Profissionais do RH: conheça as diferentes áreas de atuação do setor

3 de Maio de 2017
Kenoby

Se você escolheu a área de Recursos Humanos para construir a sua carreira, saiba que existem inúmeras possibilidades de atuação. Os profissionais do RH têm ganhado cada vez mais espaço e reconhecimento nas organizações, isso porque desempenham funções que auxiliam na concepção das decisões estratégicas da empresa.

Inclusive, para acompanhar os números do RH, você pode baixar o nosso modelo para apresentação de indicadores. Desta forma, você compartilhará os relatórios da área de uma maneira visual e simples de customizar.

Apresentação Mensal de Indicadores de RH


Analista de recursos humanos

É responsável pela administração de processos relacionados ao setor, por articular e mobilizar ações de acordo com a sua especialidade.

As atividades variam desde a seleção de pessoal até ações de desenvolvimento humano. De acordo com o Guia da Carreira, o salário de um analista de RH varia de R$1.690,00 a R$4.101,00.

Conheça as especificidades:

Analista de recrutamento e seleção

Desempenha o processo de admissão de um novo funcionário, desde o recrutamento de candidatos, entrevistas e seleção, até a contratação efetiva.

Além disso, ele planeja, organiza e analisa as ferramentas disponíveis no processo de seleção, estuda os perfis dos candidatos e busca a aproximação de um perfil ideal para o preenchimento de uma oportunidade específica.

Analista de cargos e salários

Responsável por definir e revisar os cargos existentes na empresa e seus salários.

Faz parte do seu trabalho levantar informações e descrever as funções inerentes a cada cargo, atribuindo a eles seus deveres e tarefas, e manter-se atualizado sobre as práticas realizadas no mercado, especialmente no que diz respeito à remuneração.

Analista de desenvolvimento humano

As suas funções estão relacionadas à implantação e manutenção de treinamentos e desenvolvimento, eventos de integração, fortalecimento e consolidação da estratégia da empresa e acompanhamento do plano de desenvolvimento individual dos colaboradores.

Também é de sua responsabilidade desenvolver e implantar programas de avaliação de desempenho, acompanhar programas de ​trainee​, aprendizagem e estágio.

Analista de benefícios

Sua função é gerenciar os benefícios aos quais os colaboradores terão direito. Para isso, precisam realizar uma análise crítica dos benefícios disponíveis e adequá-los a real necessidade dos usuários. Por exemplo: planos de assistência médica e odontológica.

 

Técnico de segurança do trabalho

É responsável pela implementação de programas que evitem acidentes de trabalho, os programas de prevenção.

Também é seu dever manter os locais de risco sinalizados e com orientações, para que colaboradores e eventuais visitantes não sofram acidentes. Um exemplo frequente são áreas onde é proibido fumar ou utilizar o celular.

Salário: de R$1.600,00 a R$ 6.000,00.

Coordenador de recrutamento e seleção

É ele que implanta e acompanha os processos de recrutamento e seleção para toda a empresa. Ainda é responsável por coordenar a equipe do setor com vistas a executar o plano de ação.

Entre suas responsabilidades estão a criação de vagas, emissão de relatórios com base nos processos seletivos, execução de reuniões demissionais, entre outras.

Salário: de R$5.600,00 a R$13.000,00.

Coordenador de RH

Sua função está diretamente ligada à observação e cumprimento das leis trabalhistas, processos de aposentadoria, contratação, renovação de contratos e desligamentos.

São de sua responsabilidade as atividades do departamento de pessoal, no que diz respeito a salários, comissões, empréstimos e outros.

Salário: R$5.500,00 a R$12.500,00.

Business Partner

O Business Partner é um parceiro estratégico, um consultor interno em RH. O seu trabalho é analisar e modificar sempre que necessário as políticas estabelecidas na empresa.

É necessário que ele conheça os processos e as estratégias internas. Além disso, ele deve atuar como um conselheiro​ da empresa.

Salário: R$ 5.800 e R$ 13.600.

Gerente de RH

Esse é o profissional responsável por gerir pessoas, articulando as atividades dos profissionais do RH.

Fora as atividades já citadas, ele ainda é responsável por promover ações de integração entre os colaboradores, administrar a sua rotina, definir políticas de RH, gerenciar custos do setor, entre muitas outras.

Salário: de R$8.500,00 a R$25.000,00.

Diretor de RH

Sua responsabilidade é organizar todos os colaboradores da empresa. Para isso, acompanha seu desempenho, promove cursos e palestras e outras medidas que busquem o seu aperfeiçoamento.

Ainda precisa delegar funções importantes e garantir que sejam cumpridas as políticas de RH estabelecidas na empresa. Seu foco é o planejamento, gestão de carreira e atuação dos colaboradores.

Salário: de R$20.000,00 a R$50.000,00.

​Essas são algumas das funções de profissionais do RH e suas áreas de atuação. Se você gostou, compartilhe este conteúdo com os seus contatos nas redes sociais!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Continue lendo:

Férias coletivas: entenda como funciona e a sua regulamentação!

Férias coletivas podem gerar dúvidas nos profissionais de RH, principalmente em relação ao cumprimento das regras previstas na CLT. Além disso, nem sempre, todos os trabalhadores preenchem os requisitos necessários para os  continue lendo »

Você sabe o que é dissídio? Entenda como funciona e como é calculado

Dissídio é uma palavra bastante comum no ambiente empresarial, mas esse termo pode ser motivo de grande dor de cabeça para os gestores de recursos humanos, caso eles não tenham  continue lendo »

Adicional noturno: entenda as principais regras e como calcular

Você sabe quais as principais regras sobre o adicional noturno? Esse pagamento levanta diversas dúvidas no setor de recursos humanos. Afinal, o conhecimento da legislação é fundamental para entender seu  continue lendo »

Aviso prévio: o que você precisa saber sobre o assunto?

As regras de aviso prévio são frequentemente aplicadas no cotidiano do setor de Recursos Humanos. Isso porque, querendo ou não, a demissão de funcionários faz parte da rotina do departamento.  continue lendo »

Pedido de demissão: entenda como funciona o processo

O pedido de demissão é um tema que gera muita confusão, tanto para empregadores quanto para funcionários. Profissionais de RH devem estar atentos a todas as etapas do processo, desde a carta de  continue lendo »

Pró-labore: saiba qual a diferença entre ele e o salário

Pró-labore e salário são termos muitas vezes confundidos, mas que têm significados diferentes no contexto de uma empresa. Um está direcionado aos sócios-administradores do negócio, enquanto o outro está relacionado  continue lendo »