Teste IFP: conheça o Inventário Fatorial de Personalidade no RH

7 de fevereiro de 2019
Kenoby

O teste IFP é uma ferramenta eficiente para identificação de traços de personalidade que podem ajudar a selecionar o candidato ideal para a sua empresa ou realocar funcionários.

A empresa que investe nesse tipo de avaliação consegue atingir um nível de acerto muito maior nas contratações, impactando de maneira positiva na produtividade, no engajamento e na retenção.

Neste post, vamos apresentar o Inventário Fatorial de Personalidade, contar um pouco como ele funciona e como ele pode ajudar a sua empresa. Se você tem interesse em afiar ainda mais seus processos seletivos, acompanhe!

O que é Inventário Fatorial de Personalidade?

Os inventários psicológicos são usados para avaliar aspectos dos indivíduos e testar teorias sobre a personalidade. O Inventário Fatorial de Personalidade tem como objetivo medir dimensões da personalidade, que funcionam como elementos em processos motivacionais e mediam atos e comportamentos.

Originalmente, os 15 fatores medidos pelo IFP são: assistência, dominância, ordem, denegação, intracepção, desempenho, exibição, heterossexualidade, afago, mudança, persistência, agressão, deferência, autonomia e afiliação.

No Brasil, o teste sofreu algumas revisões, graças ao Conselho Federal de Psicologia, que recomenda que não sejam realizadas perguntas de cunho sexual em testes psicológicos, pois elas podem até mesmo constranger o avaliado. Com isso, o fator heterossexualidade foi excluído do teste em novas versões.

Quer saber mais sobre testes online e como eles podem ajudar o seu RH a recrutar melhor? Assista ao nosso webinário sobre testes online.

O que é teste IFP?

É por meio do teste IFP que esses fatores podem ser mensurados, chegando assim a uma definição dos aspectos comportamentais mais importantes do indivíduo. Esse teste pode ser aplicado individual ou coletivamente, em uma população entre 14 e 86 anos de idade.

Dentro da realidade das empresas, esse teste pode ser usado para uma orientação profissional ou para identificar o alinhamento de candidatos a uma vaga com o fit cultural da empresa.

Trata-se de uma avaliação bem eficiente e que ajuda a perceber qual o perfil do profissional, seja como candidato a uma vaga ou já contratado. O teste é uma das várias ferramentas usadas na seleção de profissionais, aumentando a assertividade do processo.

Como ele é aplicado?

Para a aplicação da avaliação, são necessários o caderno de teste, folha de resposta, folha de apuração e lápis. O teste não tem limite de tempo, mas não deve ultrapassar muito a marca de 45 minutos.

Além dos 15 fatores que determinam o perfil de personalidade, são aplicadas questões para garantir a validade do teste, além da categoria de desejabilidade social, que é usada para assegurar que a pessoa que está sendo testada não está apenas respondendo o que é esperado.

As perguntas relacionadas aos fatores de personalidade são colocadas aleatoriamente. Após a aplicação do teste, as pontuações das questões relacionadas a cada aspecto da personalidade são somadas e, a partir desse resultado, são apuradas as pontuações brutas e percentuais.

A classificação é feita a partir das pontuações com maior índice percentual apurado, e assim sucessivamente até chegar ao menor índice.

O que o teste avalia?

O teste IFP ajuda a identificar tendências comportamentais dos avaliados, como o desejo de impressionar, a necessidade de ser ouvido, a tendência a se sobressair em relação aos outros, a capacidade de agir de maneira independente, entre outras características.

Vale lembrar que esse teste é um recorte da personalidade da pessoa, mas com limitação temporal. Por isso, é interessante levar em consideração outras avaliações, assim como aspectos como história de vida, cultura, contexto social, entre outros.

As situações psicológicas e físicas que o avaliado está enfrentando no momento também influenciam os resultados. Por isso, é importante, quando se trata de pessoas já contratadas, fazer um acompanhamento dos resultados desse teste, traçando comparativos ao longo do tempo.

Quais os objetivos do teste?

A aplicação do IFP, assim como dos demais testes psicológicos, ajuda a organização a identificar se o candidato vai ter boa adaptação à cultura organizacional. Por exemplo, dificilmente um trabalhador muito extrovertido vai conseguir se adaptar a um local que exige uma atitude mais calma e concentrada da equipe.

Outra situação importante é entender como o candidato responde em momentos de extrema tensão, como lida com o convívio com os colegas ou como se comporta diante de hierarquias, se é capaz de controlar um time ou de acatar ordens.

Em que momentos ele deve ser aplicado?

O teste IFP é uma excelente ferramenta para um recrutamento mais direcionado. Por meio dele, o selecionador consegue identificar os perfis de profissionais com as características necessárias para ocupar as vagas em aberto.

Além disso, a identificação dessas características pode ajudar na seleção dos funcionários dentro de um plano de carreira. Cargos de liderança exigem traços como autoridade, confiança e empatia para desenvolver bem o papel.

A realização de testes também é recomendada para a formação de equipes, quando há a intenção de combinar diferentes personalidades para a composição de times versáteis e altamente produtivos.

Conhecer as características dos funcionários é útil para uma melhor gestão de pessoas, capaz de aproveitar ao máximo os talentos da organização e alcançar melhores resultados.

Como melhorar a aplicação de testes comportamentais em candidatos e colaboradores?

A aplicação de testes psicológicos, seja em um processo seletivo ou entre seus funcionários, deve seguir alguns parâmetros para que os resultados sejam verossímeis e reflitam os aspectos psicológicos com fidelidade.

Cuide do ambiente

A primeira providência é em relação ao ambiente. O recrutador deve escolher o local adequado para aplicar o teste. Se possível, isolado acusticamente e onde não ocorram interrupções. A temperatura e a iluminação devem estar adequadas, para que não incomodem o candidato e, consequentemente, influenciem os resultados.

Elimine a pressão

Vale lembrar que, apesar de o teste psicológico ser uma avaliação eliminatória em uma seleção, não se trata de uma prova. Não existem respostas certas ou erradas, mas as mais adequadas de acordo com o perfil procurado pela empresa, o que varia de uma organização para outra.

Procure então acalmar o candidato e deixá-lo à vontade para responder ao teste, para que você consiga ter uma avaliação confiável da personalidade dele.

O teste IFP é uma excelente ferramenta para melhorar os processos seletivos da sua empresa, otimizar as contratações e administrar os talentos com mais eficiência. Por meio dessas informações, o RH tem um quadro mais claro dos funcionários e consegue realocar pessoas e descobrir características que ainda não tinham sido reveladas.

Se você quer receber mais informações que possam ajudar no recrutamento e gestão da sua empresa, assine a nossa newsletter e seja notificado sobre todas as atualizações!

Rating: 3.7/5. From 3 votes.
Please wait...
Aumente a assertividade no seu R&S!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Kit - Entrevista de Candidatos

MATERIAIS GRATUITOS:

Certificação em Recrutamento e Seleção

Apresentação Mensal com Indicadores de RH

CONFIRA + MATERIAIS GRATUITOS

Continue lendo:

Indicadores de desempenho de RH: conheça os benefícios
Indicadores de desempenho de RH: conheça os benefícios

Toda organização é um organismo complexo. Há uma série de coisas acontecendo ao mesmo tempo e é preciso extrair ótimos resultados dos mínimos recursos. Nesse caso, contar com os benefícios  continue lendo »

Como fazer a análise do fit cultural de um candidato?
Como fazer a análise do fit cultural de um candidato?

Analisar o fit cultural de um candidato é uma prática que faz toda a diferença na hora de contratar. Isso, porque dentro dessa análise estão inseridos valores, ideais e objetivos  continue lendo »

Conheça os 3 principais tipos de testes psicológicos realizados
Conheça os 3 principais tipos de testes psicológicos realizados

Já faz algum tempo que as empresas concluíram que a avaliação de novos talentos não deve ser limitada à análise da qualificação e de experiências anteriores de um profissional. Por  continue lendo »

Testes psicológicos: saiba o que são, os principais tipos e seus benefícios!
Testes psicológicos: saiba o que são, os principais tipos e seus benefícios!

Fazer uma contratação acertada não é tarefa fácil. É preciso identificar o profissional que, além das exigências técnicas, tenha características de comportamento condizentes com a cultura organizacional. Quer aproveitar o  continue lendo »

Conheça os 3 tipos de dinâmica de grupo mais criativos
Conheça os 3 tipos de dinâmica de grupo mais criativos

Trocas de segredos, dinâmica do desafio e entrosamento entre equipes estão entre os tipos de dinâmica de grupo mais criativos existentes. Elas servem para tornar o recrutamento mais efetivo e,  continue lendo »

3 exemplos de dinâmicas de grupo e seus benefícios na seleção!
3 exemplos de dinâmicas de grupo e seus benefícios na seleção!

Entrosamento, iniciativa e desafio são apenas alguns exemplos de dinâmicas de grupos. E os seus benefícios são diversos, podendo ser aplicados desde o momento do processo seletivo, até os períodos  continue lendo »