4/2/2019

Teste comportamental: entenda sua importância e muito mais

Teste comportamental: entenda sua importância e muito mais

Você sabe o que é e como funciona um teste comportamental? Ele é um conjunto de construtos que ajuda na interpretação do perfil e das características dos candidatos e colaboradores de uma companhia dentro dos recursos humanos e recrutamento e seleção.

Todo ser humano é único em sua existência. E as diferenças entre indivíduos é motivo de análises e estudos, que dão origem a metodologias como a do teste comportamental — comumente aplicada em empresas para diversas finalidades. A análise do perfil comportamental pode ser usada, nas organizações, para a recolocação de um profissional — seja no processo seletivo seja no momento de uma promoção.

O teste também serve para adequar uma função, além de uma série de outras possibilidades que visam aproveitar melhor o capital humano das empresas.Quer saber qual a importância do teste comportamental e o que ele pode medir? Então confira nosso post!

O que é e como funciona o teste comportamental?

Resumidamente, o teste comportamental é uma forma de identificar, por meio de um mapeamento, quais são as características dos profissionais de uma empresa. Essas pessoas são agrupadas conforme características afins, em diferentes tipos de perfil. Para a efetividade desse trabalho, é fundamental que os participantes respondam com sinceridade às questões apresentadas e sem interrupções. O mapeamento de cultura pode ser feito de diversas formas, desenvolvidas a partir de vários estudos de psicologia, o que garante a efetividade e a veracidade dos resultados.

Por que e quando aplicar o teste comportamental nos colaboradores?

A aplicação do teste permite que a organização faça um mapeamento completo do perfil do colaborador, o que possibilita conhecer suas capacidades e habilidades individuais, bem como pontos fortes, que podem ser desenvolvidos.

No ambiente organizacional, o teste de perfil comportamental pode ser aplicado em diversas situações. Veja quais são elas a seguir.

Seleção e recrutamento

O teste comportamental é muito utilizado para selecionar e recrutar novos colaboradores, eliminando o viés da contratação por meio de uma avaliação de personalidade, atitudes e ações, para que o R&S consiga avaliar se aquela pessoa pode ter um bom desempenho em determinada posição ou não.

Recolocação interna

Nesse caso, é usado para verificar se um colaborador está apto para novos desafios profissionais dentro da organização, como troca de setor e novas funções.

Promoção

Antes de um funcionário receber uma promoção, é essencial avaliar o seu grau de motivação e seu nível de satisfação, estresse e comprometimento com as suas funções.

Recolocação no mercado

Conforme o ambiente organizacional e suas exigências, conhecer o perfil dos profissionais pode mudar entre diferentes organizações e funções. Por isso, os testes de perfis comportamentais são utilizados para direcionar melhor a procura por um novo emprego.E isso não vale só para avaliar as competências comportamentais daquela pessoa, mas também para mapear se aquela posição é a melhor para ela.

Mudança de carreira

Para quem deseja mudar de profissão ou carreira, mas ainda tem dúvidas de quando e como essa mudança vai acontecer, o teste comportamental também é indicado.Isso porque ele ajuda a avaliar o grau de preparação e de motivação antes de se fazer a mudança, evidenciando quais questões devem ser analisadas com mais cuidado antes de se tomar a decisão final.

Quais são os tipos de testes de perfis comportamentais e o que eles medem?

Existem vários tipos de testes comportamentais. Listamos, a seguir, os mais usados. Acompanhe!

Mapeamento de perfil comportamental Kenoby

O mapeamento de perfil comportamental da Kenoby é um mapeamento que avalia os 5 construtos do Big 5 e mais outros 7, relacionados às soft skills ditas como essenciais para o futuro do trabalho. E o Big 5 foi o teste escolhido para embasar o nosso mapeamento por ele ser fundamentado e criado ao redor da teoria de personalidade mais consolidada do mundo, possuindo comprovação científica como ferramenta de mapeamento de perfil comportamental.

Os pontos avaliados são:

Abertura

A Abertura avalia o interesse das pessoas em arte, aventura, emoção, ideias fora do comum e curiosidade.Ela mede a propensão à novas experiências. Um traço que indica a disposição e a habilidade de lidar com novas vivências, sendo comum em pessoas adaptáveis, que aceitam correr riscos e se acostumam rapidamente com situações dinâmicas.

Autodisciplina

Como o nome já diz, ela é a habilidade de seguir padrões e regras, além de estar diretamente ligada à objetividade, capacidade de desenvolver métodos eficazes de solução de problemas, organização, pontualidade e atingimento de objetivos.Pessoas com um mapeamento de autodisciplina alto, tendem a preferir situações controladas e planejadas, ao invés de espontâneas.

Extroversão

A Extroversão mede a excitação ou introversão das pessoas com o mundo ao seu redor.E isso não significa que toda pessoa introvertida seja tímida. Afinal, uma pessoa pode ser enérgica e ativa, mas indispostas socialmente.Pessoas com alto índice de extroversão possuem a facilidade de interagir com outras pessoas e se sentirem bem em ambientes colaborativos. São pessoas com um talento natural para se relacionar, dialogar e lidar bem com equipes.

Amabilidade

Esse construto mede se os talentos possuem a tendência de serem compassivas e cooperantes.Pessoas com alto índice de amabilidade costumam ter a habilidade de se preocupar com o próximo, de se colocar no lugar do outro e de ajudá-lo. Ou seja, são pessoas empáticas.

Estabilidade Emocional

Aqui, o que é medido é a capacidade das pessoas tomarem decisões, pensarem claramente e conseguir lidar de maneira saudável com alto nível de carga emocional, como o stress, por exemplo.Enquanto sua falta indica a dificuldade em reagir a fortes emoções.

Iniciativa individual

Este é o construto responsável por avaliar características do comportamento relacionados à comunicação com outros colegas no ambiente de trabalho (e trabalho em equipe), a busca de melhoria do desempenho tanto do grupo quanto do indivíduo, o engajamento político (incluindo a expressão de opiniões e novas ideias o encorajamento dos colegas a também se engajarem politicamente) e atos voluntários de criatividade e inovação.

Estilo de decisão Racional e Intuitiva

Estilos de tomada de decisão são padrões estáveis que refletem as estratégias utilizadas para tomar decisões importantes. Os estilos de decisão controlam os modos pelos quais os indivíduos realizam tarefas específicas.

Julgamentos e decisões podem ser feito tanto de modo intuitivo/emocional quanto analítico/racional, sendo fundamental destacar que não existe uma maneira correta de tomar decisões.

Facilitação Interpessoal

Facilitação Interpessoal inclui atos de cooperação, atenção e prestativos, que são ações (como elogiar os colegas de trabalho quando eles são bem sucedidos, gostar, dar suporte ou encorajar um colega de trabalho, etc) que tendem a ajudar no desempenho dos talentos.

Resiliência

A resiliência é a “capacidade de recuperação ou ajustamento mediante mudança ou infortúnio”.Ela, como uma característica de personalidade, atua como responsável por moderar os efeitos negativos do estresse, promovendo uma adaptação mais rápida e confortável para os talentos.Ou seja, ela engloba competências pessoais relativas aos domínios cognitivos, emocionais e sociais, geralmente, indivíduos que apresentem tais características tendem a florescer quando expostos a desafios.

Assertividade

Aqui, o que é avaliado é a capacidade de defender seus direitos pessoais e expressar pensamentos, sentimentos, ideias, necessidades, direitos e crenças de maneira direta, honesta e apropriada, de maneira que não viole os direitos de outras pessoas.A assertividade, como característica comportamental, é honesta, direta, expressiva e espontânea.

Pessoas assertivas fazem suas próprias escolhas, são confiantes e se sentem bem consigo mesmas. Elas geralmente alcançam seus objetivos e não têm dificuldade na hora de tomar decisões.

É uma característica de quem, quando em situações de injustiça, têm confiança no próprio julgamento e facilidade de dizer “não”, é seguro de si e não se incomoda com a possibilidade de pessoas lhe observarem ou potencialmente julgarem suas ações.

Entusiasmo por tecnologia

O entusiasmo por Tecnologias está relacionado a como inovações são percebidas e aceitas por determinada pessoa. Tais comportamentos incluem um desejo ou necessidade de estar por dentro do lançamento de novos produtos, sentir que tecnologias ajudam a manter o controle sobre coisas do dia a dia, gostar de descobrir como usar novas tecnologias, ser uma referência para outras pessoas que buscam se atualizar, ter facilidade em utilizar novos produtos tecnológicos e sentir se imerso pelo mundo da tecnologia ao ponto de não ver o tempo passar.

BIG 5

O Big 5, como dito anteriormente, é a forma de mapeamento e avaliação de perfil comportamental mais bem validada cientificamente. Por ser utilizado como base para o mapeamento de perfil comportamental da Kenoby, seus pontos de avaliação são: abertura, autodisciplina, extroversão, amabilidade e estabilidade emocional.

DISC

A metodologia DISC (ou teste DISC) avalia os seguintes quesitos:

  • Domínio: revela por meio de dados o perfil comportamental que predomina no indivíduo e a forma de atuação dele. Evidencia também como ele administra os desafios e as dificuldades, revelando suas principais características;
  • Influência: evidencia detalhes sobre como o indivíduo se relaciona, seu nível de capacidade de comunicação e de influência sobre os outros;
  • Estabilidade: mostra como o indivíduo administra situações de transformação, como enfrenta as mudanças ao seu redor e como se posiciona nesses instantes;
  • Conformidade: mostra a capacidade do indivíduo de se ajustar, respeitar as regras impostas e de obedecê-las de acordo com o que foi estabelecido.

Quantum

O método Quantum baseia-se em estudos neurológicos sobre as diferentes personalidades. Um dos benefícios dessa abordagem é que ela se propõe a não estereotipar os indivíduos, mas trabalha para elevar suas chances de desenvolvimento (índice de flexibilidade).

STAR

O modelo STAR é baseado no significado das palavras que integram a sigla. “S” designa Situação; “T”, Tarefa; “A” , Ação; e “R”, Resultado.A metodologia é baseada na compreensão de que o comportamento dos indivíduos em ocasiões do passado é o melhor indício para medir suas ações no futuro.

Muito utilizada nos processos de recrutamento e seleção, ela permite que o recrutador faça as perguntas certas, analisando as respostas dos candidatos com maior precisão.

Se você gostou deste post sobre teste comportamental, siga nossas redes sociais para acompanhar mais conteúdos como este, estamos no Facebook e no LinkedIn!

Kenoby agora é Gupy

Agende uma demonstração com a melhor e mais inovadora plataforma de RH do Brasil

agendar uma demo (gratuito)