Entenda como fazer uma avaliação de desempenho na empresa

12 de setembro de 2018
Kenoby

Existem diversos modelos de avaliação de desempenho, como a autoavaliação ou avaliação em 360 graus. Para ajudar você nessa tarefa, criamos este post que ensina como fazer uma avaliação de desempenho bem-sucedida. Acompanhe nossas dicas e boa leitura!

Sempre há situações em que o desempenho apresentado por uma equipe ou funcionário está abaixo do ideal. Para manter um padrão de qualidade de serviço, é preciso avaliar o desempenho nas entregas e investigar as razões envolvidas. A questão é: como fazer uma avaliação de desempenho?

A avaliação de desempenho é o processo pelo qual se busca identificar o alinhamento entre o comportamento do colaborador e as expectativas da empresa. Se existem lacunas entre o resultado atual e o ideal, é necessário investigar as causas do problema. Na maioria das vezes, a avaliação é aplicada pelo profissional de gestão de pessoas, mas outros líderes também podem usar a técnica.

Qual é o objetivo da avaliação?

Ok. Sua equipe vai passar pelo processo de avaliação de desempenho, mas por quê? O primeiro passo é estabelecer um objetivo, munir todo o trabalho de propósito. Assim, você e toda a equipe que fará parte da avaliação poderão ter uma melhor direção.

É possível que o objetivo da avaliação seja gerar feedbacks aos talentos, definir quais serão os treinamentos realizados, criar planos de desenvolvimento individual ou definir quem vai ser promovido ou desligado da empresa. Não importa qual seja o objetivo, é fundamental que ele esteja claro para guiar os responsáveis no processo de avaliação.

Antes de continuar, aproveite para baixar o nosso guia de boas práticas de Recrutamento e Seleção.

Quais serão os critérios de avaliação?

O segundo passo é estabelecer como a estratégia será feita, isto é: estipular uma tática que leve ao objetivo inicialmente determinado. Existem muitas ferramentas com critérios previamente definidos e que, certamente, facilitam o trabalho.

A escolha do método mais adequado varia de acordo com o objetivo inicial e disponibilidade da equipe de recursos humanos. Veja alguns exemplos:

  • avaliação em 360 graus — é o mais complexo e envolve várias pessoas;
  • avaliação em 180 graus — envolve líder e liderado;
  • autoavaliação — o profissional avalia a si próprio;
  • os 4 colaboradores de Jack Welch — avalia valores e performance.

Quais foram os resultados obtidos?

Após avaliar cada profissional de acordo com os critérios previamente definidos, é hora de analisar os resultados obtidos. Aqui, a ideia é ligar os pontos e verificar o que tem acontecido. Com isso, é possível ter uma visão mais sistêmica dos profissionais e das equipes.

Na análise, faça anotações pertinentes. Mais tarde, elas poderão ser repassadas aos funcionários ou aos líderes de equipes na forma de feedback.

Como a empresa e os funcionários podem crescer com a avaliação?

O último passo não é obrigatório, mas é realmente interessante. Após a avaliação e a análise dos resultados, você já conhece bem os talentos da empresa e seus potenciais de crescimento. Portanto, fica mais fácil criar um plano de desenvolvimento individual.

Esse plano cruza objetivos e resultados-chave com competências para que o profissional ocupe determinados cargos dentro da empresa, funcionando como uma espécie de plano de carreira. Assim, poderá estimular o aprimoramento de cada indivíduo.

Agora que você já sabe como fazer uma avaliação de desempenho, viu que não é algo complexo, certo? Os benefícios, por outro lado, são inúmeros. Tanto a empresa, que aumenta sua competitividade e produtividade, quanto o funcionário, que pode conhecer melhor suas forças e fraquezas, são beneficiados. Sendo assim, seu negócio pode crescer e lucrar mais!

Gostou de saber como funciona a avaliação de desempenho na empresa? Então, aproveite e confira também este guia completo de avaliação em nosso blog!

Rating: 1.0/5. From 1 vote.
Please wait...
Aumente a assertividade no seu R&S!

NOVIDADES DO BLOG

Receba semanalmente as novidades do blog e transforme o seu recrutamento!

MATERIAIS GRATUITOS:

Certificação em Recrutamento e Seleção

Apresentação Mensal com Indicadores de RH

Kit - Entrevista de Candidatos

CONFIRA + MATERIAIS GRATUITOS

Continue lendo:

Conheça os 3 principais tipos de testes psicológicos realizados

Já faz algum tempo que as empresas concluíram que a avaliação de novos talentos não deve ser limitada à análise da qualificação e de experiências anteriores de um profissional. Por  continue lendo »

Testes psicológicos: saiba o que são, os principais tipos e seus benefícios!

Fazer uma contratação acertada não é tarefa fácil. É preciso identificar o profissional que, além das exigências técnicas, tenha características de comportamento condizentes com a cultura organizacional. Tendo isso em  continue lendo »

3 exemplos de dinâmicas de grupo e seus benefícios na seleção!

Entrosamento, iniciativa e desafio são apenas alguns exemplos de dinâmicas de grupos. E os seus benefícios são diversos, podendo ser aplicados desde o momento do processo seletivo, até os períodos  continue lendo »

Como avaliar um candidato em um processo seletivo

Quando pensamos em recrutamento e seleção, sempre valorizamos mais o primeiro conceito — publicar nos melhores sites de vagas, criar campanhas inovadoras — e pouco falamos sobre como avaliar um candidato. É  continue lendo »

Descubra quando aplicar testes psicológicos em sua empresa

As empresas aderem cada vez mais a diferentes estratégias para acertar nas contratações, aumentando a probabilidade de escolher um candidato que tenha as competências técnicas e comportamentais necessárias para o  continue lendo »

Teste psicológico em recrutamento e seleção: conheça essa prática!

A aplicação do teste psicológico em recrutamento e seleção de pessoas é uma das ferramentas que o RH vem aplicando em um esforço para escolher o funcionário mais adequado para  continue lendo »