Saiba como utilizar feedbacks para gerir pessoas

5 de janeiro de 2017
Kenoby

O feedback é uma das formas mais eficientes para a gestão de uma boa comunicação dentro das empresas. Através dele é possível ajustar processos e comportamentos, conquistando assim, uma boa performance de seus liderados, mais alinhada com os objetivos da organização.

Neste sentido, o feedback é uma importante ferramenta para que todos possam se aprimorar e melhorar o desempenho. Através do feedback é possível gerar uma mudança de comportamento de forma positiva, benéfica para toda a equipe.

Separamos para você 10 dicas de como utilizar o feedback para gerir pessoas. Acompanhe:

1. Seja rápido

Não espere demais para pontuar o que precisa ser melhorado. Se você esperar demais, corre o risco das situações perderem significado.

2. Seja preciso

Coloque as situações como elas aconteceram sem rodeios. Caso o seu interlocutor perceba que você está receoso com o feedback, ele pode contornar a situação e pegar as rédeas da conversa. Não é isso o que você quer. Diga exatamente o que foi combinado e pergunte claramente porque a situação não está saindo como acordado.

3. Ouça mais

Geralmente, as pessoas ouvem para responder. No entanto, aprendemos mais quando ouvimos do que quando falamos, por isso, ouça mais seus liderados. Assim, quando for necessário um feedback, seja ele positivo ou não, a receptividade será muito maior, pois você realmente terá algo a acrescentar.

4. Peça mudança de comportamento

Ao pontuar com o funcionário a atitude que precisa ser ajustada, peça uma mudança de comportamento. Por exemplo: “Não é saudável seus comentários sobre o colega que está ausente diante da equipe dele. Peço que você evite ao máximo esta atitude”.

5. Seja empático

Empatia é se colocar no lugar do outro. Ao dar um feedback, procure entender como a outra pessoa se sente e se ela realmente está preparada para receber um retorno. Cada colaborador tem um grau de maturidade profissional, e você deve ajustar seu discurso nos mais diversos níveis, a fim de se fazer entender, nivelando toda a equipe com o propósito da organização.

6. Substitua o “mas” pelo “e”

Ao invés de dizer “Você tem uma boa capacidade de negociação mas não consegue resultados”…, diga: “Você tem uma boa capacidade de negociação e não consegue resultados…”. Ao mudar o ângulo da conversa para o sentido de soma, e não o detrimento de qualidades, fará com que o interlocutor perceba que é capaz de interagir com a situação e melhorar seus resultados.

7. Substitua o “tentar” pelo “fazer”

Em vez de dizer “Por favor, tente fazer a planilha”, diga: “Por favor, faça a planilha”.

8. Substitua o “se” pelo “quando”

Ao invés de dizer “Se você concluir o demonstrativo…”, diga: “Quando você concluir o demonstrativo…”

9. Troque o “espero” pelo “sei”

Ao invés de dizer “Eu espero que você corresponda as minhas expectativas”, diga: “Eu sei que você vai corresponder às minhas expectativas”.

10. Foque no comportamento

Evite falar do caráter da pessoa. Concentre-se no comportamento no ambiente de trabalho. Procure ser claro nas suas ponderações e deixe abertura para que a pessoa exponha seu ponto de vista. Evite julgamentos e conduza a conversa como algo construtivo na relação entre líder e liderado. Foque sempre na solução, e não no problema.

Gostou deste artigo de como utilizar feedbacks para gerir pessoas? Siga-nos nas redes sociais para ter acesso a mais conteúdo como este!

No votes yet.
Please wait...

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Continue lendo:

Gestão por competências: entenda a sua importância e como aplicar

A gestão por competências está cada vez mais presente nas organizações atuais. Os conhecimentos, habilidades e atitudes (CHA) dos colaboradores são fundamentais para tirar as estratégias do papel e, assim,  continue lendo »

Teste palográfico: entenda o que é e por que utilizá-lo

Para uma boa contratação de funcionários, é importante avaliar não apenas as competências técnicas, mas também as características individuais e de personalidade para entender se o profissional é realmente o  continue lendo »

Como reduzir o turnover precoce nas empresas?

Reduzir turnover é uma preocupação que muitas empresas compartilham, principalmente as que estão começando sua caminhada. Isso porque a alta taxa de rotatividade dos colaboradores pode ser um obstáculo maior  continue lendo »

Entrevista de desligamento: Confira passo a passo de como fazer

No momento em que um colaborador é desligado da corporação, existe um procedimento importante a ser realizado pelo RH: a entrevista de desligamento. Ela é um diálogo estruturado, conduzido pelo  continue lendo »

Qualidade de vida no trabalho: qual a sua importância afinal?

Nunca se falou tanto sobre qualidade de vida no trabalho — e, provavelmente, o assunto será cada vez mais discutido no futuro. A verdade é que as empresas precisam organizar  continue lendo »

Universidade corporativa: O que é e como funciona?

É cada vez maior a preocupação em manter as equipes de trabalho treinadas para realizarem com eficácia as tarefas diárias, baterem metas e atenderem bem os clientes da empresa. Para  continue lendo »