7/1/2022

Banco de talentos: como construir um de sucesso?

Banco de talentos: como construir um de sucesso?

Criado para auxiliar as empresas na contratação e na retenção de pessoas, o banco de talentos é, hoje, uma das principais estratégias de RH para a gestão das áreas.

Isso por conta de sua principal atribuição: com ele, a empresa consegue saber diversas informações, como formação e experiências tanto de seus colaboradores quanto de candidatos.

Uma das prioridades do RH das empresas é fazer recrutamento e seleção de talentos que tenham grandes chances de acerto e aumentem a probabilidades de contratar os profissionais ideais para preencher as vagas.

O desenvolvimento de um banco de talentos é uma das estratégias usadas para encurtar essa tarefa.

Mas quais são os benefícios reais que essa prática pode oferecer à empresa? Como montar um acervo funcional realmente capaz de trazer resultados? Responderemos a essas e outras perguntas neste post. Leia!

O que é um banco de talentos?

Você já se sentiu frustrado em viver uma busca constante por profissionais com perfil comportamental alinhado aos objetivos da empresa e que também tenham um bom repertório de aptidões e competências, mas demorou meses para encontrar?

O banco de talentos pode ajudar a resolver esse problema. Estamos falando de uma ferramenta importante para encontrar novos colaboradores, composta pelo conjunto de informações sobre todos os candidatos que já passam pelos processos seletivos da empresa.

Esse acervo é composto por informações riquíssimas que vão desde dados pessoais, como nome, idade, endereço, telefone, escolaridade, até as soft skills e hard skills.

Essas informações não precisam necessariamente se resumir aos candidatos que passaram pelo processo seletivo, mas não foram contratados. Aqueles que foram efetivados e se tornaram colaboradores também devem ser incluídos, afinal, podem participar de recrutamentos internos e progressão de carreira em Y em eventuais estratégias de gestão de pessoas adotadas pela empresa.

Qual a principal função de um banco de talentos?

A principal função do banco de talentos é acelerar os processos internos de contratação e torná-los mais assertivos.

No entanto, é recomendável que a organização dessas informações seja feita digitalmente, por meio de softwares, para que fiquem ordenadas, seguras e de fácil acesso. Dessa forma, pode cumprir de fato com o objetivo da ação: trazer mais qualidade e agilidade ao processo.

Depois que o banco de talentos estiver devidamente organizado, será possível consultá-lo sempre que uma vaga de emprego for aberta ou uma promoção for estudada. Mas lembre-se de mantê-lo atualizado!

Como usar o banco de talentos?

Muitas empresas se enganam ao achar que estão construindo um banco de talentos apenas investindo na sessão “trabalhe conosco” de seus site corporativo. Esse é um nítido sinal de que não enxergam essa ferramenta como uma conexão direta entre profissionais e a gestão de pessoas. E isso merece um alerta.

O banco de talentos não deve ser usado sozinho, esperando que as pessoas simplesmente cheguem até o site e se candidatem. É necessário um trabalho de divulgação da cultura organizacional com o objetivo de despertar e manter o interesse pela empresa.

A partir desse pensamento e dessa estratégia, o "trabalhe conosco" se torna um atalho econômico e eficiente para a atração de talentos e a construção de um arquivo de currículos. Portanto, é correto dizer que o uso do banco é estratégico e exige planejamento.

Por que adotar um banco de talentos?

Como dito anteriormente, o banco de talentos reúne dados de pessoas que já se candidataram para fazer parte do quadro de funcionários da empresa, com informações sobre experiência, habilidades, formação acadêmica, entre outras.

Apesar de parecer trabalhoso à primeira vista, essa ferramenta vai ajudar a ganhar tempo durante o recrutamento de profissionais. Com essa prática, é possível aproveitar processos seletivos anteriores e dispensar uma nova atração de talentos.

O RH pode filtrar pelas competências e encontrar o candidato ideal dentro dos currículos armazenados. As empresas podem guardar os currículos e contatos de profissionais que já tentaram entrar na organização anteriormente.

Os mais indicados são os que passaram por várias etapas do processo seletivo, mas que não foram contratados. Essas pessoas têm grandes chances de atender às exigências da corporação.

Muitas vezes, elas foram dispensadas simplesmente porque o outro candidato tinha alguma competência a mais, o que não significa que também não poderiam realizar o trabalho com excelência.

Além disso, a empresa pode deixar um campo em aberto para que os interessados em fazer parte do quadro de funcionários enviem seus currículos, mesmo sem nenhuma vaga em vista.

A partir dessas informações, o departamento de RH já vai contar com uma boa bagagem de contatos para começar a fazer a triagem. Feita essa seleção, o profissional de R&S precisa começar a se preparar para os testes e entrevistas.

Pensando nisso, elaboramos um Kit para Entrevistas de Candidatos que pode te ajudar nesse passo. Faça o download gratuito!

Que benefícios um banco de talentos pode trazer?

A iniciativa de armazenar currículos de candidatos pode trazer diversos ganhos para o RH da empresa. Entre os principais benefícios, citamos os seguintes, veja!

Otimização dos processos

Um banco de talentos bem estruturado faz com que o processo seletivo ocorra com mais agilidade, afinal, a primeira etapa que consiste em anunciar a vaga, ler e fazer a triagem dos perfis é uma das mais demoradas e trabalhosas. Na construção do acervo, a primeira parte já vai ter sido realizada.

Diminuição de custos

Como consequência da otimização da seleção de talentos, os custos para a organização diminuem, não só em relação às triagens e entrevistas, mas também aos prejuízos que uma vaga em aberto provoca.

Facilidade de segmentação

Outra vantagem expressiva que o banco de talentos oferece é a facilidade em encontrar uma competência específica necessária para exercer determinada função. Para isso, é interessante que a empresa conte com um software especializado capaz de realizar filtragens avançadas.

Como montar um banco de talentos eficiente?

Destacamos os principais cuidados que você deve ter para estruturar um banco de talentos eficaz para sua empresa, capaz de oferecer todos os benefícios que citamos.

Armazene as informações virtualmente

De modo geral, a digitalização do RH é necessária para facilitar a rotina e preservar documentos importantes do setor. E os currículos recebidos fazem parte desse arsenal!

Mesmo que a empresa os receba em papel ou os imprima para facilitar a visualização, o banco de talentos deve ser virtual. Isso vai garantir a integridade dos documentos, otimizar o espaço físico e permitir que as pesquisas sejam feitas de maneira mais rápida e precisa.

Guarde os melhores currículos de seleções anteriores

Como citamos, uma das grandes vantagens que o banco de talentos oferece é a oportunidade de aproveitar contatos que participaram de processos seletivos anteriores, demonstraram as aptidões necessárias, mas que por algum motivo menor não foram contratados.

Você pode aproveitar essas informações para um projeto de expansão da empresa ou para uma reestruturação interna.

Mantenha o banco de currículos atualizado

A melhor maneira de organizar essas informações é armazená-las em ordem cronológica, destacando os currículos mais antigos.

Há uma grande chance de que eles estejam desatualizados, o que não é interessante para a empresa. Procure também fazer varreduras periódicas para destacar currículos enviados em duplicidade ou perfis que foram descartados por não se encaixarem no fit cultural da empresa.

Conte com a ajuda de softwares online

Ferramentas online conseguem armazenar os currículos de maneira mais eficiente e rápida, organizar essas informações em categorias para facilitar a busca, fornecer relatórios e dashboards com uma visão geral do conteúdo, entre outras facilidades.

O uso de um banco de talentos associado a um software de gestão de capital humano, inteligente e funcional vai otimizar potencialmente os processos seletivos, centralizando esse trabalho e tornando-o mais prático e assertivo.

Os softwares também obrigam o candidato a preencher todos os campos que são importantes para a empresa, evitando o recebimento e armazenamento de currículos incompletos ou que não contribuam com um banco de talentos eficaz.

Faça backups do seu banco de talentos

Apesar de toda a facilidade e acessibilidade que a informatização oferece, alguns erros de sistema podem desperdiçar todo o seu trabalho.

Por isso, faça backups periódicos do banco de talentos. Assim, você cuida da segurança das informações, evita que dados importantes se percam e garante que os contatos daquele profissional excelente que não pôde ser aproveitado no semestre anterior permaneçam armazenados.

Aproveite as redes sociais

Algumas redes sociais são excelentes para a captação de novos talentos para a sua empresa. Inclua algumas buscas por esse canal e armazene os perfis mais interessantes no seu banco de dados.

Vale lembrar que as redes sociais não substituem os recrutamentos tradicionais nem conseguem oferecer a mesma qualidade de triagem que os softwares especializados, mas podem representar mais uma fonte útil de informações para o RH.

Faça a triagem dos currículos

É importante que os currículos coletados sejam triados e catalogados de acordo com os cargos, experiência, formação e competências dos profissionais. O banco de talentos não é melhor pela quantidade, mas pela qualidade das informações armazenadas.

Lembre-se de que o objetivo é criar atalhos para chegar a grandes talentos com mais facilidade, agilizando o processo de contratação ou recrutamento interno com economia, praticidade e inteligência.

Por isso, da mesma forma que os recrutadores realizam a triagem de currículos buscando posicionar a pessoa certa para o cargo certo, o banco de talentos deve ser organizado com o mesmo zelo e obedecendo a essas premissas.

Dessa forma, antes mesmo de divulgar uma vaga, a empresa amplia as possibilidades de encontrar o profissional ideal rapidamente em seus arquivos internos.

Atente à LGPD

Pelo fato de o Banco de Talentos conter informações pessoais de candidatos a vagas de emprego ou de colaboradores, ele está sujeito à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Por isso, garanta a segurança dos dados dos usuários na plataforma, dando acesso a essas informações somente a pessoas autorizadas pela organização.

Outra aplicação da Lei é com relação à transparência: os candidatos devem estar cientes da finalidade do arquivo de informações e do período em que elas ficarão arquivadas.

Estabeleça meios de contato com os profissionais

Criar canais de comunicação com os candidatos é uma das soluções para suprir as necessidades de atualização do banco de currículos.

Uma das estratégias para isso é utilizar o e-mail marketing: o envio de e-mails periódicos possibilita a atualização de cadastro e currículos profissionais — especialmente daqueles que continuam interessados em fazer parte da equipe.

Outra opção que irá otimizar esse trabalho de atualização das informações é escolher uma plataforma com formulários automatizados, onde o candidato poderá alterar seus dados frequentemente, sinalizando que continua disponível para disputar uma vaga.

Quais cuidados a empresa deve ter na hora de montar o banco de talentos?

Citamos, ao longo deste artigo, que um banco de talentos eficiente deve ser construído de maneira planejada e estratégica, sendo vinculado a um trabalho constante da imagem da empresa como marca empregadora.

Uma vez que o employer branding sustenta essa estratégia, quando há falhas nesse trabalho por parte da empresa, os profissionais dificilmente vão enxergar que há uma proposta de valor. Consequentemente, vão achar que não faz sentido responder ao “trabalhe conosco”.

Falamos, também, sobre a importância de manter esse arquivo atualizado. O problema é que nem sempre há alguém designado para nutrir os arquivos, e o preço a ser pago pela desatualização desses dados é muito alto. Afinal, de nada ainda estar recheado de informações se elas já estão defasadas — nesse caso, podem até serem chamadas de falsas.

Qual o passo a passo básico para construir um banco de talentos?

Para encerrar nosso material sobre banco de talentos, elaboramos um resumo sobre o assunto, com dicas rápidas para você consultar sempre que achar necessário.

Como você deve ter percebido, organização, atualização e tecnologia são ferramentas essenciais na construção de um banco de talentos realmente útil para qualquer modelo de recrutamento.

É importante ressaltar que o banco de talentos, por si só, não faz milagres. O setor de recursos humanos da empresa deve realizar um mapeamento completo do tipo de perfil profissional adequado para cada cargo. Com isso, os recrutadores saberão exatamente o que procurar ao consultar seu arquivo de currículos.

Com todos esses pontos elucidados, confira o passo a passo:

  • selecione os melhores currículos recebidos em seleções anteriores;
  • categorize os documentos de acordo com experiência, cargo pretendido, qualificações, se a pessoa passou ou não na seleção;
  • estabeleça um calendário de atualizações e entre em contato com essas pessoas convidando-as para manter o currículo atualizado no banco de talentos — importante deixar claro que não se trata de uma vaga específica em aberto, mas de possibilidades futuras;
  • vá para as redes sociais e convide os usuários a preencher os formulários da sessão "trabalhe conosco" para fazer parte do banco de talentos — aqui você pode até fazer uma alusão aos cadastros de reserva de concursos públicos;
  • procure por ferramentas tecnológicas que mantenham o acervo organizado e facilite a consulta.

A construção de um banco de talentos rico e bem organizado pode ajudar muito a empresa na hora de contratar um profissional com urgência, permitindo que os processos seletivos contem com pessoas mais capacitadas e que se ponham a favor da imagem corporativa, afinal, é interessante para os candidatos serem lembrados posteriormente.

Se você precisa de ajuda não só para organizar essas informações, mas para melhorar os processos seletivos da sua organização, entre em contato conosco e conheça as nossas soluções!

Vamos partir para a ação?

Faça agora mesmo uma demonstração da nossa ferramenta.

Fale comum Especialista