Recrutamento preditivo: como ele pode fazer a diferença?

23 de agosto de 2018
Kenoby

Na corrida pela contratação dos melhores talentos disponíveis no mercado de trabalho, as empresas investem cada vez mais em novas estratégias capazes de identificar e atrair os candidatos adequados. Uma das ferramentas úteis para isso é o recrutamento preditivo.

Você já ouviu falar nesse conceito? O recrutamento preditivo usa práticas de Big Data visando um processo seletivo inteligente e capaz de atender às diversas necessidades corporativas.

Antes de nos aprofundarmos no tema, vale lembrar o impacto negativo trazido por contratações equivocadas, prejudicando a saúde financeira, a construção da marca e até mesmo a disputa pela preferência do consumidor diante da concorrência. Quer saber mais a respeito do recrutamento preditivo e suas vantagens? Confira o texto!

O que é recrutamento preditivo?

O uso de Big Data, machine learning e algoritmos estatísticos é capaz de nos ajudar a prever uma série de comportamentos e acontecimentos, como a probabilidade de fidelização de um cliente ou de uma rescisão de contrato, por exemplo.

Recrutar pessoas é uma atividade que pode se valer do mesmo raciocínio. O recrutamento preditivo consiste em um método de análise de dados coletados durante a seleção, ajudando a formar padrões de comportamento. A partir dessas informações, é possível antever a postura do profissional após a contratação.

O recrutamento preditivo viabiliza a compreensão dos índices de engajamento, da tendência de pedidos de demissão em curto período de tempo, do comportamento dentro da equipe e diante de uma situação desafiadora, entre outras questões.

Antes de continuar, aproveite para baixar nosso manual de boas práticas do Recrutamento e Seleção.

Como ele afeta a seleção de talentos?

O recrutamento preditivo é um dos aspectos que marcam a atuação de um RH estratégico, voltado para a tomada de decisões e atuante como braço direito dos CEOs e diretores.

Há uma quantidade elevada de dados que profissionais deixam soltos em redes sociais, e-mails e currículos. A organização e interpretação dessas informações é o que vai fazer a diferença e impactar no processo de recrutamento.

Com esses dados em mãos, você seria capaz de encontrar agora mesmo o candidato ideal para aquela vaga difícil de ser preenchida, que exige qualificação ou experiência específicos. O uso inteligente dessas referências pode mudar totalmente a contratação de funcionários, desde a publicação da vaga até o funil de seleção.

Além disso, o tempo gasto em tarefas relacionadas ao processo diminui drasticamente. Uma seleção de currículos tradicional pode levar até 23 horas, enquanto o uso da análise preditiva diminui essa tarefa para apenas uma.

Como se não bastasse a otimização de tempo, a tendência de que essa contratação seja mais coerente com as necessidades da empresa aumenta substancialmente. No mercado atual, podemos encontrar até quatro gerações diferentes em uma mesma companhia. Isso significa mindsets e maneiras de trabalhar totalmente distintas.

A necessidade de um trabalho de engajamento bem-feito é mais do que latente, e apenas com as contratações corretas é possível direcionar essas diferenças para a construção de uma equipe coesa.

Como o recrutamento preditivo pode fazer a diferença para o RH?

A análise das informações como ferramenta de antecipação de tendências é extremamente útil para o Recursos Humanos e para a empresa, gerando ganhos operacionais e contratações mais acertadas.

Essa estratégia ainda é capaz de facilitar diversas atividades internas. Podemos destacar algumas.

Divulgação de oportunidades

Baseando-se nas características que a empresa busca em um profissional, é possível identificar rapidamente os candidatos com potencial para preencher o cargo. Com isso, os recrutadores podem entrar em contato diretamente com essas pessoas, facilitando o processo de triagem.

Uma segunda hipótese é a identificação de vagas capazes de apresentar problemas, com base nas que já foram publicadas anteriormente. Assim, o RH corrige as arestas que estão atrapalhando o recrutamento antes que essas questões se repitam.

Triagem de currículos

Você pode aproveitar os funcionários anteriores que apresentaram uma boa performance na função, elencando as características úteis trazidas por essas pessoas para o desenvolvimento do trabalho.

Com isso, os próximos currículos que receber para essa vaga podem ser ordenados automaticamente, de acordo com essas preferências e obedecendo a um padrão do “profissional ideal”.

Os melhores colaboradores certamente apresentam características semelhantes, que devem ser consideradas nas próximas contratações, especialmente quando se trata de uma postura pessoal coerente com o fit cultural da empresa.

De que forma aplicá-lo?

A inserção da análise preditiva de dados pode ser feita em diversos momentos do processo seletivo. Uma das hipóteses é o uso da ferramenta antes mesmo da publicação da vaga, buscando de maneira ativa os profissionais que correspondem ao perfil desejado pela companhia e convidando-os para participar de uma entrevista.

Durante a triagem de currículos, o recrutamento preditivo se encaixa por meio de dois modos: traçando perfis indesejados e eliminando os candidatos que apresentam essas características ou buscando pessoas com capacidades semelhantes aos funcionários com bons desempenhos comprovados.

Na realização de entrevistas, a avaliação preditiva pode ser aplicada sobre traços de comportamento dos candidatos, seguindo a mesma lógica usada na triagem de currículos: você identifica padrões indesejados ou características similares às demonstradas pelos colaboradores de destaque.

O recrutamento preditivo é uma ferramenta complexa, por isso não tenha receio de usar softwares capazes de ajudar nesse trabalho. Assim, filtra-se informações e organiza-se o processo, a fim de otimizar todas as etapas necessárias até a contratação.

Vale lembrar que a aplicação isolada da avaliação de dados também pode levar a erros, embora numa margem menor dos reconhecidos nos processos seletivos tradicionais. Essa ferramenta também não substitui a interação humana.

O ideal é aliar as duas frentes: a análise de informações com a percepção e experiência dos recrutadores. Por meio dessa parceria, cresce a probabilidade de que as contratações atendam às demandas corporativas, aumentando os índices de retenção, engajamento e produtividade.

O recrutamento preditivo é uma solução vantajosa e eficiente para o RH, indicando com mais transparência o perfil dos candidatos às vagas e facilitando até mesmo o relacionamento após a contratação. Isso porque o gestor tem as informações em mãos e pode lidar melhor com as características comportamentais do futuro funcionário.

Para receber atualizações sobre posts que abordam processos seletivos e gestão de pessoas, assine a nossa newsletter!

Rating: 5.0/5. From 1 vote.
Please wait...

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Continue lendo:

Como a avaliação por competências pode auxiliar no processo de R&S?

A avaliação por competências se tornou mais uma ferramenta estratégica do RH. Isso porque as lideranças das empresas já perceberam que, para conquistar resultados diferenciados, precisam estar atentas às pessoas.  continue lendo »

Inteligência Artificial no recrutamento e seleção: Como aplicar?

As condições sociais, culturais, econômicas e organizacionais são aspectos fundamentais na prática de recursos humanos. Com a globalização e o aumento do acesso à internet, surgiram práticas de gestão que  continue lendo »

Machine learning no recrutamento e seleção: Como funciona?

O grupo de pesquisa TI global IDC prevê que, até 2020, aproximadamente US$ 47 bilhões da receita mundial do mercado de soluções cognitivas serão empregados com machine learning (aprendizado de máquina) e inteligência  continue lendo »

Saiba como medir a estabilidade de um software de Recrutamento e Seleção

A tecnologia evolui, dia após dia, para auxiliar nas tarefas cotidianas tanto de empresas quanto de pessoas. Mas isso, de nada adianta se os softwares e serviços utilizados não forem  continue lendo »

Após recorde de vendas, 3º Kenoby Talks libera mais 200 ingressos para o maior evento de R&S do Brasil

Com a proposta de fomentar a troca de novas tendências e o networking, o Kenoby Talks chega em sua terceira edição e se consolida como o maior evento de Recrutamento  continue lendo »

Recrutamento misto: quais as suas vantagens e como aplicá-lo?

Abrir uma vaga de emprego é também disponibilizar uma oportunidade para a captação de um profissional talentoso. Porém, para que isso se torne real, é preciso entender quais são as  continue lendo »