24/11/2020

Processo de recrutamento e seleção: como implantar

Processo de recrutamento e seleção: como implantar

O processo de recrutamento e seleção é um passo a passo que deve ser seguido para otimizar a atração, triagem, seleção e contratação de novos colaboradores. Para isso, algumas etapas devem ser adotadas para fazer com que o processo de R&S seja cada vez mais eficiente e estratégico.

Sem qualquer dúvida, o processo de recrutamento e seleção é uma das tarefas mais importantes de uma empresa. Ao realizá-la com qualidade, será possível atrair, contratar e integrar gente talentosa ao time de trabalho, aumentando o desempenho do negócio.

Antes de seguir com a leitura deste texto, aprenda muito mais sobre como automatizar os seus processos de recrutamento e seleção inscrevendo-se gratuitamente no mini curso por e-mail de automatização do R&S.

É preciso lembrar que todo processo de recrutamento e seleção obedece a várias etapas, uma espécie de passo a passo. Tudo começa na atração de profissionais acima da média, passa pela seleção por competências e chega à etapa de integração ao time.

Dessa forma, reunimos uma série de informações sobre o assunto e algumas dicas para que você entenda como realizar o processo de recrutamento e seleção com clareza e objetividade. Continue a leitura e confira!

Como implantar um processo de recrutamento e seleção eficiente?

A implantação de um processo de recrutamento e seleção que realmente consiga atrair pessoas capazes de trazer resultados para a empresa e demonstrem engajamento não é tarefa fácil.

Conheça o passo a passo para tornar a escolha dos próximos funcionários mais precisa e que traga retornos.

Busque uma estratégia de atração dos candidatos

Todo selecionador deve saber que encontrar mão de obra qualificada não é uma tarefa fácil. Isso não ocorre apenas no Brasil: 38% dos empregadores em todo o mundo admitem ter dificuldades em encontrar e contratar talentos.

Há muitas estratégias para atrair gente acima da média, sendo a construção de uma forte marca empregadora uma das mais eficazes. Ela consiste em transformar a marca da empresa em um verdadeiro ímã de talentos — o que já é feito por gigantes do mercado.

Para tal fim, vale o esforço de munir o trabalho de um propósito além do lucro, se comprometer com valores sociais mais amplos e tornar os atuais profissionais em promotores da marca.

Recrute por meio dos canais certos

Diferente da atração, que deve ser contínua, o recrutamento acontece quando há uma vaga em aberto. Consiste em divulgar a vaga e convidar profissionais para fazer parte do processo seletivo. Assim, é possível fomentá-lo com verdadeiros talentos.

Para o adequado recrutamento, é preciso conhecer o público-alvo, isto é, os talentos que deseja atrair. Qual o melhor horário para veiculação das chamadas? Quais páginas de emprego ou de nicho são mais úteis?

O adequado recrutamento depende, em grande parte, de uma plataforma de recrutamento e seleção. Ela será útil para centralizar o controle das vagas em aberto, receber e filtrar os melhores perfis — de acordo com as competências demandadas.

Não fique só no passo a passo. Após a implementação, conheça e pratique as boas práticas do Recrutamento e Seleção para uma área cada vez mais eficaz. Faça o download gratuito do Guia de Boas Práticas no R&S.

Faça a triagem com base nas competências e valores

É muito comum que os selecionadores realizem a triagem com base nas competências chamadas de CHA, que são os conhecimentos, as habilidades e as atitudes do profissional. Essas competências devem ser definidas ainda na descrição de cargos.

No entanto, isso não é suficiente. Não adianta contratar um talento com fortes competências técnicas e comportamentais, se ele não possui valores alinhados à cultura da empresa e aos demais colaboradores — o chamado fit cultural.

Para identificar se há fit cultural, há algumas técnicas que podem ser usadas durante o processo de recrutamento e seleção, como testes de perfil comportamental, entrevista com superior imediato, dinâmicas e jogos em grupo, além de pesquisas e OPC (Organizational Culture Profile).

Realize a entrevista de seleção com técnicas de Rapport

A palavra Rapport vem do francês e significa algo como “sintonia” ou “empatia”. Consiste em criar um clima mais adequado para melhorar a experiência dos talentos que são entrevistados, a fim de deixá-los mais tranquilos para o encontro.

Muitas vezes o que acontece é exatamente o oposto: os profissionais de RH deixam o clima tenso e geram pouca sintonia com o candidato. Isso faz com que o talento tenha dificuldade em mostrar quem é realmente, muitas vezes por medo ou nervosismo.

Para usar a técnica Rapport, cumpra os horários de entrevista, escolha um ambiente bem arejado e iluminado para o encontro e tenha um pequeno momento de bate-papo com o talento. Essas e outras ações garantem uma ótima experiência ao candidato.

Envolva o líder imediato nas diversas etapas de seleção

O RH muitas vezes atua como um setor de suporte estratégico, como no caso do recrutamento e seleção de talentos. A decisão final de quem será parte do time é do líder imediato, por isso é imprescindível envolvê-lo ao longo do processo seletivo.

Sendo assim, convide o líder para estar presente nas dinâmicas, jogos em grupo e entrevistas, sendo que muitas dessas atividades podem ser dirigidas por ele mesmo. Assim, ele poderá analisar o candidato com maior aderência à equipe de trabalho.

Como muitos líderes entendem pouco ou quase nada de recrutamento e seleção, aproveite para instruí-los do básico. Fale sobre as técnicas de Rapport, a importância de analisar os valores dos candidatos, entre outros itens que achar necessário.

Invista no processo de integração do novo contratado

O processo de seleção não se resume apenas em encontrar e contratar a pessoa certa, também é preciso fazer com que ela sinta-se verdadeiramente parte do time. Para isso, é elementar conhecer estratégias de integração ao time, hoje chamadas de onboarding.

É preciso lembrar que um profissional só vai dar o melhor de si e contribuir para o sucesso do empreendimento, quando se sentir realmente parte do time, bem como capaz de contribuir ativamente. Então, uma eficaz integração gera benefícios a todos.

Inicie mostrando um pouco mais da história da empresa e sua cultura, fale sobre os valores internos, hábitos e prioridades. Em seguida, mostre as instalações, líderes e colegas de trabalho, garantindo que o recém-contratado conheça as pessoas certas.

Conte com uma boa plataforma de recrutamento e seleção

A tecnologia está cada vez mais presente no RH — reflexo da transformação digital vivida pelos negócios. Uma prova disso é que 56% das empresas estão reformulando seus processos de gestão de pessoas para aproveitar ferramentas digitais.

Nesse sentido, uma das ferramentas mais importantes é a plataforma de recrutamento e seleção. Com ela, é possível aprovar automaticamente vagas em aberto, centralizar a gestão das várias páginas de emprego, automatizar a triagem de talentos, contratar a pessoa certa e levantar diversas métricas de desempenho.

Como otimizar o processo de recrutamento e seleção?

Além das dicas para implementação, vale a pena adotar outras práticas que tornem a escolha e contratação dos próximos funcionários muito mais rápida e precisa.

Para isso, vale atentar-se a alguns detalhes, seguindo etapas que quando aplicadas de maneira organizada e estruturada, conseguem promover uma decisão precisa em pouquíssimo tempo.

Destacamos aqui as ações mais importantes.

Divulgue

Não espere que o anúncio de vaga chegue ao seu público-alvo sem nenhum esforço. Para alcançar os profissionais que a empresa precisa, é essencial sair do padrão de mercado e valorizar a etapa de divulgação da oportunidade.

Para isso, vale adotar a criação de uma página de “Carreiras” ou “Trabalhe Conosco” dentro do site da empresa. Além das descrições das vagas, esse espaço também deve conter informações sobre a cultura organizacional, benefícios e desafios que o ambiente é capaz de proporcionar. Mantenha essa página sempre atualizada.

Use as redes sociais! Divulgue as posições em aberto, traga informações cativantes, incentive o compartilhamento. Quanto maior o esforço para fazer com que a vaga seja conhecida por mais pessoas, mais candidatos preparados a organização consegue alcançar.

Filtre

Se a sua empresa ainda depende de planilhas de Excel ou de pilhas de currículos impressos para fazer a triagem de candidatos, passou da hora de reformular o processo seletivo.

Ter um banco de talentos digital é indispensável para uma seleção apurada, organizada e precisa. Nesse espaço, você não só vai inserir as informações dos colaboradores, como poderá fazer buscas por termos importantes para aquela posição. Por exemplo, conhecimentos em determinado assunto, competência ou tempo de experiência.

Além disso, o banco de talentos ajuda a otimizar o tempo em outras candidaturas. Você pode armazenar os dados de profissionais que foram muito bem em processos anteriores, mas não chegaram à contratação. Por já ter passado por diversas fases de seleção, essas pessoas têm muito mais chances de estarem alinhadas ao que a empresa procura e se tornarem bons funcionários.

Um gerenciador pode ajudar muito nesse trabalho. Alguns sistemas já importam os dados dos profissionais para o banco de talentos de maneira automática.

Escolha

A escolha do candidato ideal deve ser feita com base em critérios bem claros, e se possível, mensuráveis.

Sugerimos aqui alguns pontos a serem considerados:

  • determine um padrão para avaliar todos os candidatos igualmente;
  • combine diversos métodos, como testes específicos, avaliações de cognição, análises comportamentais, entre outros. Se possível, conte com uma plataforma única, capaz de concentrar todos as aplicações e resultados;
  • faça um roteiro para as entrevistas, abordando todos os aspectos importantes. Procure abrir margens em algumas questões, para que o candidato possa trazer informações interessantes sobre suas experiências e conhecimentos.

Gerencie

Não basta conduzir os processos seletivos, é preciso aproveitar as informações obtidas e gerar bases que possam ser usadas nas próximas triagens. Uma boa sugestão é incluir na rotina um feedback aos superiores sobre os resultados do recrutamento.

Essa prática promove um alinhamento entre as expectativas e as possibilidades reais, além de validar a importância do trabalho do selecionador.

Também vale incluir na gestão do processo um feedback a todos que participaram, mesmo que seja uma negativa por e-mail. Isso traz mais clareza, melhora a experiência do candidato e demonstra organização e empatia por parte da corporação.

Como turbinar o recrutamento e seleção?

Até aqui, você já obteve informações importantes para implementar o processo seletivo, e também otimizá-lo. Como se trata de uma prática cara, vale a pena adotar ações capazes de torná-la ainda mais precisa e rápida.

Lembre-se que quanto antes você conseguir a pessoa ideal, menor a sobrecarga dos funcionários atuais e os custos envolvidos nessa seleção.

Reduza tarefas ocupacionais

Um erro comum em diversas empresas é empregar um grande número de pessoas em atividades que podem ser muito bem realizadas por soluções digitais. Essa decisão acaba saindo caro, afinal, esses contratados poderiam ser melhor aproveitados em rotinas que exigem o raciocínio e o envolvimento humano.

Vale citar novamente a adesão aos softwares de recrutamento e seleção para agilizar o trabalho e aproveitar a mão-de-obra de maneira mais consciente e estratégica.

Valorize os funcionários

Empresas excepcionais são criadas por profissionais excepcionais. Se você quer contar com um alto índice de expertise na corporação, precisa investir na contratação de pessoas acima da média. E isso significa, estar também disposto a pagar um salário além do comum para atrair e manter esses talentos.

Embora a remuneração não seja o fator mais forte de retenção, dificilmente um trabalhador consciente do que é capaz de oferecer irá aceitar uma proposta abaixo das expectativas.

Também vale apostar em bons pacotes de benefícios, capazes de realmente facilitar a rotina do colaborador e diminuir os custos que ele tem mensalmente.

Invista no departamento de RH

Diversas empresas, especialmente as de pequeno porte ou que não contam com um RH estruturado, fazem as entrevistas de maneira informal ou contratam sem uma análise cuidadosa.

Essa prática pode resolver o problema ? preencher a vaga ? apenas momentaneamente, mas gera dificuldades em pouco tempo. O alinhamento dessas pessoas à corporação é pequeno e os gestores se vêem obrigados a fazer uma nova contratação.

Por isso, é importante apostar na construção de uma equipe competente de Recursos Humanos, capaz de fazer a seleção com técnicas e compor um plano de carreira atrativo.

Aproveite o Linkedin

Já citamos aqui a importância de usar as redes sociais como canal de contato com os profissionais do mercado, atraindo novos candidatos.

O Linkedin é pensado justamente para promover uma maior interação entre trabalhadores e empresas, facilitando a divulgação de vagas e a busca por pessoas com habilidades ou formações específicas.

Também é uma boa plataforma para produzir conteúdo sobre a corporação ? utilize o Linkedin Pulse para contar novidades e trazer informações relevantes para o setor.

Seja transparente

Adote políticas de transparência na publicação de vagas. Lembre-se que não só a organização está promovendo uma seleção, como os profissionais também querem saber para qual vaga estão se candidatando, com informações sobre faixa salarial, benefícios, condições e ambiente da empresa.

Incluir todos esses dados ajuda atrair pessoas em busca de novos desafios, e também evita desligamentos em pouco tempo após a contratação.

A verdade é que, cada vez mais, o RH precisará integrar novas tecnologias e práticas para manter-se competitivo, bem como atrair e reter mais talentos na empresa. Vale adotar indicadores para acompanhar de perto os resultados, e ter em mãos dados suficientes para identificar erros e promover melhorias.

Com essas dicas de processos de recrutamento e seleção, a consequência será um negócio próspero, lucrativo e capaz de gerar valor aos clientes finais.

Agora que você está por dentro do assunto, aproveite para entrar em contato com a gente e saber como podemos ajudar a transformar o processo de recrutamento e seleção do seu negócio!

Kenoby agora é Gupy

Agende uma demonstração com a melhor e mais inovadora plataforma de RH do Brasil

agendar uma demo (gratuito)