10/11/2021

Teste MBTI: o que é e como ele funciona na prática

MBTI é uma sigla que se refere a Myers-Briggs Type Indicator (ou, em português, à Classificação Tipológica de Myers-Briggs) representa uma ferramenta de identificação de traços inerentes à personalidade e de características e preferências pessoais.

Basicamente, esse é um indicador que vem sendo amplamente utilizado por corporações de todo o mundo há mais de 80 anos visando conhecer melhor os profissionais — seja durante um processo de R&S (Recrutamento e Seleção), seja no próprio quadro de pessoal já admitido. Nessa avaliação, 16 tipos de personalidade são definidos. Além disso, durante sua aplicação, o indivíduo analisado tem de responder a diversos questionamentos, o que torna o teste MBTI um dos mais precisos — além de ser um dos mais aplicados em âmbito mundial.

Levando em conta, então, a importância dessa metodologia, elaboramos este post. O intuito é entender o que efetivamente é o método, para que ele serve, como se dá o seu funcionamento e, por fim, quais são os tipos de personalidades diferentes resultantes da aplicação. Vamos conferir?

O que se pode entender por teste MBTI?

O teste MBTI, na verdade, nada mais é do que um teste de personalidade que é aplicado por meio da avaliação das respostas dadas a um questionário. Essa metodologia defende que as diversas variações comportamentais do ser humano — aparentemente aleatórias —, na realidade, são bastante consistentes. A razão por trás disso teria a ver com as distinções básicas nas maneiras como as outras pessoas fazem uso do julgamento e da percepção.

Na testagem, diversos são os fatores considerados, como potenciais e pontos fortes e fracos. O profissional é questionado com base em dicotomias de método. Assim, as perguntas são relativas, por exemplo, a situações nas quais ele preferia estar, a maneiras de tomada de decisões, à forma de se estruturar para lidar com o que acontece ao seu entorno etc.

Como o método funciona?

O questionário aplicado pode ser tanto impresso quanto digital. Além disso, cada um dos questionamentos deve ser respondido conforme uma escala, como:

  • "concordo totalmente";
  • "discordo totalmente";
  • "indiferente";
  • "concordo parcialmente";
  • "discordo parcialmente".

Depois do preenchimento, os dados passam por uma tabulação. Em seguida, gera-se um relatório final que trará os resultados dos indivíduos sob avaliação. Vale destacar que tais resultados são constituídos de combinações de quatro letras, dentre oito possíveis, a fim de estabelecer uma classificação lógica da personalidade.

Para que ele serve?

Em termos simples, o teste MBTI pode servir para que seja viável entender como um profissional se comporta dentro de uma organização. Assim, torna-se possível identificar o seu modo de trabalho, o seu padrão de comunicação e, inclusive, a conduta adotada diante da necessidade de tomar decisões. Geralmente, o método é empregado na orientação, no aconselhamento de carreira e no desenvolvimento pessoal e profissional.

Quais são os pilares do teste MBTI?

São quatro os pilares da metodologia MBTI, sendo que eles são divididos em subpilares. Desse modo, a organização segue a estrutura abaixo.

Energia e motivação

Abarcam os introvertidos (I), que são indivíduos que sentem uma motivação maior para a execução de atividades individuais e que costumam pensar bastante antes de tomar qualquer atitude, e os extrovertidos (E), os quais habitualmente agem antes de pensar e sentem uma motivação maior para a realização de tarefas em grupo.

Percepção do mundo

Envolve os sensoriais (S), que são pessoas que têm a consciência vinculada àquilo que é concreto — ou seja, apenas aquilo que pode ser percebido por meio de, ao menos, um dos cinco sentidos — e também os intuitivos (N). Estes, por sua vez, têm a consciência mais ligada ao que é abstrato, ou seja, a coisas simbólicas e/ou intangíveis.

Modo de avaliação e tomada de decisões

Abrangem os racionalistas (T), que são as pessoas que costumam agir de modo organizado, lógico, imparcial e objetivo, buscando sempre utilizar argumentos mais racionais, e os sentimentais (F), que, diferentemente dos anteriores, já agem de forma subjetiva. Ademais, eles consideram as suas preferências e as necessidades do ser humano.

Estilo de vida

Abarca os julgadores (J), que são indivíduos com um caráter mais decisivo e que costumam levar a vida à base de regras claras, de maneira tão estruturada e planejada quanto possível, mas também os perceptivos (P). Normalmente, esses últimos optam pelas improvisações e pela liberdade. Com isso, também se sentem mais tranquilos quando estão diante de opções em aberto.

Quais são as 16 personalidades do teste MBTI?

Chegamos, por fim, às personalidades resultantes do método MBTI, que são 16. Elas foram divididas em quatro grupos, que são: exploradores, sentinelas, diplomatas e analistas. Desse modo, baseando-se nas siglas provenientes dos quatro pilares, torna-se viável determinar a personalidade do indivíduo. Entenda mais a seguir!

Exploradores

São muito observadores e expressivos, além de serem conhecidos como "artesãos". Em regra, são indivíduos conectados ao mundo e espontâneos, podendo ser:

  • virtuosos (ISTP), que seriam os "mestres" em variadas ferramentas e também experimentadores;
  • animadores (ESFP), que seriam indivíduos enérgicos e sempre bastante entusiasmados;
  • empresários (ESTP), que seriam pessoas dispostas a arriscar, inteligentes e também enérgicas;
  • aventureiros (ISFP), que seriam indivíduos ousados e vistos como "artistas flexíveis".

Sentinelas

Geralmente, são pessoas muito julgadoras e observadoras, também conhecidas como "guardiões". Além disso, são bastante trabalhadoras, podendo ser:

  • cônsul (ESFJ), que seria o indivíduo solícito, bastante sociável e sempre atencioso;
  • logístico (ISTJ), que seria aquela pessoa que "transborda" comprometimento e também responsabilidade;
  • executivo (ESTJ), que seria aquele indivíduo que é um administrador, ou seja, que tem um talento nato para a gerência;
  • defensor (ISFJ), que seria aquela pessoa dedicada, protetora e acolhedora, com muito senso de empatia.

Diplomatas

São indivíduos que, comumente, são conhecidos por serem ligados ao sentimental e ao intuitivo, além de bastante voltados à cooperação e à empatia. Eles também são excelentes mediadores diante de conflitos e ótimos conselheiros, podendo ser:

  • ativistas (ENFP), que seriam aquelas pessoas mais sociáveis e com um espírito mais livre e criativo;
  • advogados (INFJ), que seriam indivíduos inspiradores, contudo bem reservados e idealistas;
  • protagonistas (ENFJ), que seriam aquelas pessoas que lideram, que são carismáticas e que "hipnotizam" as outras;
  • mediadores (INFP), que são aqueles indivíduos altruístas, bondosos e também poéticos.

Analistas

No geral, aqui estão as pessoas mais pensantes, racionais, intuitivas e imparciais. Elas têm a mente mais aberta e são independentes, podendo ser:

  • inovadores (ENTP), que são aqueles indivíduos bem marcados tanto pela perspicácia quanto pela curiosidade;
  • lógicos (INTP), que são os indivíduos que têm uma sede insaciável de inovação e conhecimento;
  • arquitetos (INTJ), que são aqueles conhecidos por terem um pensamento mais estratégico e criativo;
  • comandantes (ENTJ), que são as pessoas "especialistas" na resolução de desafios de maneira ousada.

Como visto, o teste MBTI é usado como uma espécie de avaliação de personalidade que visa identificar o tipo psicológico dos profissionais, seja durante um processo de R&S, seja do próprio quadro de pessoal da empresa. Basicamente, pode ser colocado em prática pela aplicação de um questionário que dispõe de alternativas opostas, baseadas em situações e preferências, viabilizando a análise do seu perfil comportamental. Se aplicado nos processos seletivos, pode torná-los mais otimizados e precisos.

Aliás, falando em processos seletivos mais precisos e otimizados, que tal contar com um sistema inteligente de gestão de R&S integrável a plataformas diversas e que auxilia as empresas na contratação dos melhores profissionais para o preenchimento das oportunidades em aberto? Entre em contato conosco e saiba mais!


Vamos partir para a ação?

Faça agora mesmo uma demonstração da nossa ferramenta.

Fale comum Especialista