passaram a ocupar um espaço de grande importância nas empresas do ponto de vista estratégico. Porém, ainda há  continue lendo »