Descubra como fazer testes de personalidade para R&S

18 de abril de 2018
Kenoby

Um dos aspectos a ser avaliado na hora de contratar um profissional é se a personalidade do candidato condiz com o cultural fit da empresa — alguns traços são importantes e essenciais, dependendo da função a ser assumida. A realização de testes de personalidade para R&S é importante para determinar esses aspectos e ajudar na decisão sobre qual pessoa é ideal para o cargo.

Neste post, vamos falar sobre a importância desses testes e apresentar os principais. Acompanhe!

Antes disso, aproveite para fazer o download gratuito de um material que vai ajudar muito no momento em que os candidatos já fizeram os testes e serão chamados para a empresa para realizarem as entrevistas. Baixe agora o Kit de Entrevistas de candidatos.

KIT: Checklist + Planilha para Entrevista de Candidatos


O que é personalidade?

A personalidade pode ser definida como o conjunto de características marcantes em um indivíduo, montando os padrões de como essa pessoa age, pensa e sente. Também define como cada pessoa vê e reage diante da vida e das relações.

A formação da personalidade é iniciada na infância e vai sendo moldada ao longo do período de crescimento, sofrendo influências do ambiente e do tratamento recebido. Essas características definem os indivíduos e evoluem de acordo com a construção interna do ser humano. É a personalidade que define o que as pessoas têm de diferente entre si e como se destacam diante dos outros.

Alguns traços são bem óbvios e ficam evidentes durante uma conversa ou entrevista de emprego. Outros são desconhecidos até mesmo pela própria pessoa e podem ser revelados por meio de avaliações.

Qual a importância de avaliar a personalidade dos candidatos?

As empresas enfrentam problemas com a retenção de talentos, e boa parte do turnover está ligada ao desalinhamento entre a personalidade dos funcionários e o fit cultural da empresa.

Cada organização tem um perfil de trabalho, com características marcantes entre a liderança e funcionários de destaque. Identificar esses aspectos a fim de definir o perfil da empresa é importante para determinar o Employer Branding e o estilo de atuação, contribuindo até mesmo para a construção da imagem dessa corporação.

Da mesma maneira, é essencial identificar a personalidade dos candidatos às vagas de determinada empresa. Entender como os futuros funcionários vão se comportar é essencial para prever se essas pessoas vão conseguir se adaptar bem ao ritmo de trabalho e à convivência com os demais colegas.

Além disso, é importante checar se essas pessoas têm as características necessárias para desempenhar a função. Por exemplo, para uma boa liderança é essencial ter espírito de equipe, capacidade de inspirar as pessoas e, ao mesmo tempo, empatia e habilidades de comunicação.

Realizar uma boa avaliação de personalidade dos candidatos durante o processo seletivo vai evitar a contratação de pessoas que não se encaixam no clima organizacional da empresa, evitando demissões futuras por inadequação, além de permitir a identificação de algum transtorno que possa prejudicar o andamento do trabalho.

Quais são os principais testes de personalidade para R&S?

Alguns testes de personalidade são usados com mais frequência dentro dos ambientes corporativos, e todos refletem aspectos importantes do comportamento dos candidatos. Destacamos os principais:

Big Five

A teoria do Big Five leva em consideração 5 fatores como centrais para a personalidade, atribuindo porcentagens a cada fator na tentativa de definir a personalidade do ser humano. São eles:

  • abertura à experiência: aborda a apreciação da arte e da beleza, e a recepção à novidade, com facetas como fantasia, sentimentos, estética, ações etc;
  • conscienciosidade: leva em consideração a organização e perseverança, com facetas como competência, ordem, autodisciplina, entre outras;
  • extroversão: tem foco na sociabilidade e se as pessoas usam fontes de energia internas ou externas. As facetas avaliadas aqui são emoções positivas, assertividade, atividade, calorosidade etc;
  • amabilidade: esse conceito leva em consideração a confiança e a honestidade, com facetas como altruísmo, modéstia e empatia;
  • neuroticismo: concentra-se nas emoções negativas e propensão a mudanças de humor. As facetas consideradas são ansiedade, depressão, vulnerabilidade, entre outros.

MBTI

Também chamado como Tipologia de Myers-Briggs, foi criado por duas mulheres fãs de Carl Jung e é um dos testes de personalidade para R&S mais usados no mundo todo.

Ele é realizado por meio de perguntas, que devem ser respondidas por meio de uma escala que varia entre “discordo totalmente” e “concordo totalmente”. A classificação é feita por uma combinação de 4 fatores que podem ser agrupados em: analistas (personalidade racional e intuitiva), diplomatas (com personalidade intuitiva e sentimental), guardiães (personalidade observadora e julgadora) e exploradores (personalidade observadora e perceptiva).

O teste MBTI indica o caminho para melhorar os relacionamentos interpessoais e as aptidões, reconhecendo os principais talentos e dificuldades das pessoas. Esse teste é muito usados em processos de coach.

DISC

A metodologia DISC, criada pelo psicólogo norte-americano William Moulton Marston, avalia o comportamento humano dentro de determinado contexto. Nesse teste, são observadas as ações das pessoas diante de determinada situação, considerando 4 aspectos:

  • dominância: análise do controle, poder e assertividade, motivado por desafios e eficácia;
  • influência: voltado às comunicações e sociabilidade, motivado por liberdade e criatividade;
  • estabilidade: avalia a persistência e paciência, motivado por cautela e eficiência;
  • conformidade: análise dos aspectos relacionados à organização, motivado por lealdade e estabilidade.

Esse método consegue indicar como será o comportamento das pessoas no ambiente de trabalho, mostrando tendências e competências com base na produtividade.

Quantum

Esse método faz a avaliação comportamental com base na linguística, estatística e hipnose Ericksoniana, levando em consideração 4 emoções primárias: ação, comunicação, estabilidade e referenciais.

Nessa avaliação, são feitas perguntas com algumas palavras a serem escolhidas como respostas. Essa palavra permite a medição do nível de acesso às emoções primárias do avaliado.

Os resultados desse teste são disponibilizados em relatórios e demonstram aspectos que influenciam a vida profissional, como relações interpessoais, estilo de liderança, planejamento e organização, trabalho em equipe, iniciativa etc.

Com a realização de testes de personalidade , a equipe de recrutamento da empresa tem mais insumos para fazer a escolha correta, além de conseguir identificar aspectos comportamentais que não ficam evidentes durante as entrevistas. Fizemos aqui um panorama rápido sobre o assunto, mas é interessante para você buscar mais dados ou até mesmo contar com a ajuda especializada para incorporar essa prática na sua empresa.

Agora, aproveite e assine a nossa newsletter para receber diretamente na sua caixa de entrada as atualizações e saber mais sobre processos inteligentes de recrutamento e seleção!

 

No votes yet.
Please wait...

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

Continue lendo:

Match de candidatos: utilizando Inteligência Artificial no R&S

A sociedade, ao longo do tempo, passa por evoluções tecnológicas que transformam hábitos e costumes. Isso modifica a forma como nos comunicamos e as funções exercidas nas empresas, fato mais  continue lendo »

Testes psicológicos para recrutamento e seleção: veja quais são!

Fazer uma contratação acertada não é tarefa fácil. É preciso identificar o profissional que, além das exigências técnicas, tenha características de comportamento condizentes com a cultura organizacional. Tendo isso em  continue lendo »

4 técnicas para buscar referências de candidatos

A busca por referências de candidatos pode ser o ponto-chave de uma boa contratação. Afinal, saber mais sobre o passado profissional de uma pessoa indica se ela está mesmo preparada  continue lendo »

Como fazer a análise do fit cultural de um candidato?

Analisar o fit cultural de um candidato é uma prática que faz toda a diferença na hora de contratar. Isso, porque dentro dessa análise estão inseridos valores, ideais e objetivos  continue lendo »

Métodos de seleção de colaboradores: como escolher o melhor?

Desenvolver um recrutamento e seleção de qualidade é fundamental para a corporação manter um bom desempenho no mercado. A escolha dos trabalhadores adequados permite ter mais produtividade e qualidade no  continue lendo »

BIG 5: entenda o que é e como utilizá-lo para avaliar seus candidatos

Fazer o recrutamento e a seleção de candidatos é uma tarefa desafiadora. Com tantas atividades, entrevistas, avaliações e feedbacks para fazer, profissionais de Recursos Humanos (RH) ficam muito sobrecarregados e  continue lendo »