18/3/2021

Como a avaliação por competências pode auxiliar no processo de R&S?

A avaliação por competências se tornou mais uma ferramenta estratégica do RH. Isso porque as lideranças das empresas já perceberam que, para conquistar resultados diferenciados, precisam estar atentas às pessoas.É preciso dedicar atenção não só a habilitações técnicas e conhecimentos, mas também aos traços comportamentais que o candidato apresenta. Assim sendo, a avaliação de competências contribui para a obtenção de um conhecimento global sobre o sujeito, proporcionando condições para análises mais precisas.O sucesso de qualquer negócio está diretamente ligado às capacidades técnicas, conhecimentos e habilidades dos funcionários. Além disso, ter uma visão ampla do quadro de colaboradores é muito importante. Isso porque só assim é possível assegurar tanto um bom andamento quanto a qualidade dos processos.A avaliação de competências contribui para potencializar os processos na empresa. Isso acontece por meio de um delineamento de padrão ideal, da análise do cenário e da realização de seleções que preencham as características mapeadas.Quer saber mais sobre esse tipo de avaliação e como ela pode ajudar no processo de R&S? Então, continue a leitura!

O que é a avaliação de competências?

É uma metodologia utilizada para aumentar a motivação e o engajamento do trabalhador. Para a empresa, ela proporciona a chance de saber como seus profissionais desempenham suas atividades e de que maneira as potencialidades de cada indivíduo podem ser desenvolvidas.Essa metodologia confere objetividade e transparência nos processos e oferece credibilidade para a organização. Tudo isso na medida em que diminui drasticamente as percepções subjetivas.Essa avaliação é uma ferramenta de gestão de pessoas que faz uma análise sistemática do desempenho dos colaboradores em função das atividades que realizam. Além disso, analisa os resultados alcançados, os objetivos estabelecidos e o potencial de desenvolvimento de cada funcionário.Nesse modelo de mensuração de resultados, é possível dizer que as competências devem ser observáveis na atuação do colaborador. A avaliação deve levar em consideração o desempenho anterior do profissional e dar a ele a oportunidade de se capacitar. Isso corrige desvios e define ações de desenvolvimento para o futuro.A palavra competência engloba os conhecimentos, as habilidades e as atitudes do profissional. Isso significa envolver a dimensão dos conhecimentos técnicos e teóricos, a habilitação em colocar esses saberes em prática e a postura diante da solicitação e realização das tarefas.As competências são classificadas de acordo com a demanda do cargo, sendo avaliadas a partir de ocorrências concretas e anteriores. Avaliando fatos do passado relatados, a organização pode desenvolver ações para a continuidade das boas atitudes e para o direcionamento de propostas mais construtivas quando necessário.Antes de continuar, aproveite e baixe agora o nosso guia para a criação de uma página de carreiras.

Como a avaliação de competências pode auxiliar nos processos seletivos?

A avaliação de competências ajuda nos processos seletivos a partir da análise de questões técnicas e comportamentais dos candidatos. Isso permite ter uma visão mais aprofundada sobre o profissional, o que facilita as observações e oferece conteúdo estratégico para a escolha dos mais aptos.As competências comportamentais estão relacionadas à postura e à visão de mundo dos candidatos. Destacamos que esses aspectos devem avaliar a capacidade do profissional de trabalhar em equipe, o comprometimento com a empresa, o perfil de liderança e a postura ética.O recrutador pode avaliar as competências de um candidato ao fazer perguntas e dinâmicas que incentivem o profissional a falar sobre as suas vivências. Esses processos auxiliam na formação do perfil comportamental a partir da visão de que o passado ajuda a entender melhor e a ter uma perspectiva sobre as possíveis reações futuras dos candidatos.O objetivo é evidenciar como aquele profissional, além da formação técnica, age no cotidiano do trabalho. Assim, além das competências técnicas e comportamentais específicas, a avaliação também analisa outras competências que são consideradas fundamentais para todas as funções — como comunicação interpessoal, raciocínio lógico e resiliência.

Quais são as vantagens da avaliação de competências nos processos de R&S?

Atualmente, a avaliação de competências tem espaço garantido nas organizações, já que, por meio dela, é possível reduzir as chances de uma seleção equivocada. Entre as vantagens da avaliação aplicada ao R&S se destacam:

  • mais objetividade nos processos de recrutamento e seleção;
  • parâmetros para uma avaliação do desempenho futuro;
  • maior adequação do profissional à empresa;
  • diminuição da rotatividade de pessoal e, consequentemente, maior produtividade.

Além disso, a avaliação ajuda os funcionários a alcançar as metas estabelecidas pela organização, bem como colabora para melhorar os chamados indicadores de RH. Esse cenário acontece porque, em vez de realizar a cobrança de resultados e estimular que as pessoas façam a busca de meios por conta própria, o modelo faz o direcionamento da criação das condições para que os colaboradores entreguem o que se espera deles.

Quais são as vantagens da avaliação de competências para as empresas?

A avaliação de competências favorece todo o fluxo de contratações e de gestão de talentos na empresa. Dessa forma, é possível dizer que ela gera contribuições sistêmicas, desencadeando um ciclo positivo de trabalho. A proposta é construir uma cultura de aprimoramento contínuo, que começa no recrutamento e seleção e se estende para toda a carreira do profissional no negócio.Entenda mais sobre os benefícios gerados pela avaliação por competências a seguir!

Aumento da produtividade

Quando as competências do funcionário e as necessidades da empresa estão alinhadas, isso reflete em alto ganho de produtividade para a organização. Isso porque as pessoas terão o conhecimento, as habilidades e as atitudes esperadas para a função.Dessa forma, terão condições de empregar os recursos disponíveis e entregar para a companhia valores importantes para o seu desenvolvimento. Esse aumento no desempenho individual confere às empresas mais competências para atingir as metas, como o aumento das receitas e a busca pelo crescimento no mercado de atuação.

Superação de metas

Com o auxílio da avaliação, os funcionários terão as condições técnicas, comportamentais e relacionais requeridas para as tarefas das suas funções. Assim, se os objetivos e as metas forem adequados aos cargos, a tendência é que a estratégia traçada pelo RH das empresas se concretize.Além dessas vantagens, é possível destacar:

  • a identificação das necessidades de desenvolvimento da equipe em termos de políticas de educação corporativa;
  • o incentivo às políticas de RH para oferecer oportunidades de crescimento profissional, que estimulem a performance individual e coletiva, além de melhorar o relacionamento interpessoal;
  • o mapeamento do perfil dos colaboradores e dos aspectos que influenciam diretamente a vitalidade da empresa;
  • a agilidade nas ações de recrutamento interno, o que permite a busca pelos profissionais certos e preparados para uma nova função dentro da organização.

De que maneira é possível implantar a avaliação de competências?

Para fazer uma avaliação que traga resultados precisos, é necessário começar com um mapeamento das características necessárias para um bom desempenho dos processos e atividades da função. Você deve identificar quais competências são essenciais dentro de cada cargo.As competências técnicas se referem a conhecimentos teóricos, formação e participação em cursos que contribuem para a boa performance. É possível dizer que é o saber, os entendimentos formais para a realização da função com sucesso.As competências comportamentais se referem às características pessoais, às habilidades socioemocionais, à maturidade e a qualidades que contribuem para a efetivação das tarefas. Cada profissão pode exigir determinados tipos de talentos.As habilidades conceituais são referentes ao domínio de teorias e aos conceitos que suportam as atividades. Já as técnicas dizem respeito à compreensão dos instrumentos e métodos específicos de cada área. Por fim, as interpessoais estão relacionadas às competências de interação e comunicação eficaz.Após o levantamento dessas informações, um perfil de cada colaborador é elaborado em relação a essas competências. É importante salientar que, a depender da função realizada pelo trabalhador, algumas competências ganham maior relevância que outras. Portanto, é esperado que os profissionais avaliados tenham maior domínio delas.Uma avaliação por competências também pode ser utilizada para analisar e fundamentar um planejamento de carreira, um sistema de reconhecimento e remuneração mais coerente. Além disso, ela pode auxiliar no recrutamento interno e nas recolocações. Ela torna possível ainda ter um conhecimento mais abrangente acerca das dificuldades da equipe. Isso permite mais eficiência nos programas de treinamento.

Como o recrutamento e seleção por competências pode ser feito adequadamente?

O recrutamento e seleção por competências funciona com estrutura similar a de um R&S convencional. Porém, envolve alguns procedimentos adicionais para fortalecer o enfoque em conhecimentos, habilidades e atitudes. Aprenda mais sobre o assunto com os passos a seguir!

Faça um mapeamento de competências para o cargo

A estruturação de um processo de recrutamento e seleção por competências começa com o mapeamento dos aspectos que são necessários ao candidato para o preenchimento da vaga. Isso significa delinear adequadamente a demanda para moldar o perfil de colaborador desejado.Nesse contexto, é importante dar ênfase às competências de acordo com as atribuições da função. Dessa forma, é possível estabelecer o padrão almejado e buscar o profissional com as competências mais alinhadas ao ideal.

Realize um checklist

O checklist é uma ferramenta para acompanhamento interno. A partir do padrão ideal delineado na fase anterior, faça uma lista das competências indispensáveis para o bom desempenho da função. Avalie os candidatos preenchendo o checklist, marcando as competências presentes e ausentes.

Estruture um roteiro de entrevista

A avaliação de competências é favorecida com a análise de fatos verídicos do passado. Quando o candidato conta sobre um determinado ocorrido e mostra as atitudes que tomou, ele fornece ao recrutador um conteúdo importante.Com essas informações, é possível ter algum nível de previsibilidade em relação a atitudes futuras e em demandas da função. Destacamos, contudo, que essa é uma estimativa: ela favorece a avaliação, mas não consegue ser um dado exato. Assim, estruture um roteiro de entrevista que retome experiências profissionais do passado de modo a obter conteúdos que ajudem na avaliação do candidato.

Invista em dinâmicas

As dinâmicas podem favorecer a avaliação de competências, na medida em que permitem visualizar como os candidatos se comportam diante de colegas e de demandas de trabalho. Lembre-se de selecionar dinâmicas com ética e que tenham relação com as funções a serem preenchidas.

Utilize testes de personalidade e testes técnicos

Os testes de personalidade são uma ferramenta importante para conhecer um pouco mais sobre as características e atitudes dos candidatos. Contudo, eles devem ser aplicados por psicólogos credenciados.Já os testes técnicos também são opções relevantes para medir os conhecimentos dos profissionais. Redações e provas objetivas são boas alternativas para essa etapa.

Proceda com a análise de resultados

Todas as informações coletadas devem ser comparadas ao perfil de competências estabelecido para o cargo. Busque o profissional que mais se aproxima do padrão idealizado. Esse processo também pode ser facilitado com o apoio da tecnologia.

Como a tecnologia pode ajudar no processo de avaliação de competências no recrutamento e seleção?

A tecnologia oferece grandes possibilidades para o R&S por competências. Os softwares de gestão para recrutamento e seleção utilizam tecnologias avançadas para o mapeamento de competências dos candidatos.A proposta é que o profissional responda a alguns testes e questionários, alimentando o sistema com as informações necessárias. Com base em avançadas tecnologias, as quais fornecem dados de forma objetiva, precisa e inteligente para o recrutador, o software mapeia as características.Destacamos que o sistema atua desde a triagem de currículos até a admissão, contribuindo para uma seleção ágil, precisa e coerente. As triagens são facilitadas pela integração entre o software e a plataforma, estimulando a categorização e a priorização de competências imprescindíveis ao cargo.A solução auxilia o recrutador na continuidade do processo, contribuindo no mapeamento de conhecimentos, habilidades e atitudes dos candidatos e facilitando o cruzamento de dados para a escolha da pessoa com perfil mais próximo ao padrão exigido pela vaga. No período atual, de aumento da digitalização do R&S devido à pandemia de coronavírus, os softwares são uma excelente alternativa, uma vez que facilitam a informatização das atividades e a realização de escolhas precisas.

Quais são os diferenciais da solução da Kenoby nesse sentido?

O Kenoby é uma solução de gestão de recrutamento e seleção que fornece uma série de vantagens para a empresa, contribuindo para contratações certeiras e tornando o processo mais ágil e eficaz. O sistema atua da requisição à admissão, começando por um fluxo digital gerenciado por e-mail que fornece canal para solicitar e aprovar vagas.Com procedimentos ágeis, precisos e simples de executar, o Kenoby viabiliza a rápida divulgação da vaga em diversos canais. O sistema também permite a aplicação de testes virtuais, além de possibilitar o agendamento de dinâmicas e entrevistas em grande volume com poucos cliques.A solução facilita a montagem de roteiros de entrevistas estruturadas, favorecendo a qualidade e a objetividade do processo. A participação dos gestores também é melhorada, já que a plataforma oferece canais de comunicação interna. Isso é positivo para as avaliações e estimula admissões mais alinhadas ao perfil ideal para a função.O Kenoby favorece a criação de modelos para cartas de proposta e de negociação, agilizando o processo. Ele se integra a outras plataformas que tenham interfaces de programa de aplicações API (do inglês Application Programming Interface). Isso facilita a gestão e a comunicação.Vale ressaltar que o sistema gera grandes contribuições em diversos contextos. Na pandemia, ele é uma excelente alternativa para que a digitalização do R&S proporcione qualidade, melhore a experiência do candidato e aumente a eficácia do processo.A avaliação de competências é uma ferramenta que potencializa os processos de recrutamento e seleção. Ela contribui com uma estrutura de dados e indicadores precisa, que auxilia na comparação entre o candidato e o perfil ideal da vaga. Dessa forma, as análises são realizadas de forma inteligente e com uma estrutura de informação adequada para a demanda.O Kenoby é um software de gestão de recrutamento e seleção que gera grandes contribuições para todo o processo. Ele digitaliza o R&S mantendo um alto padrão de qualidade e conferindo maior agilidade e eficiência para todos os procedimentos. É uma plataforma extremamente funcional, que contribui para a alta performance, velocidade e tranquilidade nas admissões.Gostou de aprender sobre como a avaliação de competências contribui para o recrutamento e seleção? Aproveite e entre em contato com a Kenoby! Teremos prazer em ajudar!

Vamos partir para a ação?

Faça agora mesmo uma demonstração da nossa ferramenta.

Fale comum Especialista